Topo
pesquisar

A relação entre impactos ambientais e o surgimento de doenças

Biologia

Existe uma estreita relação entre impactos ambientais e o surgimento de doenças, uma vez que interagimos com o meio e com os seres vivos que nele se encontram.
A poluição pode agravar problemas respiratórios
A poluição pode agravar problemas respiratórios
PUBLICIDADE

Definimos como impacto ambiental qualquer alteração que aconteça no meio ambiente e cause modificações nas propriedades químicas, físicas e até biológicas desse local. Esses impactos podem ser positivos ou negativos, sendo esses últimos responsáveis por afetar negativamente a vida na região, inclusive a da espécie humana.

Como os impactos ambientais podem causar o surgimento de doenças?

Quando causamos danos negativos ao ambiente, é difícil compreender e prever os impactos dessas ações no que diz respeito à saúde humana. A poluição na água, por exemplo, pode causar problemas gastrointestinais, e a poluição atmosférica relaciona-se com problemas respiratórios. Mas não é só a poluição que causa danos, o desmatamento, a introdução de novas espécies e várias outras ações podem colocar em risco a saúde da população.

Veja alguns dos principais impactos ambientais e suas consequências no que diz respeito à saúde humana:

  • Poluição das águas: ao jogar lixo na água, podemos aumentar a proliferação de micro-organismos patogênicos, além, é claro, de substâncias tóxicas. O esgoto, se lançado sem o devido cuidado na água, pode transportar fezes de pessoas doentes e favorecer a transmissão de hepatite A, giardíase, ascaridíase, diarreia infecciosa e outras. (Leia também: Doenças relacionadas com a água);

  • Poluição atmosférica: relaciona-se com problemas respiratórios, tais como o aumento dos riscos de bronquite, asma, câncer de pulmão e enfisema pulmonar. Vale destacar que a poluição do ar também afeta o coração, desencadeando até mesmo infarto.

    Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
  • Desmatamento: acelera o surgimento de doenças, principalmente, aquelas ocasionadas por vetores. Esses transmissores, que anteriormente estavam no interior das matas, passam a buscar outros locais para se abrigar e conseguir alimento, levando com eles vírus e outros organismos patogênicos.

A possível relação entre o acidente de Mariana e o aumento do número de casos de febre amarela

Em novembro 2015, a mineradora Samarco foi responsável por um grande acidente ambiental. A barragem denominada de Fundão, localizada na cidade de Mariana (MG), rompeu-se e derramou uma grande quantidade de lama, que atingiu uma extensa área de vegetação, rios, córregos e, até mesmo, o mar. Várias espécies de animais e plantas morreram no incidente, que causou a morte de 17 pessoas.

Esse acidente em Mariana teve grande impacto ambiental negativo e provavelmente tem relação com o aumento de casos de febre amarela em 2017. Provavelmente isso aconteceu em virtude do estresse causado nos animais da área, o que os tornou mais suscetíveis a doenças. No ambiente silvestre, a febre amarela é encontrada em macacos e é transmitida pelo mosquito Haemagogus. Com mais animais doentes, maior é a quantidade de mosquitos infectados. Em virtude da destruição de habitat, esses animais passaram a ter um maior contato com o homem, o que aumentou os casos da doença.


Por Ma. Vanessa dos Santos

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "A relação entre impactos ambientais e o surgimento de doenças"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/biologia/a-relacao-entre-impactos-ambientais-surgimento-doencas.htm. Acesso em 19 de julho de 2019.

  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola