Topo
pesquisar

Johannes Kepler

Física

Johannes Kepler propôs ideias revolucionárias, mostrando estruturas e leis do universo de uma forma como jamais se havia visto antes.
PUBLICIDADE

Johannes Kepler foi um astrônomo alemão que nasceu em dezembro de 1571, em Weil der Stadt. Publicou obras importantes a respeito de Astronomia, mostrando um mundo configurado de uma forma como nunca se havia imaginado antes. As três leis de Kepler sobre o movimento planetário são válidas e estudadas até hoje. Veja um pouco da história desse célebre astrônomo.

Vida particular

Kepler nasceu em uma família luterana que estava em declínio financeiro. Ele era uma criança muito frágil e apresentava-se doente com frequência. Seu pai, Heinrich Kepler, era um mercenário de reputação duvidosa que abandonou a família quando Kepler tinha apenas cinco anos de idade. A mãe de Kepler chamava-se Katharina Guldenmann, era filha de um dono de hospedaria e curandeira. No ano de 1612, Katharina foi acusada de bruxaria, mas Kepler conseguiu defender a mãe com sucesso.

No fim do ano de 1595, aos 24 anos, Kepler casou-se com Barbara Müller, jovem senhora de 23 anos que, apesar da pouca idade, já era viúva pela segunda vez. Kepler e Barbara tiveram três filhos. Ela morreu após contrair febre maculosa, e seus três filhos morreram após contraírem varíola. Todos morreram por volta dos anos de 1611 e 1612.

Em 1613, Kepler casou-se com Susanna Reuttinger. Alguns biógrafos dizem que nesse casamento Kepler foi muito feliz, mas ele enfrentou problemas financeiros e a morte dos dois filhos nascidos de Susanna.

Trajetória acadêmica

Kepler formou-se na Universidade de Tübingen, onde se tornou mestre em 1591, e envolveu-se com as ideias de homens como Nicolau Copérnico e Galileu Galilei. Kepler acreditava que a Terra e os demais planetas giravam ao redor do Sol (heliocentrismo).

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Tributo a Kepler em Regensburg – Alemanha
Tributo a Kepler em Regensburg – Alemanha

Em 1596, tornou-se professor da Universidade de Graz, onde escreveu seu primeiro grande trabalho: Mysterium Cosmographichum – Mistério Cosmográfico. Esse foi um dos primeiros trabalhos a defender as ideias de Copérnico e mostrou para o mundo científico o potencial de Kepler.

Após ser forçado a deixar Graz em razão de pressões religiosas e políticas, Kepler mudou-se para Praga, na antiga Checoslováquia, e passou a trabalhar de auxiliar do importantíssimo astrônomo dinamarquês Tycho Brahe. A convivência com Brahe não foi fácil, mas o contato com o dinamarquês deu a Kepler novos conhecimentos astronômicos e astrológicos.

Estátuas de Kepler e Tycho Brahe na cidade de Praga – República Tcheca
Estátuas de Kepler e Tycho Brahe na cidade de Praga – República Tcheca

Tycho Brahe morreu em 1601. Dois dias após a sua morte, Johannes Kepler tornou-se astrônomo real, tomou posse dos importantes dados astronômicos de Brahe e iniciou uma revolução na forma de se pensar astronomia. Em 1609, ele publicou o livro Astronomia Nova, no qual expôs o que hoje chamamos de Primeira e Segunda leis de Kepler. Mais tarde, em 1619, escreveu a sua obra máxima, Harmonia do mundo, explicando a relação entre o período de revolução dos planetas ao redor do Sol e o raio médio de suas órbitas, relação conhecida como terceira lei de Kepler.

Kepler morreu na cidade de Ratisbona, na Alemanha, no ano de 1630.

* Crédito da imagem: iryna1 / Shutterstock.com


Por Joab Silas
Graduado em Física

Kepler foi considerado o pai da Astrofísica, pois foi o primeiro a trazer a Física para a Astronomia *
Kepler foi considerado o pai da Astrofísica, pois foi o primeiro a trazer a Física para a Astronomia *

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

JúNIOR, Joab Silas da Silva. "Johannes Kepler"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/fisica/johannes-kepler.htm. Acesso em 18 de outubro de 2019.

  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola