Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Tsunami no Brasil: possibilidade ou lenda?

Geografia

PUBLICIDADE

Tsunami no Brasil: possibilidade ou lenda? Existe um intenso debate a respeito da possibilidade de ocorrência de tsunamis no Brasil. Os tsunamis são causados principalmente por fortes sismos com epicentro no fundo dos oceanos, e, como sabemos, o Brasil está localizado no centro de uma placa tectônica, distante de áreas de grande instabilidade geológica.

Apesar disso, um estudo britânico indica que uma forte erupção do vulcão Cumbre Vieja, nas Canárias, poderia desencadear ondas gigantes que chegariam até as regiões Norte e Nordeste. A teoria, no entanto, não é uma unanimidade entre pesquisadores.

Leia também: Por que os Estados Unidos são tão atingidos por furacões e tornados?

Causas de um tsunami

Tsunamis podem ser definidos como ondas gigantes, que podem variar de 10 m a 30 m de altura em média, geradas em decorrência de uma grande perturbação nas águas dos oceanos.

Sua formação se dá principalmente por meio de intensos abalos sísmicos que podem ocorrer no assoalho oceânico. Os tremores, por sua vez, são originados em áreas onde há instabilidade tectônica, como no limite entre duas ou mais placas. Esses eventos liberam uma grande quantidade de energia, que, por sua vez, provoca o deslocamento de imensos volumes de água.

Assim como terremotos, atividades vulcânicas no fundo dos oceanos ou nas zonas costeiras podem causar tsunamis. No segundo caso, a movimentação se dá pelo derramamento de um volume significativo de materiais resultantes do vulcanismo nas águas. Fatores externos podem ser também responsáveis pelas ondas gigantes, como queda de meteoritos e grandes explosões realizadas em ambiente marinho.

Afinal, quais as chances de um fenômeno como esse atingir o litoral brasileiro?

Placa alerta o risco de tsunamis, fenômeno causado principalmente por fortes tremores de terra.
Placa alerta o risco de tsunamis, fenômeno causado principalmente por fortes tremores de terra.

É possível ter tsunami no Brasil?

As ondas gigantes são mais comuns em áreas de instabilidade tectônica. A maior parte dos piores tsunamis da história ocorreu em países banhados pelo oceano Pacífico. As ondas foram consequências de intensos terremotos de magnitude superior a sete graus na escala Richter, com epicentro próximo da costa.

O Brasil está situado no centro da Placa Sul-Americana, o que indica uma posição relativamente confortável com relação a abalos sísmicos de elevada intensidade, capazes de desencadear tsunamis. O país, entretanto, não está livre da ocorrência de tremores de terra.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Alguns pesquisadores acreditam que existe, sim, a possibilidade do litoral brasileiro ser atingido por um tsunami no futuro. Sua origem, entretanto, estaria a milhares de quilômetros da costa do país, mais precisamente próximo da costa noroeste do continente africano.

Um estudo britânico avaliou que uma erupção do vulcão Cumbre Vieja poderia provocar ondas gigantes que se propagariam pelo Atlântico e atingiriam países do continente americano, incluindo o Brasil.

Vista do Cumbre Vieja, nas Ilhas Canárias.
Vista do Cumbre Vieja, nas Ilhas Canárias.

Esse vulcão está localizado em La Palma, ilha pertencente ao arquipélago das Canárias, a noroeste da África. A erupção causaria o desmoronamento de um de seus flancos (parede lateral), despejando enorme volume de detritos, como rochas e terra, no oceano. Esse acréscimo de material e a decorrente agitação nas águas seriam responsáveis por ondas de grandes proporções, que chegariam próximo das áreas litorâneas, com altura entre 15 m e 40 m.

A teoria, entretanto, não é uma unanimidade entre aqueles que pesquisam a temática. As últimas erupções do Cumbre Vieja foram em 1949 e 1971, e, embora tenha havido deslizamentos de terra, nenhuma movimentação anormal foi registrada.

As chances, portanto, do Brasil ser atingido por um grande tsunami são ínfimas, praticamente nulas.

Veja também: O que é maremoto?

  • Consequências de um tsunami no Brasil

As chances de um tsunami atingir o Brasil futuramente são muito pequenas, praticamente nulas.
As chances de um tsunami atingir o Brasil futuramente são muito pequenas, praticamente nulas.

Pensando em potenciais acontecimentos como uma forte erupção do Cumbre Vieja, as cidades do Norte e Nordeste do Brasil seriam as principais atingidas, com danos que se estenderiam do Amapá.

A violenta entrada das águas e o seu avanço pelo território, que pode ser de centenas de metros a quilômetros, provocariam a destruição das áreas rebaixadas próximas do litoral e inundações nas cidades mais distantes. A depender da energia que causou a movimentação, as ondas podem se propagar por todo o litoral do país.

Recentemente, uma pesquisa da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ) revelou que o tsunami que devastou Lisboa e atingiu outros países próximos da Península Ibérica, em 1755, reverberou pelo Atlântico e chegou ao Nordeste do Brasil.

As evidências mostram que as ondas chegaram também ao Rio de Janeiro. A maior onda atingiu quase dois metros de altura, e, em determinadas áreas, as águas adentraram quatro quilômetros. Na cidade de Tamandaré, em Pernambuco, a inundação subiu até 800 metros.

Anterior a esse evento, ondas de até oito metros inundaram a então capitania de São Vicente, no litoral paulista, em 1541. As águas causaram destruição de edificações, mas não se sabe ao certo o que desencadeou esse chamado tsunami localizado|1|. Acredita-se que suas causas estavam relacionadas a questões meteorológicas.

Outros (poucos) eventos foram registrados na costa brasileira, em que tremores de terra de intensidade média causaram maremotos e inundações em cidades específicas. Os efeitos, entretanto, não são os mesmos do que aqueles experimentados por áreas atingidas por tsunamis.

Nota

|1| VELOSO, José Alberto Vivas. Tsunamis no Brasil. Revista USP, [S.l.], n. 91, 2011, p. 40-55. Disponível em: <https://www.revistas.usp.br/revusp/article/view/34843>. Acesso em 18 mar. 2021.

 

Por Paloma Guitarrara
Professora de Geografia

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

GUITARRARA, Paloma. "Tsunami no Brasil: possibilidade ou lenda?"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/geografia/tsunamis-no-brasil-possibilidade-ou-lenda.htm. Acesso em 16 de junho de 2021.

Artigos Relacionados
Saiba mais sobre o maremoto, que nada mais é do que terremotos ocorridos no assoalho oceânico e provocados pelos movimentos das placas tectônicas. O conteúdo do texto a seguir abordará não só a definição de maremoto, mas também as consequências desse fenômeno, como ele se origina e a diferença entre maremoto e tsunami.
Entenda como ocorrem os terremotos e as consequências desse fenômeno natural. Veja também os principais terremotos que aconteceram no mundo.
Clique e veja como se formam os terremotos no Brasil. Veja quais os maiores tremores registrados no país e seus efeitos. Entenda o funcionamento de um abalo sísmico.
Você sabe o que é um tsunami e como se forma? Aprenda aqui sobre esse fenômeno. Saiba diferenciá-lo dos maremotos, e conheça os tsunamis mais destrutivos da história.