Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Almeirão

O almeirão é um vegetal da família Asteraceae muito consumido em saladas e que se destaca por ser fonte de vitaminas, sais minerais e fibras.

O almeirão é uma planta da mesma família da alface.
O almeirão é uma planta da mesma família da alface.
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

Almeirão (Cichorium intybus) é uma hortaliça de sabor amargo que também é conhecida como chicória-amarga. Essa planta é muito utilizada in natura para preparação de saladas, porém também pode ser usada em pratos quentes.

É um vegetal rico em vitaminas, sais minerais e fibras, portanto, seu consumo traz muitos benefícios à saúde. A planta é considerada também medicinal, sendo usada na medicina popular para tratar problemas renais, hepáticos e perturbações estomacais.

Leia também: Agrião — vegetal muito nutritivo e de fácil cultivo

Tópicos deste artigo

Resumo sobre o almeirão

  • O almeirão é uma hortaliça folhosa pertencente à família Asteraceae.

  • Apresenta um sabor amargo pronunciado e é bastante usado em saladas.

  • Pode ser utilizado também em pratos quentes.

  • As folhas do almeirão são ricas em sais minerais, vitaminas A, C e do complexo B e fibras.

Características do almeirão

O almeirão (Cichorium intybus) é uma planta da família Asteraceae, a mesma família de plantas muito conhecidas, tais como os girassóis, crisântemos, margaridas, alface e alcachofra. Também conhecido como chicória-amarga, o almeirão é uma hortaliça folhosa de sabor amargo pronunciado originária da Europa Mediterrânea. Atualmente, o almeirão é cultivado em várias partes do mundo, existindo vários cultivares.

A espécie apresenta folhas simples alongadas e estreitas e seu sistema radicular é do tipo pivotante. Apresenta inflorescências em capítulos axilares de coloração azul-céu de grande beleza, o que faz com que a planta seja usada como ornamental em algumas regiões do mundo. O almeirão se desenvolve bem em temperaturas entre 12 °C e 24 °C e em solos férteis e bem drenados. A colheita acontece cerca de 50 dias após a semeadura durante o verão e cerca de 70 dias após a semeadura no inverno.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Como o almeirão é consumido?

As folhas de almeirão são consumidas, principalmente, cruas, sendo uma das hortaliças folhosas mais utilizadas em saladas. Para ser usada dessa forma, no entanto, é importante lavar adequadamente as folhas, deixando-as de molho por 20 minutos em solução formada por 1 litro de água filtrada e uma colher de sopa de hipoclorito de sódio. Após deixar as folhas de molho, é importante enxaguá-las adequadamente com água filtrada. Além da utilização da solução de hipoclorito, pode-se utilizar também produtos específicos para higienização de hortaliças, frutas e verduras.

Apesar de o consumo na forma de salada ser o mais comum, o almeirão é também um importante ingrediente utilizado no preparo de pratos quentes. O almeirão pode ser servido refogado, fazer parte do recheio de tortas e bolinhos e até mesmo ser preparado junto com feijão e arroz.

Engana-se quem pensa que apenas as folhas do almeirão são consumidas. Suas raízes são torradas e utilizadas em substituição ou como um aditivo ao café, principalmente na região da França. As possibilidades são muitas, assim como os benefícios que o consumo dessa planta pode gerar.

Xícara com café acompanhada de raiz de almeirão e flores roxas
A raiz de almeirão pode ser utilizada em substituição ou como um aditivo ao café.

Assim como outras hortaliças folhosas, o almeirão deve ser consumido rapidamente, uma vez que as folhas murcham e se tornam amareladas pouco tempo após a colheita. Na geladeira, se acondicionadas em sacos especiais para alimentos ou vasilhas de plástico fechadas, as folhas de almeirão permanecem adequadas para consumo por cerca de três dias.

Leia também: Alface — outra hortaliça de consumo difundido

Benefícios do almeirão

O almeirão é uma planta que apresenta propriedades nutricionais e também farmacológicas. Suas folhas são ricas em vitaminas A, B1, B2, B5 e C. Além disso, possui cálcio, potássio, fósforo, ferro e é rica em fibras.

No que diz respeito ao uso medicinal, suas folhas e raízes têm sido usadas na medicina popular como medicação diurética e laxativa. Além disso, é descrita por muitas pessoas como uma planta que ajuda a tratar problemas no fígado, perturbações estomacais e problemas renais.

 

Por Vanessa Sardinha dos Santos
Professora de Biologia

Escritor do artigo
Escrito por: Vanessa Sardinha dos Santos Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual de Goiás (2008) e mestrado em Biodiversidade Vegetal pela Universidade Federal de Goiás (2013). Atua como professora de Ciências e Biologia da Educação Básica desde 2008.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "Almeirão"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/saude/almeirao.htm. Acesso em 21 de abril de 2024.

De estudante para estudante