Topo
pesquisar

Neil Armstrong

Biografia

Neil Armstrong foi uma das grandes personalidades do século XX e ficou marcado na história por ter sido o primeiro homem a pisar na superfície da Lua.
PUBLICIDADE

Neil Armstrong ficou internacionalmente conhecido por ter sido um astronauta, e sua fama deve-se ao fato de ter sido o primeiro homem na história a ter pisado na Lua. Esse fato aconteceu em 20 de julho de 1969, durante a Apollo 11, missão que coroou uma década de investimentos realizados pela Nasa no objetivo de enviar o homem à Lua.

Leia também: Mitos e verdades sobre a chegada do homem na Lua

Nascimento e juventude

Neil Alden Armstrong nasceu em 30 de agosto de 1930, na cidade de Wapakoneta, no interior do estado de Ohio (EUA). Seus pais eram Stephen Koenig Armstrong e Viola Louise Engel, e Neil foi o filho mais velho do casal. Seu pai trabalhou como auditor do governo do estado de Ohio, e sua mãe era dona de casa.

Neil Armstrong sempre foi uma pessoa muito discreta e, por isso, poucos detalhes de sua vida pessoal são conhecidos. De toda forma, sabe-se que, desde a infância, Armstrong desenvolveu uma paixão pela aviação e com 16 anos já possuía licença para pilotar. Aos 17 anos, ingressou na Purdue University, localizada no estado de Indiana, estudando Engenharia Aeroespacial.

Armstrong conseguiu bancar seus estudos por meio de um sistema de bolsas disponibilizadas pela Marinha dos Estados Unidos. Quando estava na metade do seu curso, teve de prestar serviço na Marinha americana durante três anos e, por isso, acabou sendo enviado para lutar na Guerra da Coreia, conflito que aconteceu entre 1950 e 1953.

Acesse também: Conheça o contexto que justificou o envolvimento dos EUA na Guerra da Coreia

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Serviço militar

A Guerra da Coreia foi um conflito que se iniciou quando o governo da Coreia do Norte ordenou a invasão na Coreia do Sul com o objetivo de unificar a Península da Coreia sob a liderança de um regime comunista. O governo norte-americano ingressou nesse embate ainda em 1950, como forma de evitar que a Coreia do Sul fosse transformada em uma nação comunista.

O ingresso de Armstrong na Marinha norte-americana aconteceu em janeiro de 1949, e, em agosto de 1951, ele realizou sua primeira missão oficial na guerra. Ao todo, realizou 78 missões na Guerra da Coreia e, em uma delas, encarou perigo real quando seu caça foi danificado e forçou-o a ejetar-se da nave. Em 1952, Armstrong foi dispensado do serviço militar e então retornou à faculdade para concluir seu curso em Engenharia Aeroespacial.

Vida profissional

Depois de se formar em Engenharia Aeroespacial, Armstrong ainda finalizou um mestrado em Engenharia Aeroespacial e recebeu diversos doutorados honorários. Após formar-se na Purdue University, tornou-se piloto de testes para a National Advisory Committee for Aeronautics (Naca), agência que depois deu lugar à Nasa.

Nesse trabalho, Armstrong realizou testes com diversas aeronaves, tais como o F-100 Super Sabre, o Lockheed T-33, o Boeing KC-135 e o X-15, avião que chegava a alcançar mais de 7000 km/h. Foi enquanto piloto de testes que Armstrong resolveu ingressar na Nasa, e, em 1962, realizou aplicação para ingressar na agência espacial dos Estados Unidos.

A aplicação de Armstrong à Nasa chegou com uma semana de atraso, mas um conhecido, chamado Dick Day, viu sua candidatura e colocou-a junto das outras que haviam chegado dentro do prazo certo sem que ninguém percebesse. Pouco tempo depois, Armstrong foi convocado para formar a segunda turma de astronautas da Nasa.

O grupo do qual Armstrong fez parte ficou conhecido nos Estados Unidos como New Nine (em tradução livre: Novos Nove) e foi a segunda turma de astronautas da Nasa, como mencionado. No período em que esteve na agência, Armstrong foi parte de dois importantes programas: o Gemini e o Apollo.

Acesse também: Conheça a disputa que motivou o envio de homem para a Lua

Primeiro homem a pisar na Lua

Armstrong entrou na Nasa após uma seleção que incluiu exames físicos rigorosos e bastante dolorosos, de acordo com relatos. Na Nasa, participou dos programas Gemini e Apollo, sendo o primeiro um programa de apoio para garantir o sucesso do segundo, que enviaria expedições tripuladas à Lua.

Armstrong fez parte da equipe reserva da Gemini 5, missão que aconteceu em 1965. A primeira missão oficial de Armstrong como astronauta deu-se na Gemini 8. Essa missão aconteceu em 1966 e, não fosse a habilidade de Armstrong como piloto, teria terminado em um desastre que poderia ter resultado na sua morte e de seus companheiros.

Durante a Gemini 8, uma falha no acelerador fez com que a espaçonave começasse a girar rapidamente. Esse problema fez com que Armstrong precisasse abortar a missão de acoplagem e gastasse uma grande quantidade de combustível para conseguir reentrar na atmosfera. A nave acabou pousando em Okinawa, no Japão.

Os três astronautas que fizeram parte da Apollo 11, a missão que levou o homem ao solo lunar. (Crédito: Nasa)
Os três astronautas que fizeram parte da Apollo 11, a missão que levou o homem ao solo lunar. (Crédito: Nasa)

A escolha de Armstrong para ser o primeiro homem a pisar na Lua na Apollo 11 — a missão que levou o ser humano ao solo lunar pela primeira vez — foi anunciada em março de 1969. Os outros dois integrantes da missão eram Michael Collins e Buzz Aldrin, e essa escolha causou problemas de relacionamentos na tripulação.

Isso porque Aldrin nunca escondeu o desejo de ser o primeiro homem a pisar na Lua, e quando Armstrong foi escolhido para tanto, aquele tentou convencer pessoas, nos bastidores da Nasa, de substituí-lo. Apesar de tudo, a decisão foi mantida, e Buzz Aldrin nunca se conformou com o fato de ter sido o segundo homem a pisar na lua.

Diversos motivos foram especulados para justificar a escolha de Armstrong em vez de Aldrin. Um deles afirma que a escolha deu-se pelo fato do primeiro ser um civil, enquanto o segundo era um militar (o exército norte-americano na época estava com a imagem bastante prejudicada pelo envolvimento na Guerra do Vietnã). Outra especulação leva em consideração o fato de Armstrong ter sido integrante da Nasa há mais tempo que Aldrin.

A justificativa oficial dada pela Nasa levava em consideração o projeto do módulo lunar. Nomeado Eagle, o módulo lunar que levou os astronautas à Lua tinha uma escotilha que abria para dentro e barrava a saída do piloto (Aldrin). Era necessário que o outro passageiro da nave (Armstrong) saísse primeiro para que o piloto pudesse sair.

Armstrong e Aldrin ficaram mais de duas horas explorando a superfície lunar. Foram tiradas inúmeras fotografias e trazidos 28 kg de rochas lunares que foram utilizadas em diversos estudos sobre as propriedades da Lua. Assim que pisou em solo lunar, Armstrong pronunciou a frase que ficou imortalizada na história:

Um pequeno passo para o homem, um salto gigante para a humanidade.”

Apesar de ter sido o primeiro homem a pisar na Lua, só existem dois registros em imagem de Armstrong durante esse importante acontecimento: um de quando fez sua descida ao solo lunar e outro em que ele está de costas para a câmera.

Buzz Aldrin tirou inúmeras fotos no local, mas não registrou nenhuma imagem frontal de Armstrong na Lua. Na época, Buzz Aldrin justificou o fato, mas muitos sugerem que ele fez isso por não aceitar não ter sido o primeiro homem a pisar em nosso satélite natural.

No dia 24, a espaçonave da Apollo 11 amerissou no Oceano Pacífico, e Armstrong e seus companheiros ficaram em quarentena durante 21 dias.

Leia também: Por que o homem ainda não voltou à Lua?

Vida após a Apollo 11

Depois de ter ido à Lua, Armstrong tornou-se uma celebridade nos Estados Unidos (e no mundo), e sua personalidade foi vangloriada como a de um grande herói norte-americano. O engenheiro espacial, porém, fez questão de manter sua vida privada o mais reservada possível e nunca fez questão de autopromover-se depois de ter retornado à Terra.

O astronauta acabou assumindo um cargo administrativo na Nasa, mas saiu da instituição em 1971. No mesmo ano, ingressou na Universidade de Cincinnati, no estado de Ohio, como professor do curso de Engenharia Aeroespacial. Esteve na função durante oito anos e, em 1979, pediu demissão do emprego por motivos nunca explicados.

Depois foi convidado para ser membro de comitês que investigaram acidentes e falhas com espaçonaves da Nasa, sendo o caso mais emblemático o do ônibus espacial Challenger, que explodiu segundos após o lançamento em 1986. Armstrong também foi contratado por empresas como a Chrysler e a United Airlines.

Vida privada

Neil Armstrong sempre fez questão de manter sua vida privada reservada e realizava poucas aparições públicas. Preocupava-se bastante com a exposição de sua família e, ao longo de sua vida, realizou pouquíssimas entrevistas.

Também parou de dar autógrafos, depois de ter descoberto que falsificações de sua assinatura estavam sendo vendidas, e processou seu cabeleireiro depois que este vendeu mechas de seu cabelo para um colecionador.

Em termos de matrimônio, teve dois relacionamentos. O primeiro foi com Janet Shearon, foram casados entre 1956 e 1994 e tiveram dois filhos, Eric Armstrong e Mark Armstrong. Desse casamento, a primeira filha do casal, Karen Armstrong, faleceu com poucos mais de dois anos, em decorrência de um tumor.

O segundo casamento de Armstrong foi com Carol Knight, com que esteve casado até o ano de sua morte, em 2012.

Morte

Neil Armstrong faleceu em 25 de agosto de 2012, aos 82 anos, em decorrência de uma cirurgia cardiovascular que foi realizada para desbloquear suas artérias. Os restos de Armstrong foram cremados, e suas cinzas foram lançadas ao mar.

*Crédito: severjn e Shutterstock

Por Daniel Neves
Graduado em História

Neil Armstrong (1930-2012) foi o primeiro homem a pisar na superfície lunar.*
Neil Armstrong (1930-2012) foi o primeiro homem a pisar na superfície lunar.*

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SILVA, Daniel Neves. "Neil Armstrong"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/biografia/neil-armstrong.htm. Acesso em 13 de outubro de 2019.

Tropas sul-coreanas em deslocamento em agosto de 1953
História Geral Guerra da Coreia
A chegada do homem à Lua, em 1969, foi um dos capítulos mais marcantes da corrida espacial.
História Geral Corrida espacial
A NASA é responsável pelo desenvolvimento de novas tecnologias e por explorações espaciais
Física NASA
Réplica do Sputnik 1, primeiro satélite enviado pelos soviéticos em outubro de 1957.
História Sputnik 1
Pegada do astronauta Neil Armstrong na superfície lunar
Curiosidades Programa Apollo
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola