Topo
pesquisar

População e comunidade

Biologia

O entendimento dos conceitos de população e comunidade é fundamental para os estudos em Ecologia.
Um grupo de borboletas-monarcas pode ser denominado de população
Um grupo de borboletas-monarcas pode ser denominado de população
PUBLICIDADE

Ao estudar Ecologia, preocupamo-nos com a análise das interações das espécies entre si e destas com o meio. Para realizar essa análise, no entanto, é fundamental conhecer alguns conceitos básicos. Entre esses conceitos, destacam-se as noções de população e comunidade.

Uma população pode ser definida como um grupo de organismos pertencentes à mesma espécie e que vivem em uma mesma área geográfica. Complementando esse conceito, podemos dizer que esses organismos possuem maior chance de reproduzirem-se entre si do que com outros grupos de indivíduos de outra região.

O tamanho de uma população é limitado pelo meio em que ela vive, uma vez que o aumento exagerado, por exemplo, pode causar desequilíbrios ecológicos e afetar também os indivíduos com os quais essa população interage. Podemos concluir, portanto, que existe um tamanho ideal para cada população que se mantém mais ou menos constante ao longo do tempo.

Ao estudar uma população, os ecólogos preocupam-se em analisar todos os fatores que influenciam esse grupo de organismos, como o número de nascimentos e mortes. Além disso, é fundamental analisar os movimentos migratórios, a quantidade de alimento disponível, o número de predadores, entre outras variantes que afetam diretamente o tamanho de uma população.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Como exemplo de população, podemos citar grupos de elefantes na savana africana ou ainda os grupos de borboletas-monarcas no Canadá (veja imagem acima).

Uma comunidade, por sua vez, é formada por todos os organismos que vivem em uma área, em um determinado período de tempo, ou seja, todas as populações viventes de uma região. Alguns autores definem ainda a comunidade como a parte viva de um ecossistema.

Ao analisar as características de uma comunidade, é possível observar como as populações interagem e conhecer os processos ecológicos existentes nesse grupo de organismos. Além disso, é possível entender como as espécies agrupam-se e como o meio ambiente tem efeito sobre esses agrupamentos.

Como exemplo de comunidade, podemos citar os organismos que vivem no fundo dos ambientes aquáticos (comunidade bentônica), tais como crustáceos, poliquetas, equinodermos e algumas espécies de moluscos. Outro exemplo de comunidade é o conjunto de plantas de uma área de floresta ou ainda os animais existentes em uma área de Mata Atlântica.


Por Ma. Vanessa dos Santos

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "População e comunidade"; Brasil Escola. Disponível em <https://brasilescola.uol.com.br/biologia/populacao-comunidade.htm>. Acesso em 12 de dezembro de 2018.

Assista às nossas videoaulas
loading...
Lista de Exercícios
Questão 1

Um estudante de Biologia pretende estudar uma espécie de planta que vive em uma região de serra de sua cidade. Os indivíduos dessa espécie, que são encontrados apenas nessa região, recebem a denominação de:

a) comunidade.

b) população.

c) biosfera.

d) sociedade.

e) colônia.

Questão 2

Uma população apresenta sempre um crescimento limitado, uma vez que uma grande quantidade de indivíduos pode prejudicar a captação de recursos. Entre os fatores expostos a seguir, qual promove o aumento de uma população?

a) Mortalidade.

b) Imigração.

c) Predação.

d) Emigração.

e) Competição intraespecífica.

Mais Questões
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola