Topo
pesquisar

Chuva ácida

Geografia

Chuva ácida é um fenômeno atmosférico que consiste na precipitação com elevada acidez. É considerada um problema ambiental que ocorre principalmente em países industrializados.
PUBLICIDADE

Chuva ácida é um fenômeno atmosférico que ocorre especialmente em países com elevado nível de industrialização. Consiste na precipitação com elevada acidez, ou seja, a chuva possui grande concentração de ácidos como o dióxido de enxofre. Esse fenômeno pode provocar graves problemas ambientais e também provocar danos à saúde dos seres vivos.

O termo chuva ácida foi usado pela primeira vez pelo químico e climatologista inglês Robert Angus Smith em 1852. Smith o usou para descrever, por meio de um estudo, a situação vivenciada em Manchester no Reino Unido, quando ocorreu precipitação com elevada acidez no período da Revolução Industrial.

Origem da chuva ácida

A chuva, normalmente, possui um certo grau de acidez devido à presença de óxidos no ar. A acidez pode ser medida por meio de uma escala numérica conhecida como pH. Nessa escala, uma solução com pH 7 é considerada neutra. O pH considerado normal para uma chuva é em torno de 5,6. Sendo assim, quanto menor o pH mais ácida é a solução. Para ser considerada ácida, a chuva deve possuir pH abaixo de 5,5.

Leia também: Tipos de chuva

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

A chuva ácida pode ter origem natural ou antrópica. Os principais geradores naturais de chuva ácida são os vulcões, que emitem à atmosfera gases, partículas, compostos de enxofre e poeira; e os processos biológicos ocorridos nos solos, pântanos e oceanos, além da respiração animal e vegetal.

Já os principais contribuintes antrópicos à chuva ácida estão relacionados aos ambientes com grande concentração de indústrias e veículos. A queima de combustíveis fósseis para geração de energia e os gases lançados pelos veículos favorecem a formação de chuva ácida.

Saiba também: Química da chuva ácida

Como se forma?

A formação de chuva ácida ocorre por meio da reação entre óxidos e partículas de água, que formam ácidos.
A formação de chuva ácida ocorre por meio da reação entre óxidos e partículas de água, que formam ácidos.

A precipitação com elevada acidez ocorre quando em um determinado lugar há uma elevada concentração de gases como o dióxido de enxofre e nitrogênio na atmosfera que em contato com gotas de água suspensas no ar, reagem formando ácidos que, ao precipitar, dão origem à chuva ácida.

Vale dizer que a chuva ácida não ocorre apenas no local onde há emissões de gases à atmosfera. É possível que esses gases sejam transportados pelo vento para regiões mais afastadas, podendo provocar a chuva ácida em outras regiões.

Mapa Mental: Chuva Ácida

*Para baixar o mapa mental em PDF, clique aqui!

Composição

Os principais gases que provocam a chuva ácida ao reagirem com as partículas de água suspensas no ar são:

  • Dióxido de enxofre: oriundo da combustão do carvão, fabricação de fertilizantes e aquecimento de minérios do grupo sulfato.

  • Óxidos de nitrogênio: oriundos da combustão do carvão vegetal, da combustão de derivados do petróleo e da fumaça de cigarros.

Leia mais: Óxidos e as chuvas ácidas

Principais ácidos que compõem a chuva ácida:

Ácido sulfúrico

Ácido nítrico

Consequências

A destruição da vegetação é uma das principais consequências da chuva ácida.
A destruição da vegetação é uma das principais consequências da chuva ácida.

A ocorrência de chuva ácida é considerada um grande problema, especialmente, ambiental, em diversas regiões do mundo. Desde o período da Revolução Industrial, com o aumento das indústrias e dos bens produzidos, aumentou também a poluição atmosférica, elevando a emissão de gases poluentes, favorecendo a incidência desse fenômeno.

As principais consequências da chuva ácida são:

  1. O solo pode sofrer alterações quando a chuva ácida atinge a superfície, tornando-se acidificado.

  2. A contaminação do solo pode provocar também a contaminação de cursos d'água, como rios e lagos e também de reservas subterrâneas de água.

  3. A contaminação dos cursos d'água pode provocar perda da biodiversidade, com o aumento da concentração de acidez que impede o desenvolvimento da vida aquática.

  4. A vegetação também é prejudicada quando o excesso de acidez, ao atingir os vegetais, prejudica o seu desenvolvimento ocasionando a lentidão do seu crescimento.

  5. A acidez provoca o rompimento da superfície das folhas das árvores, causando empobrecimento nutricional.

  6. As plantas podem tornar-se suscetíveis à ocorrência de pragas e doenças.

  7. O crescimento das raízes torna-se lento, prejudicando o transporte de nutrientes.

  8. Dependendo da concentração de ácidos, a saúde dos seres humanos pode também ser prejudicada. Isso acontece porque o acúmulo de dióxido de enxofre no organismo pode provocar o desenvolvimento de doenças respiratórias.

  9. Provoca também estragos nas cidades, ao corroer e destruir monumentos e obras civis.

Saiba mais: Efeitos das chuvas ácidas nos monumentos históricos

Chuva ácida no Brasil e no mundo

A chuva ácida no Brasil ocorre principalmente nas metrópoles e diversos estudos vêm sendo feitos a fim de analisar esse problema em território nacional. Por muitas vezes não provocar efeitos imediatos, esse fenômeno passa despercebido pela maioria da população.

Foram registradas, no país, ocorrências na região carbonífera de Santa Catarina, na região do polo industrial de São Paulo e de Minas Gerais e na região do polo petroquímico da cidade de Camaçari, no estado da Bahia.|1| Um exemplo bastante conhecido no Brasil ocorreu na região da Serra do Mar em Cubatão, São Paulo, no ano de 1977, devido à elevada emissão de gases pelas indústrias instaladas nessa área.

A concentração de gases enviados à atmosfera como monóxido de carbono, dióxido de enxofre e benzeno ultrapassavam mil toneladas ao dia. A chuva ácida em São Paulo, segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), já atingiu um pH de 4,6 no período entre os anos de 1983 e 1985.

A principal consequência foi os danos causados à Mata Atlântica, bioma que abrange essa região. Boa parte da vegetação foi perdida devido à acidez. Programas de reflorestamento na cidade de Cubatão já foram elaborados com o intuito de reflorestar a área e proteger as encostas que perderam a cobertura vegetal.

A população da região também sofreu bastante com a ocorrência das chuvas, apresentando elevados índices de doenças respiratórias e crianças com má formação do sistema nervoso.

No mundo, países do continente europeu e da América do Norte sofrem também com os efeitos da chuva ácida.

Veja alguns países que sofrem com a acidez elevada da água:

Estados Unidos

Aproximadamente 10% dos lagos da região montanhosa de Adirondack possuem pH inferior a 5.

Alemanha

Mais da metade das florestas sofreram danos provocados pela ocorrência de chuva ácida.

Polônia

As ferrovias sofreram grandes efeitos corrosivos.

Reino Unido

A precipitação ácida causou danos a aproximadamente 67% das florestas.

Fonte: The Global Ecology Handbook (1990).

Nota

|1| A importância do estudo das chuvas ácidas no contexto da abordagem climatológica. Para acessar, clique aqui.

 

Por Rafaela Sousa
Graduada em Geografia

A chuva ácida é um fenômeno provocado pela emissão de gases poluentes à atmosfera, que, ao reagirem com a água, tornam-na ácida.
A chuva ácida é um fenômeno provocado pela emissão de gases poluentes à atmosfera, que, ao reagirem com a água, tornam-na ácida.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SOUSA, Rafaela. "Chuva ácida"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/geografia/chuvaacida.htm. Acesso em 06 de dezembro de 2019.

Assista às nossas videoaulas
Lista de Exercícios
Questão 1

As chuvas ácidas podem ter diferentes composições dependendo do local onde são formadas, as mais nocivas são formadas em grandes centros industriais, onde há queima de combustíveis fósseis (gasolina, óleo diesel). Esse tipo de chuva é carregado de poluentes, marque a opção que traz os compostos que a torna nociva à saúde.

a) óxidos de carbono (CO, CO2)
b) óxidos de cálcio (CaO, CaO2)
c) óxidos de enxofre (SO2, SO3)
d) óxidos de nitrogênio (NO, NO2)

Questão 2

A chuva ácida é produzida quando gotas de chuva absorvem o dióxido de carbono (CO2) presente na atmosfera originando ácido carbônico (H2CO3), conforme a equação:

H2O + CO2 H2CO3

A chuva ácida possui pH menor que 5,6 e por essa razão se torna capaz de corroer até mesmo pedras mais resistentes, como o mármore. A imagem abaixo traz uma estátua danificada pela exposição à acidez da chuva.

O que provocou os estragos na estátua foi um ácido produzido pela reação da chuva com óxidos contendo enxofre. Opte pelo nome e fórmula corretos para tal ácido.

a) ácido sulfuroso (H2SO)

b) ácido sulfúrico (H2SO4)

c) ácido sulfúrico (H2SO3)

d) ácido sulfuroso (H2SO4)

Mais Questões
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola