Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Onomatopeia

A onomatopeia é uma figura de linguagem que consiste na formação de uma palavra por meio da imitação de um som produzido por pessoa, animal, objeto ou fenômeno da natureza.

Ilustração com a onomatopeia “pow” representando o som do impacto do soco do super-herói no vilão.
É muito comum o uso de onomatopeias em histórias em quadrinhos.
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

 Onomatopeia é uma figura de linguagem caracterizada pela imitação de um som produzido por pessoa, objeto, animal ou fenômeno natural. Assim como a aliteração, a assonância e a paronomásia, a onomatopeia é uma figura de som ou harmonia. Pode ser encontrada, principalmente, em histórias em quadrinhos e outros textos literários.

Confira nosso podcast: Vícios de linguagem

Tópicos deste artigo

O que é onomatopeia?

A onomatopeia é uma figura de linguagem que ocorre quando usamos uma palavra que imita um som, sendo por isso caracterizada como uma figura sonora ou de harmonia. Pode ser o barulho produzido por um objeto (“vrum” do automóvel), pessoa (“hehehe” da risada), animal (“cocoricó” da galinha) ou pela própria natureza (“vuuuu” do vento).

Lista de onomatopeias

  • Atchim

  • Bi-bi

  • Bum

  • Cof-cof

  • Crac

  • Dlim-dlão

  • Glu-glu

  • Muuu

  • Nhac

  • Pingue-pongue

  • Piu-piu

  • Pow

  • Quá-quá

  • Snif

  • Tibum

  • Tique-taque

  • Toc-toc

  • Trim

  • Tum-tum

  • Uuuu

  • Zum-zum

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Exemplos de onomatopeia em frases

Ela tentou conter o espirro, mas “atchim!”, fez um barulho enorme.

Minha filhinha dirige um carro imaginário e faz “bi-bi” todo o tempo para os imaginários pedestres.

John puxou o pino da granada e bum!, foi tudo pelos ares.

Ouvíamos em silêncio, enquanto o cof-cof do gripado Alfredo tirava nossa atenção.

Minha mãe pegou a boneca e crac!, quebrou-a ao meio.

Ele tocou a campainha e ouviu um dlim-dlão lento e prolongado.

O glu-glu do peru assustou as crianças.

Quando a vaca fez “muuu”, o menino deu uma risada.

Quando a pizza chegou, Jurandir abriu a caixa e “nhac”, deu logo uma mordida.

Não perco jogo de pingue-pongue por nada.

Os pintinhos faziam “piu-piu” e deixavam a galinha atordoada.

Por qualquer motivo, Ernesto “pow!”, dá um soco em alguém.

O quá-quá do patinho era muito engraçado!

Snif!”, fez Esmeraldinha, sem vergonha de chorar.

Corri até a piscina e “tibum!”, mergulhei ruidosamente.

O tique-taque do relógio não me deixava dormir.

Ouvi passos na escada: toc-toc-toc-toc...

Estava no portão da casa quando ouviu o trim do telefone da sala.

O coração de Solano tinha um tum-tum descompassado.

Foi só começar a cantar que ouviu um “uuuu...” ensurdecedor.

O zum-zum do besouro me dá arrepios.

Alguns usos da onomatopeia

  • Mensagens pela internet:

kkkkkk, rsss, hahaha etc.

  • Comunicação infantil:

o miau (para gato), o au-au (para cão) etc.

  • História em quadrinhos:

glup, buáá, bang etc.

  • História infantil:

“— Nada disso. Ela curtiu porque viu que uma coisa não tinha nada que ver com a outra: ela podia muito bem ser grande, e ela podia muito bem continuar brincando. E aí ela achou que a melhor brincadeira do mundo era toda hora passar de pequena pra grande, de pequena pra grande, de pequena pra grande, de pequena tlá!!! estalou, enguiçou, não passou pra mais nada.”

BOJUNGA, Lygia. A bolsa amarela. 22. ed. Rio de Janeiro: Agir, 1993.

  • Poesia:

“Ó rodas, ó engrenagens, r-r-r-r-r-r-r eterno!

Forte espasmo retido dos maquinismos em fúria!

Em fúria fora e dentro de mim,

Por todos os meus nervos dissecados fora,

Por todas as papilas fora de tudo com que eu sinto!

[...]”

PESSOA, Fernando. Ode triunfal. In: ______. Poesias de Álvaro de Campos. Lisboa: Ática, 1944.

Figuras de linguagem

As figuras de linguagem são expressões que possuem um sentido conotativo e, portanto, ultrapassam o sentido original ou denotativo. Assim, se dizemos que alguém é “cara de pau”, não estamos afirmando que seu rosto é feito de madeira, mas que ele é uma pessoa sem vergonha e cínica. Veja a seguir os tipos de figuras de linguagem:

Saiba mais: Estilística — a parte da gramática que se ocupa dos elementos expressivos de uma língua

Exercícios resolvidos sobre onomatopeia

Questão 1

(Fuvest)

Vestindo água, só saído o cimo do pescoço, o burrinho tinha de se enqueixar para o alto, a salvar também de fora o focinho. Uma peitada. Outro tacar de patas. Chu-áa! Chu-áa... — ruge o rio, como chuva deitada no chão. Nenhuma pressa! Outra remada, vagarosa. No fim de tudo, tem o pátio, com os cochos, muito milho, na Fazenda; e depois o pasto: sombra, capim e sossego... Nenhuma pressa. Aqui, por ora, este poço doido, que barulha como um fogo, e faz medo, não é novo: tudo é ruim e uma só coisa, no caminho: como os homens e os seus modos, costumeira confusão. É só fechar os olhos. Como sempre. Outra passada, na massa fria. E ir sem afã, à voga surda, amigo da água, bem com o escuro, filho do fundo, poupando forças para o fim. Nada mais, nada de graça; nem um arranco, fora de hora. Assim.

João Guimarães Rosa. O burrinho pedrês, Sagarana.

Como exemplos da expressividade sonora presente neste excerto, podemos citar a onomatopeia, em “Chu-áa! Chu-áa...”, e a fusão de onomatopeia com aliteração, em

A) “vestindo água”.

B) “ruge o rio”.

C) “poço doido”.

D) “filho do fundo”.

E) “fora de hora”.

Resolução:

Alternativa B

A palavra “ruge” é usada como onomatopeia, de forma a reproduzir o som produzido pelo rio. Além disso, há a repetição da consoante “r”, o que caracteriza a aliteração.

Questão 2

Todos os enunciados a seguir apresentam uma onomatopeia, EXCETO:

A) O menino monta no cavalinho e pocotó, pocotó, lá vai menino e cavalinho.

B) Ela chegou com a boca cheia de batom e “smack!”, lascou um beijo na minha cara.

C) Ricardo só fica no bem-bom, enquanto a irmã trabalha dia e noite sem parar.

D) Célio foi a uma festa, bebeu demais e vomitou. Urgh! Que nojo!

E) O ratimbum da bandinha do bairro contagiou a todos os moradores.

Resolução:

Alternativa C

São onomatopeias: “pocotó” (ato de cavalgar), “smack” (som de beijo), “urgh” (alguém com nojo) e “ratimbum” (som de uma banda). Já “bem-bom” não é uma onomatopeia.

Escritor do artigo
Escrito por: Warley Souza Professor de Português e Literatura, com licenciatura e mestrado em Letras pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SOUZA, Warley. "Onomatopeia"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/gramatica/onomatopeia.htm. Acesso em 23 de junho de 2024.

De estudante para estudante


Lista de exercícios


Exercício 1

A única alternativa que possui uma onomatopeia é:

a) ( ) O pé da mesa quebrou.

b) ( ) O rei do futebol é brasileiro.

c) ( ) Quase morri de susto!

d) ( ) Às cinco da manhã o galo cantou: cocoricóóóóó.

Exercício 2

Assinale a alternativa que melhor define a figura sonora conhecida como onomatopeia:

a) ( ) é o recurso que se utiliza da repetição de sons consonantais para criar um efeito sensorial.

b) ( ) é o recurso que se utiliza da repetição de sons vocálicos para criar um efeito de sentido.

c) ( ) é o recurso que se utiliza de uma palavra especial para representar um som específico.

d) ( ) é o recurso que se utiliza de palavras que possuem o som e a escrita semelhantes, mas significados diferentes.

Artigos Relacionados


Aliteração

Aprenda mais sobre a aliteração e como o seu uso afeta o enunciado. Entenda a diferença entre aliteração e assonância, bem como resolva os exercícios propostos.
Gramática

Antítese

Entenda o que é antítese e como essa figura de linguagem afeta o discurso. Veja exemplos de seu uso, e aprenda a diferença entre antítese e paradoxo.
Gramática

Assonância

Clique e veja tudo sobre assonância. Entenda a utilidade dessa figura de linguagem na construção do texto e resolva os exercícios propostos sobre o tema.
Gramática

Figuras de construção ou sintaxe

Entenda o que são as figuras de construção ou sintaxe. Saiba quais são essas figuras de linguagem e faça exercícios para fixar o conteúdo.
Gramática

Figuras de palavras

Entenda o que são as figuras de palavras ou semânticas. Saiba quais são essas figuras de linguagem e faça exercícios para fixar o conteúdo.
Gramática

Figuras de pensamento

Descubra quais são as figuras de pensamento, quais suas características e efeitos de sentido, além de conferir exemplos e exercícios de fixação.
Gramática

Figuras de som

Entenda o que são as figuras de som ou harmonia. Saiba quais são essas quatro figuras de linguagem. Além disso, faça exercícios para fixar o conteúdo.
Gramática

Hipérbato

Aprenda o que é hipérbato e como atua na sintaxe do enunciado. Entenda a diferença entre hipérbato, anacoluto, anástrofe e sínquise.
Gramática

Hipérbole

Saiba o que é a hipérbole e veja exemplos dessa figura de linguagem, além de resolver alguns exercícios para fixar o conteúdo.
Gramática

Ironia

Saiba o que é ironia e conheça quais são os tipos existentes. Veja alguns exemplos dessa figura de linguagem e resolva os exercícios propostos.
Gramática