Topo
pesquisar

Osmose

Química

PUBLICIDADE

A osmose é a passagem de solvente, de uma solução menos concentrada para uma solução mais concentrada, através de uma membrana semipermeável, até que a pressão exercida pela solução sobre a membrana impeça a passagem de solvente. Esse processo tem por finalidade equilibrar a concentração da solução.

Leia também: Soluto e solvente

Pressão osmótica

A pressão osmótica é a pressão exercida sobre a solução com maior concentração para que não ocorra a osmose, ou seja, para que o solvente não atravesse a membrana semipermeável.

A pressão osmótica é utilizada, em processos de dessalinização da água, forçando o processo da osmose ao contrário, fazendo com que o solvente passe da solução mais concentrada para a menos concentrada. A esse processo chamamos osmose reversa. Veja a imagem seguinte que compara os dois processos:

 Na osmose reversa, o solvente passa do meio mais concentrado para o menos concentrado.
 Na osmose reversa, o solvente passa do meio mais concentrado para o menos concentrado.

Veja que, na osmose, a passagem do solvente está no sentido da solução mais concentrada e que, na osmose reversa, a passagem está no sentido contrário, devido à pressão aplicada. Para saber mais sobre o tema, leia nosso texto: Pressão osmótica.

Saiba mais: Osmose reversa na dessalinização da água dos mares

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

  • Equação da pressão osmótica

A pressão osmótica, representada pela letra pi (π) de uma solução, pode ser calculada pela seguinte equação: 

M = concentração em mol/L

R = constante universal dos gases perfeitos

T = temperatura absoluta, em K

Como outras propriedades coligativas, a pressão osmótica depende da concentração da solução, isto é, quanto maior a concentração da solução, maior será o efeito da osmose nas soluções e, por isso, maior será a pressão osmótica.           

Exemplos

A osmose aparece em nosso cotidiano em diversos momentos. Podemos citar o exemplo do processo de salgar carnes para a sua conservação. Os micro-organismos que causariam a degradação da carne perdem água do seu interior para o meio externo, que está com concentração de sal, fazendo com que o alimento dure mais tempo.

Devido ao sal, também acontece de as folhas de uma salada murcharem por perderem água do interior de suas células (meio menos concentrado) para a solução temperada no meio externo.

A osmose também tem importância quando falamos do sangue humano. Dizemos que as hemácias e o sangue são um meio isotônico, ou seja, possuem a mesma pressão osmótica, permitindo a entrada e saída de água da célula com facilidade.

No entanto, quando o sangue torna-se menos concentrado que o interior das hemácias (meio hipotônico), ocorrerá a passagem de água com maior facilidade para o interior da célula, fazendo-a inchar até estourar. Caso o sangue chegue a uma concentração maior do que a concentração da hemácia (meio hipertônico), as células do sangue murcham, pois perdem água.

Pelo mesmo princípio da conservação de carnes, ocorre a conservação de frutas nas compotas de doces, que conservam os alimentos devido à alta concentração de açúcar na solução.

A seguir, outros exemplos em que ocorre a osmose:

- na ascensão de seiva nos vasos condutores das plantas;

- na hemodiálise;

- na passagem seletiva de nutrientes nas células do corpo humano.

Para entender como a osmose acontece na célula animal, na célula vegetal e outras questões biológicas, leia: Osmose: o que é e como ocorre na célula animal e vegetal.

 

Por Victor Ferreira
Professor de Química

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

FERREIRA, Victor Ricardo. "Osmose"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/quimica/osmose.htm. Acesso em 23 de outubro de 2019.

Assista às nossas videoaulas
Lista de Exercícios
Questão 1

Eventualmente, a solução de glicose 0,3 mol/L é utilizada em injeção intravenosa, pois tem pressão osmótica próxima à do sangue. Qual a pressão osmótica, em atmosferas, dessa solução a 37ºC?

Dado: R = 0,082 atm . L . K-1 . mol-1.

  1. 0,9102.
  2. 1,012.
  3. 5,643.
  4. 7,626.
  5. 7,38.

Questão 2

Um saco de celofane, contendo uma solução de sacarose (açúcar) até a metade, é mergulhado em um béquer contendo água, de modo que o saco fica inteiramente imerso na água do béquer. Sendo o celofane uma membrana semipermeável, observaremos depois de algum tempo que:

  1. A água do béquer torna-se adocicada.
  2. A água do béquer passa toda para o saco.
  3. O volume da solução no saco aumenta.
  4. A concentração da solução no saco aumenta.
  5. A solução do saco torna-se adocicada.

Mais Questões
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola