Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Gramática da língua espanhola

A gramática da língua espanhola é composta por diversos elementos e estuda a estrutura das palavras, a maneira como elas se entrelaçam e os significados que geram.

Professora ao lado de um quadro-negro com palavras e expressões de vocabulário estudado pela gramática da língua espanhola.
El aprendizaje sobre gramática incluye morfología, sintaxis y, en un sentido más amplio, fonética y fonología.
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

A gramática da língua espanhola é composta por diversos elementos e estuda a estrutura das palavras, a maneira como elas se entrelaçam e os significados que tais combinações geram. Sendo assim, a gramática se ocupa do estudo da morfologia (processo de formação de palavras e as classes gramaticais); da sintaxe (relação entre as palavras na oração); e da fonética e fonologia (análise dos sons da fala e sua organização linguística respectivamente).

Estudar a gramática de uma língua é muito necessário para quem deseja organizar e aprofundar seus conhecimentos, principalmente quando se trata de uma língua tão diversa e falada por mais de 500 milhões de falantes, como é o espanhol.

Pensando nisso, organizamos neste artigo uma lista dos temas mais estudados na gramática de língua espanhola, incluindo alguns aspectos do vocabulário e curiosidades. Esperamos que, assim, você possa sistematizar seus estudos e aprender bastante sobre o espanhol. ¡Sigue leyendo!

Leia também: Espanhol — detalhes sobre a segunda língua mais falada do mundo

Tópicos deste artigo

O que estuda a gramática da língua espanhola?

A gramática da língua espanhola é composta por diversos elementos e estuda a estrutura das palavras, a maneira como elas se entrelaçam e os significados que essas combinações geram. A seguir, veremos com mais detalhes alguns desses aspectos.

Classes gramaticais

Quando se fala sobre gramática, a primeira coisa que vem à mente são as classes gramaticais: verbo, substantivo (sustantivo), adjetivo, advérbio (adverbio), pronome (pronombres), interjeição (interjección), artigo (artículo), preposição (preposición) e conjunção (conjunción).

Sobre os verbos, estudamos os modos — indicativo, subjuntivo e imperativo —, os tempos — pretérito, presente e futuro —, e a flexão — número-pessoal e temporal. Além de aprender a conjugar os verbos em diferentes tempos de acordo com cada modo, também se aprende a função de cada um deles. Por exemplo, se falamos sobre o pretérito perfecto compuesto de indicativo, aprendemos que ele é formado por um verbo auxiliar (haber) e um principal conjugado no particípio, e também aprendemos que esse tempo é usado para falar sobre um passado recente. Por exemplo:

Hoy he ido al cine.
(Hoje eu fui ao cinema.)

Quando queremos nos referir a um passado que não é recente, uma unidade de tempo fechada, usamos o pretérito indefinido:

Ayer fui al cine.
(Ontem fui ao cinema.)

Outros temas bastante estudados se referem às funções e os sentidos que os verbos assumem em diferentes contextos, como os verbos de cambio (verbos de mudança), usados para falar sobre as mudanças que os seres e as coisas sofrem. Por exemplo, se queremos dizer em espanhol “Fiquei rica”, usamos o verbo hacerse: Me hice rica.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Quando falamos sobre substantivos, adjetivos, pronomes e artigos, falamos sobre gênero, número e grau. Por exemplo, a palavra miel (mel) em espanhol é um substantivo feminino, sendo, portanto, acompanhada do artigo la (a). Também existe um artigo la como variação do artigo definido masculino el. Essa variação acompanha palavras no singular que se iniciam por a- tônico:

el agua (a água)
el hada (a fada)

Aprendemos também que, nesse caso, o adjetivo que acompanha o substantivo permanece no feminino:

el agua salada (a água salgada)
el hada madrina (a fada madrinha)

Quanto aos advérbios, preposições e conjunções, que são palavras invariáveis (não têm flexão de gênero nem de número), estudamos as aplicações de cada um dando atenção especial àqueles que podem ter seu significado confundido em português por conta da proximidade. Por exemplo:

en cuanto (logo que) – conjunción
hacia
(em direção a) – preposición
bajo (sob) – preposición
muy, mucho (muito) – adverbio

Pontuação

Dentro da sintaxe, a pontuação tem um papel fundamental, pois ela também é responsável pela coesão entre as estruturas e, muitas vezes, assume aspectos prosódicos (da fala) na escrita. Assim, podemos citar o uso de dois-pontos para introduzir discurso indireto ou a exclamação, que indica exaltação.

Acesse também: Signos de ponuación — os sinais de pontuação em espanhol

Acentuação

A gramática também pode se ocupar da pronúncia/escrita correta das palavras em seus aspectos fonéticos e fonológicos por meio da acentuação. Além dessa função, a acentuação diferencia classes gramaticais. Por exemplo, o verbo canto está conjugado na primeira pessoa do singular do presente de indicativo (yo canto); no entanto, quando acentuado na última sílaba (cantó), está conjugado na terceira pessoa do singular do pretérito indefinido (él/ella/usted cantó).

Para saber mais detalhes sobre a acentuação em espanhol, clique aqui.

Vocabulário de espanhol

Aqui temos uma lista de algumas das palavras e expressões mais utilizadas em espanhol:

Espanhol

Português

buenos días/tardes/noches

bom dia, boa tarde, boa noite

hola

olá, oi

niño/a

menino/a; no masculino, criança

chévere, guay, padre

legal (gíria)

me gusta(n)…

eu gosto de…

baño

banheiro

lunes, martes, miércoles, jueves, viernes, sábado, domingo

segunda-feira, terça, quarta, quinta, sexta, sábado, domingo

padre/papá

pai

madre/mamá

mãe

abuela(o)/abuelita(o)

avó(ô)/vovozinha(o)

perrear

rebolar

fútbol

futebol

auto/coche

carro

llanta

pneu

precioso

fofo

mijita/mijito

Flexão de mi hija/o (minha filha/o), também usada em contextos informais, mesmo quando não há grau de parentesco.

boludo/a

Vocábulo argentino muito usado por gamers; significa “idiota, tonto/a”. É bastante usado por pessoas que têm amizade/intimidade.

no mames/manches

Expressão mexicana muito popular, indica surpresa e significa “não brinca!”, “sério?”.

cancha

quadra esportiva

postre

sobremesa

cena

jantar

desayuno

café da manhã

perro/a

cachorro/a

choclo/maíz

milho

palomitas/pochoclo/pororó

pipoca

tamal

Espécie de pamonha com recheio de diferentes carnes e verduras, cozida na folha de bananeira.

chile/ají

pimenta

bailar

dançar

de tal palo, tal astilla

filho de peixe, peixinho é

no hay mal que para bien no venga

há males que vêm para o bem

salsa

salsa (dança)

perejil

salsa (tempero)

adiós/chau

adeus/tchau

¡ándale!

Interjeição que significa “vai”, “anda”.

Veja também: Expressões usuais da língua espanhola

Curiosidades sobre o espanhol

  • O espanhol é falado em 21 países, alcançando os continentes africano, americano e europeu.

  • O único país africano que fala espanhol é a Guiné Equatorial.

  • Existem mais de 10 formas de dizer pipoca em espanhol: palomita (mais comum), canchita (Peru), cabritas (Chile), pochoclo/pororó (Uruguai, Argentina), cotufas/gallitos (Venezuela), poporopo (Guatemala), crispetas (Colômbia), millo (Panamá), pipocas (Bolívia).

  • O México é o país com o maior número de falantes de espanhol do mundo: 128 milhões de pessoas.

  • Atualmente, o espanhol é estudado por cerca de 22 milhões de pessoas no mundo.

  • Em espanhol, o som de -nh- é produzido pela letra ñ. O til sobre ela era, na verdade, outro -n-, que sinalizava que a pronúncia do som era nasal.

Exercícios resolvidos sobre gramática da língua espanhola

Questão 1
(Enem)

Me niego rotundamente
A negar mi voz,
Mi sangre y mi piel.
 

Y me niego rotundamente
A dejar de ser yo,
A dejar de sentirme bien
Cuando miro mi rostro en el espejo
Con mi boca
Rotundamente grande
Y mi nariz
Rotundamente hermosa,
Y mis dientes
Rotundamente blancos,
Y mi piel valientemente negra.
 

Y me niego categóricamente
A dejar de hablar
Mi lengua, mi acento y mi historia
 

Y me niego absolutamente
A ser parte de los que callan,
De los que temen,
De los que lloran.
 

Porque me acepto
Rotundamente libre,
Rotundamente negra,
Rotundamente hermosa.

CAMPELL BARR, S. Disponível em: https.negracubanateniaqueser.com. Acesso em 25 out. 2021.

Para enfatizar características e atitudes que reforçam a identidade da mulher negra, o poema da escritora costarriquenha apresenta:

A) advérbios como “rotundamente” e “categóricamente”.

B) verbos reflexivos como “me niego” e “me acepto”.

C) adjetivos como “grande” e “hermosa”.

D) substantivos como “sangre” e “piel”.

E) adjetivos possessivos como “mi” e “mis”.

Resolução:

Alternativa A

No poema, os advérbios rontundamente e categoricamente são usados para modular as atitudes e características de aceitação e resistência de mulheres negras.

Questão 2

(UFG) Leia os textos a seguir.

Se entiende por variación lingüística el uso de la lengua condicionado por factores de tipo geográfico, sociocultural, contextual o histórico. La forma como los hablantes emplean una lengua no es uniforme, sino que varía según sus circunstancias personales, el tiempo y el tipo de comunicación en que están implicados.

Centro Virtual Cervantes. Diccionario de términos clave de ELE. Disponível em: https://cvc.cervantes.es/ensenanza/biblioteca_ele/diccio_ele/diccionario/varia cionlinguistica.htm. Acesso em: 01 set. 2023.

Te quiero ride
Como a mi bike
Hazme un tape
Modo Spike
Yo la batí
Hasta que se montó
Segundo es chingarte
Lo primero e’ Dios

VILA TOBELLA, Rosalía. Letra de Hentai. Concord Music Publishing LLC, Sony/ATV Music Publishing LLC, 2022. Disponível em: https://lyrics.lyricfind.com. Acesso em: 31 ago. 2023.

Essa letra contém traços distintivos da variação linguística que, vinculados aos socioletos de jovens, são classificados como próprios

A) de la jerga.

B) del chisme.

C) de los conjuros.

D) de las palabrotas.

Resolução:

Alternativa A

As palavras utilizadas no trecho da canção são de uma letra de reggaeton, estilo musical contemporâneo muito ouvido pelo público jovem e que, portanto, traz palavras típicas desse segmento.

Fontes

ESPAÑA. Manual de la Nueva Gramática de la Lengua Española. Real Academia Española. Asociación de Academias de la Lengua Española. Madrid: Espasa, 2010.

ESPAÑA. Manual de la Nueva Gramática de la Lengua Española. Real Academia Española. Asociación de Academias de la Lengua Española. Madrid: Espasa, 2010. 

Escritor do artigo
Escrito por: Renata Martins Gornattes Graduação em Letras Espanhol pela Faculdade de Letras da Universidade Federal de Goiás (FL/UFG). Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Rondonópolis (UFR). Professora de Espanhol da Seduc-MT, atuando no ensino fundamental, médio e em cursinho pré-vestibular.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

GORNATTES, Renata Martins. "Gramática da língua espanhola"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/espanhol/gramatica-da-lingua-espanhola.htm. Acesso em 13 de julho de 2024.

De estudante para estudante


Artigos Relacionados


A Língua Espanhola no Mundo

A origem e a influência da língua espanhola no mundo.
Espanhol

Condicional compuesto (Futuro do pretérito composto)

Conheça os usos do condicional compuesto em espanhol. Pratique com exercícios contextualizados!
Espanhol

Condicional simple (Futuro do pretérito)

Clique aqui e conheça os usos do condicional simple em espanhol. Pratique com exercícios contextualizados sobre o tema!
Espanhol

Futuro simple o imperfecto de indicativo

Clique aqui e venha aprender os usos e a estrutura do futuro imperfecto em espanhol. Treine com exercícios resolvidos sobre o tema!
Espanhol

Los verbos

Clique aqui e venha aprender sobre “los verbos” (os verbos em espanhol), seus modos e tempos!
Espanhol

Presente do indicativo em espanhol

Aprenda mais sobre o presente do indicativo em espanhol. Saiba quando e como utilizar esse tempo verbal. Conheça a conjugação de alguns verbos regulares e irregulares.
Espanhol

Presente do subjuntivo em espanhol

Conheça o presente do subjuntivo em espanhol para usá-lo corretamente e reconhecer suas funções. Resolva os exercícios propostos sobre esse tema.
Espanhol

Pretérito imperfecto de indicativo

Venha conhecer e entender os usos do “pretérito imperfecto de indicativo” em espanhol. Pratique com exercícios contextualizados.
Espanhol

Pretérito indefinido em espanhol (pretérito perfecto simple)

Aprenda quais são os usos do pretérito indefinido em espanhol. Veja como esse tempo verbal se diferencia do “pretérito perfecto compuesto”.
Espanhol

Pretérito perfeito composto do indicativo em espanhol

Conheça o pretérito perfeito composto do indicativo em espanhol e aprenda a usá-lo corretamente. Aprenda sua estrutura e resolva exercícios sobre o tema.
Espanhol