close
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Asma

Asma é uma doença inflamatória crônica que se caracteriza por provocar dificuldade respiratória e ruídos que podem aparecer ao expirar-se ou inspirar-se.

Imprimir
Texto:
A+
A-

PUBLICIDADE

A asma, conhecida também como bronquite asmática ou bronquite alérgica, é uma doença crônica que afeta as vias aéreas inferiores. Nessa doença, observa-se uma obstrução reversível das vias aéreas, o que provoca falta de ar e ruídos respiratórios conhecidos como sibilos. A asma apresenta elevada mortalidade quando o paciente não é tratado de maneira adequada.

O tratamento da asma consiste em uma medicação de controle e uma medicação de alívio. O uso adequado da medicação de controle pode fazer com que o paciente tenha uma vida normal, com poucas crises e, consequentemente, menor uso da medicação de alívio.

Leia mais: Bronquite – inflamação dos brônquios – canais que conduzem o ar da traqueia aos alvéolos

Tópicos deste artigo

O que é a asma?

A asma é uma doença inflamatória crônica que acomete as vias aéreas inferiores. O processo inflamatório na doença é complexo, envolvendo várias células e mediadores. Como resultado da inflamação, observa-se uma hiperresponsividade brônquica, ou seja, um aumento da sensibilidade das vias aéreas inferiores, as quais apresentam uma capacidade exagerada de reagir a determinadas substâncias.

Além disso, as vias aéreas contraem-se facilmente, fazendo com que o fluxo aéreo seja comprometido. De maneira geral, o estreitamento das vias aéreas é reversível de maneira espontânea ou com uso de medicamentos. Vale salientar, no entanto, que, em algumas pessoas, o comprometimento do fluxo aéreo pode ser irreversível.

Na asma observa-se a contração das vias aéreas, o que compromete a respiração do indivíduo.
Na asma observa-se a contração das vias aéreas, o que compromete a respiração do indivíduo.

A asma é resultado da interação entre fatores ambientais e genéticos. De acordo com o Ministério da Saúde, alguns dos fatores desencadeadores dela são: poeira, mofo, pólen, pelos de animais, infecções virais, fumaça, cheiros fortes, alguns medicamentos, refluxo gastroesofágico, aspectos emocionais, esforço físico, exposição ao frio, entre outros.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Sintomas da asma

Na asma, as vias aéreas contraem-se em resposta a diferentes agentes, provocando sintomas como tosse crônica, sibilos (ruídos respiratórios que se assemelham a um assobio e são conhecidos, popularmente, como chiado no peito), dispneia (falta de ar) e opressão torácica com dificuldade para respirar.

Os sintomas podem surgir de maneira isolada ou combinados. Vale salientar que os sintomas da asma podem ocorrer ou piorar pela manhã ao acordar, à noite, durante a realização de exercício, com a exposição a determinadas substâncias, no choro e em risos intensos, em situações de estresse e com mudanças no tempo.

Diagnóstico da asma

O diagnóstico da asma é feito com base na análise dos sintomas do paciente, e, sempre que possível, complementando-se com a realização da medida da função pulmonar e a avaliação da alergia, importante para identificar quais agentes estão relacionados com a asma.

Tratamento da asma

O tratamento da asma não visa à cura da doença e sim ao seu controle e à melhora da qualidade de vida do paciente. Dentre as medidas que garantem o controle da doença, podemos citar: higiene do ambiente onde o indivíduo vive (uma vez que as crises podem ser desencadeadas por fatores como poeira e ácaro), utilização de vacinas para a alergia, e uso adequado da medicação indicada pelo médico.

A medicação para tratamento da asma pode ser dividida em dois grupos: medicação de controle e medicação de alívio. A medicação de controle visa a prevenir crises de asma, enquanto a medicação de alívio serve para aliviar os sintomas quando houver a piora da condição.

Considera-se que a asma está controlada quando o paciente não apresenta sintomas todos os dias, realiza suas atividades diárias sem apresentar limitações, não utiliza medicamentos de alívio, não apresenta sintomas quando acorda ou à noite, possui função pulmonar normal ou próxima dos níveis normais, e não tem episódios de aumento de sinais e sintomas (exacerbação da asma).

O que é a bombinha para a asma?

As bombinhas são dispositivos que garantem a liberação de medicamentos.
As bombinhas são dispositivos que garantem a liberação de medicamentos.

É muito comum que pessoas que têm asma utilizem as famosas bombinhas. Na realidade, a bombinha é um dispositivo utilizado para liberar medicamentos que devem ser aspirados pelo paciente. A bombinha garante que uma quantidade adequada do medicamento seja liberada e que ele atinja os pulmões.

Leia também: Câncer de pulmão – apresenta sintomas como tosse com sangue e falta de ar

Dicas para prevenir crises de asma

Como vimos ao longo do texto, a asma é uma doença crônica, e certos gatilhos são responsáveis por desencadear crises. Entre esses gatilhos estão, por exemplo, poeira e fumaça. As crises são bastante desconfortáveis para o paciente, e, portanto, é importante ter alguns cuidados para que elas não ocorram. Veja algumas dicas para prevenir-se das crises de asma:

  • Descubra os gatilhos responsáveis por suas crises de asma e evite-os.
  • Mantenha a casa sempre limpa evitando acúmulo de poeira, por exemplo.
  • Evite colocar em sua casa objetos que facilitem o acúmulo de pó, tais como cortinas, carpetes e almofadas.
  • Quando limpar a casa, evite vassouras e espanadores, dando preferência para o uso do aspirador de pó. Vassouras e espanadores podem espalhar a poeira no ar e provocar uma crise.
  • Trocar com frequência a roupa de cama.
  • Garantir que o ambiente esteja sempre arejado.

 

Por Vanessa Sardinha dos Santos
Professora de Biologia

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "Asma"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/doencas/asma.htm. Acesso em 19 de maio de 2022.

Tire suas dúvidas


Estude agora


Pré-Enem | Intertextualidade em obras literárias

O Pré-Enem é o intensivo preparatório do Brasil Escola para o Enem. Nele nós separamos os principais temas que...

Por que o gás hélio deixa a voz fina?

Você já deve ter brincado alguma vez com balões cheios de gás hélio em uma festa de aniversário ou feira livre...