Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Presente do subjuntivo em espanhol

Espanhol

PUBLICIDADE

O presente de subjuntivo, presente do subjuntivo em espanhol, é usado:

  • como forma do imperativo afirmativo (com exceção da 2a pessoa do singular) e do negativo;
  • com verbos de sentimento e desejo;
  • em algumas frases de entonação interrogativa;
  • com alguns advérbios;
  • para expressar o futuro com algumas conjunções temporais.

Vamos conhecer melhor essas características? ¡Échale ganas!

Leia também: Verbos de cambio – verbos de mudança em espanhol

Usos do presente do subjuntivo em espanhol

O presente de subjuntivo tem diferentes usos em língua espanhola.
O presente de subjuntivo tem diferentes usos em língua espanhola.

I – Formas verbais do imperativo afirmativo (exceto segunda pessoa do singular — tú, vos) e imperativo negativo.

  • Hagamos las tareas del libro de texto.
    (Façamos as tarefas do livro didático.)
  • No le digas nada.
    (Não lhe diga nada.)

II – Expressões dubitativas, ou seja, aquelas que expressam dúvidas ou probabilidades — quizá(s), tal vez, posiblemente, problablemente:

Quizás María llegue temprano hoy.
(Talvez a Maria chegue cedo hoje.)

¡OJO! Usamos o modo indicativo com a locução adverbial a lo mejor:

A lo mejor María llega temprano hoy.
(Talvez Maria chegue cedo hoje.)

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

III – Frases exclamativas ou desiderativas, ou seja, aquelas em que expressamos algum desejo:

  • ¡Que te vaya bien en los exámenes!
    (Que você vá bem nas provas!)
  • ¡Que aproveche!*
    (Bom apetite!)
  • ¡Que disfrutes tu viaje!
    (Que você aproveite a viagem!)
  • Ojalá que llueva hoy, hace mucho calor.
    (Tomara que chova hoje, está fazendo muito calor.)

* Também se usa a expressão Buen provecho.

IV – Frases de entonação interrogativa:

¿Mande? / ¿Diga?
(Diga?)

Veja também: Pronombres interrogativos – pronomes utilizados para fazer perguntas

V – Frases reduplicativas, ou seja, aquelas que repetem a forma verbal com a finalidade de reiterar ou ressaltar a ação expressa:

  • Pase lo que pase, te voy a ayudar.
    (Aconteça o que acontecer, eu vou te ajudar.)
  • Digan lo que digan, yo viviré a mi modo.
    (Digam o que disserem (quiserem), eu vou viver do meu jeito.)

VI – Algumas conjunções, locuções conjuntivas, advérbios e locuções adverbiais. Há casos de alternância entre indicativo e subjuntivo, e ainda aqueles em que o presente do subjuntivo indicará que a ação ocorre no futuro:

  • Cuando llegue mamá, me llevará al parque.
    (Quando a mamãe chegar, vai me levar ao parque.)
  • Mientras más te esfuerces, más aprenderás.
    (Quanto mais você se esforçar, mais aprenderá.)

¡OJO! Observe que, no exemplo anterior, a tradução do presente do indicativo deu-se com o futuro do subjuntivo em língua portuguesa. Esse futuro ainda existe em espanhol (futuro simple), mas começou a cair em desuso a partir do século XIV, sendo substituído pelo pretérito imperfeito (llegara/llegase) e pelo presente (llegue). Ainda é registrado, como característica arcaizante, em textos jurídicos, administrativos e também em algumas expressões idiomáticas, como “Adonde fueres, haz lo que vieres.” (Onde quer que vá, faça o que vir, ou seja, siga os costumes locais.), e expressões fixas como “o lo que fuere” (o que for).

VII – Formas reduplicadas de sentido concessivo: sea cual fuere, sea lo que sea, haya lo que haya.

No voy a este paseo ni que me paguen.
(Não vou a este passeio nem que me paguem.)

VIII – Existem muitas regras para o uso do subjuntivo, de modo geral, em orações subordinadas. Vejamos:

a) Os sujeitos da oração principal e da subordinada são diferentes. Nesse caso, usa-se o subjuntivo na oração subordinada:

  • Trabajo mucho para comprarme un auto.
    (Trabalho muito para poder comprar um carro para mim mesma/o.)
  • Trabajo mucho para que te compres un auto.
    (Trabalho muito para você comprar um carro.)

Veja outros exemplos:

  • Te recomiendo que busques ayuda profesional.
    (Recomendo que você busque ajuda profissional.)
    (Te recomendo buscar ajuda profissional.)
  • Es urgente que vengas.
    (É urgente que você venha.)
  • Me gusta que estés aquí.
    (Eu gosto que você esteja aqui.)
  • Quiero que nunca te falte nada.
    (Quero que nunca te falte nada.)

b) Oraciones de relativo: usa-se o presente de subjuntivo se o antecedente é desconhecido. Se for conhecido, usa-se o modo indicativo.

Busco un auto que tenga alarma.
(Procuro um carro que tenha alarme. → Eu ainda não tenho o carro, estou à procura de um.)

c) Verbos que expressam percepção ou opinião (creer, opinar, parecer etc.): se a oração principal estiver na forma negativa, usa-se o subjuntivo na subordinada:

  • Creo que mi mamá no viene. (presente do indicativo)
    (Acho que minha mãe não vem.)
  • No creo que mi mamá venga. (presente do subjuntivo)
    (Não acho que minha mãe venha.)

Acesse também: Perífrasis verbales – locuções verbais em espanhol

Verbos regulares no presente do subjuntivo

Pronombre

Hablar

Comer

Subir

yo

hable

coma

suba

tú/vos

hables

comas

subas

él/ella/usted

hable

coma

suba

nosotras/os

hablemos

comamos

subamos

vosotras/os

habléis

comáis

subáis

ellos/ellas/ustedes

hablen

coman

suban

Verbos irregulares no presente do subjuntivo

Muitos verbos irregulares no presente do subjuntivo também o são no presente do indicativo, inclusive as exceções — segunda e terceira pessoas do plural:

  • quieroquiera
  • pidopida
  • conozco conozca

No entanto, essas regras não se aplicam a todos os casos, então vamos conhecê-las melhor:

a) Alternâncias vocálicas: são aqueles verbos que apresentam acréscimo, mudança ou supressão de vogal em suas raízes.

  • E → IE: pensar, comenzar, empezar, entender, mentir, sentir.
  • U → UE: jugar.
  • O → UE: poder, jugar, volver.
  • E → I: pedir, reír.

Pronombres

Pensar

Jugar

Poder

Pedir

yo

piense

juegue

pueda

pida

tú/vos

pienses

juegues

puedas

pidas

él/ella/usted

piense

juegue

pueda

pida

nosotras/os

pensemos

juguemos

podamos

pidamos

vosotras/os

penséis

juguéis

podáis

pidamos

ellos/ellas/ustedes

piensen

jueguen

puedan

pidan

 

¡OJO! Observe que o verbo pedir é completamente irregular.

Alguns verbos anteriores, como mentir e sentir, estão sujeitos a duas irregularidades, e → ie e e → i. Observe:

Pronombres

Mentir

Sentir

yo

mienta

sienta

tú/vos

mientas

sientas

él/ella/usted

mienta

sienta

nosotras/os

mintamos

sintamos

vosotras/os

mintáis

sintáis

ellos/ellas/ustedes

mientan

sientan

 

b) Alternâncias consonantais:

  • z → c: essa alternância acontece com verbos terminar em -ecer ou -cir, como conocer, merecer, conducir, producir etc.
  • verbos que têm adição de -g- à raiz: salir, valer, venir, tener, oír, hacer, traer etc. Essa é uma irregularidade que também ocorre na primeira pessoa do singular do presente do indicativo:

Pronombres

Merecer

Producir

Salir

Oír

yo

merezca

produzca

salga

oiga

tú/vos

merezcas

produzcas

salgas

oigas

él/ella/usted

merezca

produzca

salga

oiga

nosotras/os

merezcamos

produzcamos

salgamos

oigamos

vosotras/os

merezcáis

produzcáis

salgáis

oigáis

ellos/ellas/ustedes

merezcan

produzcan

salgan

oigan

 

c) Verbos com irregularidade total:

Pronombres

Haber

Saber

Ir

yo

haya

sepa

vaya

tú/vos

hayas

sepas

vayas

él/ella/usted

haya

sepa

vaya

nosotras/os

hayamos

sepamos

vayamos

vosotras/os

hayáis

sepáis

vayáis

ellos/ellas/ustedes

hayan

sepan

vayan

 

Pronombres

Decir

Ser

Estar

Dar

yo

diga

sea

esté

tú/vos

digas

seas

estés

des

él/ella/usted

diga

sea

esté

nosotras/os

digamos

seamos

estemos

demos

vosotras/os

digáis

seáis

estéis

deis

ellos/ellas/ustedes

digan

sean

estén

den

 

Leia também: Verbos defectivos em espanhol – verbos com a conjugação incompleta

Exercícios resolvidos

Questão 1 – Escolha a conjugação correta dos verbos entre as duas oferecidas em cada uma das frases a seguir:

A) Cuando estuviere/esté en casa, llámame.

B) No quiero que te irás/vayas.

C) Hago todas las tareas para que mamá me dejar/deje ir a la fiesta.

D) Ella no cree que vacunarse es/sea importante.

E) Necesito una casa que tiene/tenga dos piezas.

Resolução

A) esté

B) vayas

C) deje

D) sea

E) tenga

Questão 2 - (Enem/2018)

¿Qué es la X Solidaria?

La X Solidaria es una équis que ayuda a las personas más vulnerables. Podrás marcarla cuando hagas la declaración de la renta. Es la casilla que se denomina “Fines Sociales”. Nosotros preferimos llamarla X Solidaria:

  •  porque al marcarla haces que se destine un 0,7% de tus impuestos a programas sociales que realizan las ONG.
  •  porque se benefician los colectivos más desfavorecidos, sin ningún coste económico para ti.
  •  porque NO marcarla es tomar una actitud pasiva, y dejar que sea el Estado quien decida el destino de esa parte de tus impuestos.
  •  porque marcándola te conviertes en contribuyente activo solidario.

Disponível em: http://xsolidaria.org. Acesso em: 20 fev. 2012 (adaptado).

As ações solidárias contribuem para o enfrentamento de problemas sociais. No texto, a ação solidária ocorre quando o contribuinte

A) delega ao governo o destino de seus impostos.
B) escolhe projetos que terão isenção de impostos.
C) destina parte de seus impostos para custeio de programas sociais.
D) determina a criação de impostos para implantação de projetos sociais.
E) seleciona programas para beneficiar cidadãos vulneráveis socialmente.

Resolução

Alternativa C. O parágrafo inicial do texto diz que o contribuinte colabora com a X Solidaria “cuando haga la declaración de la renta”, ou seja, quando fizer a declaração de renda.


Por Renata Martins Gornarttes
Professora de Espanhol

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

GORNATTES, Renata Martins. "Presente do subjuntivo em espanhol"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/espanhol/presente-do-subjuntivo-em-espanhol.htm. Acesso em 04 de agosto de 2021.

Artigos Relacionados
Entenda o imperativo em espanhol. Descubra quais são as funções desse modo verbal na língua espanhola, assim como suas conjugações, regularidades e irregularidades.
As formas nominais do verbo são chamadas em espanhol de não pessoais, mas a função de cada forma não modifica de uma língua para a outra. São elas: infinitivo, gerúndio e particípio. Podem expressar valor de substantivo (infinitivo), de advérbio (gerúndio) e de adjetivo (particípio). Clique para conhecê-las!
Conheça os advérbios em espanhol. Saiba quais são os grupos em que se dividem, e aprenda quais são as suas funções.
Aprenda quais são os usos do pretérito indefinido em espanhol. Veja como esse tempo verbal se diferencia do “pretérito perfecto compuesto”.
Aprenda sobre os verbos de “cambio”, verbos de mudança em espanhol. Conheça quais os tipos de mudanças que eles expressam e as diferenças entre elas.
Clique aqui e aprenda os verbos defectivos em espanhol, a que se referem e como são classificados. Observe os exemplos para compreendê-los melhor.
Conheça os verbos reflexivos em espanhol, os pronomes que os acompanham e as regras de colocação desses pronomes.