Topo
pesquisar

Johannes Kepler

Física

Johannes Kepler propôs ideias revolucionárias, mostrando estruturas e leis do universo de uma forma como jamais se havia visto antes.
Kepler foi considerado o pai da Astrofísica, pois foi o primeiro a trazer a Física para a Astronomia *
Kepler foi considerado o pai da Astrofísica, pois foi o primeiro a trazer a Física para a Astronomia *
PUBLICIDADE

Johannes Kepler foi um astrônomo alemão que nasceu em dezembro de 1571, em Weil der Stadt. Publicou obras importantes a respeito de Astronomia, mostrando um mundo configurado de uma forma como nunca se havia imaginado antes. As três leis de Kepler sobre o movimento planetário são válidas e estudadas até hoje. Veja um pouco da história desse célebre astrônomo.

Vida particular

Kepler nasceu em uma família luterana que estava em declínio financeiro. Ele era uma criança muito frágil e apresentava-se doente com frequência. Seu pai, Heinrich Kepler, era um mercenário de reputação duvidosa que abandonou a família quando Kepler tinha apenas cinco anos de idade. A mãe de Kepler chamava-se Katharina Guldenmann, era filha de um dono de hospedaria e curandeira. No ano de 1612, Katharina foi acusada de bruxaria, mas Kepler conseguiu defender a mãe com sucesso.

No fim do ano de 1595, aos 24 anos, Kepler casou-se com Barbara Müller, jovem senhora de 23 anos que, apesar da pouca idade, já era viúva pela segunda vez. Kepler e Barbara tiveram três filhos. Ela morreu após contrair febre maculosa, e seus três filhos morreram após contraírem varíola. Todos morreram por volta dos anos de 1611 e 1612.

Em 1613, Kepler casou-se com Susanna Reuttinger. Alguns biógrafos dizem que nesse casamento Kepler foi muito feliz, mas ele enfrentou problemas financeiros e a morte dos dois filhos nascidos de Susanna.

Trajetória acadêmica

Kepler formou-se na Universidade de Tübingen, onde se tornou mestre em 1591, e envolveu-se com as ideias de homens como Nicolau Copérnico e Galileu Galilei. Kepler acreditava que a Terra e os demais planetas giravam ao redor do Sol (heliocentrismo).

Tributo a Kepler em Regensburg – Alemanha
Tributo a Kepler em Regensburg – Alemanha

Em 1596, tornou-se professor da Universidade de Graz, onde escreveu seu primeiro grande trabalho: Mysterium Cosmographichum – Mistério Cosmográfico. Esse foi um dos primeiros trabalhos a defender as ideias de Copérnico e mostrou para o mundo científico o potencial de Kepler.

Após ser forçado a deixar Graz em razão de pressões religiosas e políticas, Kepler mudou-se para Praga, na antiga Checoslováquia, e passou a trabalhar de auxiliar do importantíssimo astrônomo dinamarquês Tycho Brahe. A convivência com Brahe não foi fácil, mas o contato com o dinamarquês deu a Kepler novos conhecimentos astronômicos e astrológicos.

Estátuas de Kepler e Tycho Brahe na cidade de Praga – República Tcheca
Estátuas de Kepler e Tycho Brahe na cidade de Praga – República Tcheca

Tycho Brahe morreu em 1601. Dois dias após a sua morte, Johannes Kepler tornou-se astrônomo real, tomou posse dos importantes dados astronômicos de Brahe e iniciou uma revolução na forma de se pensar astronomia. Em 1609, ele publicou o livro Astronomia Nova, no qual expôs o que hoje chamamos de Primeira e Segunda leis de Kepler. Mais tarde, em 1619, escreveu a sua obra máxima, Harmonia do mundo, explicando a relação entre o período de revolução dos planetas ao redor do Sol e o raio médio de suas órbitas, relação conhecida como terceira lei de Kepler.

Kepler morreu na cidade de Ratisbona, na Alemanha, no ano de 1630.

* Crédito da imagem: iryna1 / Shutterstock.com


Por Joab Silas
Graduado em Física

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

JúNIOR, Joab Silas da Silva. "Johannes Kepler"; Brasil Escola. Disponível em <https://brasilescola.uol.com.br/fisica/johannes-kepler.htm>. Acesso em 25 de abril de 2018.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA