Topo
pesquisar

Como se prevenir de doenças virais

Saúde na escola

Para saber como se prevenir de doenças virais, é fundamental conhecer como as viroses são transmitidas. A dengue, por exemplo, é transmitida pela picada de um mosquito.
Doenças virais podem ser transmitidas de diversas formas.
Doenças virais podem ser transmitidas de diversas formas.
PUBLICIDADE

Prevenir-se de doenças virais não é uma tarefa fácil, uma vez que existem diversos vírus, os quais podem ser transmitidos de diferentes formas. Entretanto, algumas doenças relativamente comuns podem ser evitadas com medidas bastante simples.

Muitas das doenças causadas por vírus são transmitidas por meio do contato com secreções ou gotículas de saliva. Outras são transmitidas por vetores ou até mesmo por alimentos contaminados. Algumas recomendações gerais podem ser adotadas para a prevenção de doenças causadas por vírus.

Dicas para evitar doenças virais

  • Lavar sempre as mãos, principalmente antes de se alimentar e após ir ao banheiro.

  • Não compartilhar copos e talheres.

  • Lavar sempre os alimentos, dando atenção especial àqueles que serão consumidos in natura.

  • Alimentar-se apenas em locais que obedecem às normas da Vigilância Sanitária.

  • Utilizar camisinha em todas as relações sexuais para se prevenir de infecções transmitidas por meio da relação sexual, como a infecção por HIV.

  • Utilizar repelentes em áreas com grande quantidade de mosquitos, dando atenção especial às regiões que apresentam mosquitos Aedes aegypti.

  • Vacinar-se obedecendo às orientações dos calendários de vacinação. Uma grande variedade de doenças pode ser prevenida com a vacina, como a gripe, raiva, sarampo e catapora.

  • Evitar aglomerações de pessoas em épocas de surtos de determinadas doenças. Em surtos de gripe, por exemplo, deve-se evitar locais fechados e com muitas pessoas.

  • Evitar contato com pessoas doentes.

  • Alimentar-se bem e realizar exercícios físicos, pois esses hábitos estão relacionados com o fortalecimento do sistema imunológico.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Leia também: Vacinas que todas as crianças devem tomar

A vacina é uma das principais formas de prevenção de várias doenças virais.
A vacina é uma das principais formas de prevenção de várias doenças virais.

Doenças causadas por vírus

As doenças virais, também conhecidas como viroses, são causadas por vírus, como o próprio nome indica. Várias delas são muito comuns, como é o caso de gripes e resfriados. Outras, no entanto, são mais raras. Veja algumas doenças virais bastante conhecidas:

  • Gripe: é causada pelo influenza vírus e apresenta como sintomas febre, dores no corpo, nariz escorrendo ou congestionado, dores de garganta e cansaço.

A gripe é uma doença transmitida por vírus que pode causar febre e dores no corpo.
A gripe é uma doença transmitida por vírus que pode causar febre e dores no corpo.

  • Resfriado: é uma doença diferente da gripe, pois é causada por outros vírus, principalmente o rinovírus. No resfriado, temos como sintomas mais comuns a presença de coriza, espirros, tosse, dores de garganta e cansaço.

  • Aids: é uma doença causada pelo HIV (vírus da imunodeficiência humana), o qual ataca o sistema imunológico do indivíduo, deixando-o mais suscetível a doenças. Ser HIV positivo é diferente de ter Aids, uma vez que o termo Aids é utilizado para descrever a síndrome relacionada com a falência do sistema imunológico.

  • Dengue: é uma doença viral causada pelo arbovírus, sendo transmitida, nas Américas, por mosquitos Aedes aegypti. Na dengue clássica, temos como principais sintomas dor de cabeça, dor muscular, dor atrás dos olhos, dor nas articulações, febre, fadiga, vômitos e manchas na pele.

  • Febre amarela: é uma doença causada por um vírus do gênero Flavivirus, o qual é transmitido por vetores: os mosquitos do gênero Haemagogus, Sabethes e Aedes. Essa doença apresenta um ciclo silvestre e um urbano, os quais se diferenciam pelos seus vetores, hospedeiros vertebrados e o local de ocorrência. Os principais sintomas da Febra Amarela são dores de cabeça, icterícia (coloração amarelada na pele e mucosas), dores musculares, náuseas, vômito, febre e fadiga.

  • Raiva: é uma doença transmitida ao homem por meio, principalmente, da mordida de animais que estão infectados. Vale salientar, no entanto, que ela também pode ser transmitida por arranhadura e lambedura de animais. Seus sintomas inicialmente são pouco específicos, tais como dores de cabeça, náuseas, dor de garganta e irritabilidade. Com a progressão da doença, podem ser observados delírios, espasmos musculares, convulsão e dificuldade para engolir.

  • Catapora ou varicela: é transmitida por meio de gotículas respiratórias no ar, contato com a pele de pessoa doente ou com superfície contaminada e até durante a gravidez, parto ou amamentação. Os sintomas incluem febre, mal-estar, cansaço, falta de apetite e manchas vermelhas que provocam coceira e, posteriormente, tornam-se bolhas.

Leia também: Dicas para se prevenir da gripe H1N1

Sintomas de doenças virais

Doenças causadas por vírus costumam, geralmente, desencadear sintomas relativamente parecidos. Febre, cansaço e falta de apetite, por exemplo, são sintomas que costumam surgir em diversas doenças virais. É por isso que muitas vezes o médico pode suspeitar de uma virose mesmo sem um resultado de exames laboratoriais.

As viroses mais comuns são aquelas que afetam o sistema respiratório e digestório. Nas viroses respiratórias, costuma-se notar febre, tosse, falta de apetite, dor de garganta e obstrução nasal. Já nas viroses gastrointestinais, observam-se geralmente náusea, vômito, cólica, diarreia e dores abdominais. Nos dois casos, é comum o paciente queixar-se de mal-estar.

Tratamento de doenças virais

Várias doenças virais não apresentam tratamento específico, sendo usados, normalmente, apenas medicamentos para aliviar os sintomas da doença. Na grande maioria dos casos, o corpo consegue sozinho combater o vírus. Para isso, é necessário um sistema imunológico em pleno funcionamento. É por isso que os médicos costumam recomendar repouso, hidratação e alimentação saudável na maioria dos casos de doenças virais.

Repouso, hidratação e alimentação adequada configuram geralmente a recomendação médica em casos de doenças virais.
Repouso, hidratação e alimentação adequada configuram geralmente a recomendação médica em casos de doenças virais.

Das doenças virais que não possuem tratamento específico, podemos citar a dengue, caxumba, sarampo, catapora, resfriado, gripe, febre amarela e zika. Para passar a dor e a febre, nesses casos, são recomendados analgésicos e antitérmicos, que funcionam, como dito anteriormente, apenas para aliviar os sintomas e não para promover a cura.

Leia também: Como as grávidas podem prevenir-se do vírus zika?

Vale destacar que um sistema imunológico fortalecido é importante não só para o tratamento das doenças virais, mas também para a prevenção delas. Sendo assim, é fundamental adotar hábitos de vida saudáveis.

Por Ma. Vanessa Sardinha dos Santos

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "Como se prevenir de doenças virais"; Brasil Escola. Disponível em <https://brasilescola.uol.com.br/saude-na-escola/como-se-prevenir-doencas-virais.htm>. Acesso em 19 de abril de 2019.

O Aedes aegypti é o transmissor da febre amarela em áreas urbanas
Saúde na escola Febre amarela
Os sintomas da gripe são mais incapacitantes que os do resfriado.
Doenças e patologias Gripe
Pessoas acometidas pelo sarampo apresentam placas avermelhadas pelo corpo.
Doenças e patologias Sarampo
O mosquito transmissor da dengue (e também da febre amarela).
Doenças e patologias Dengue
Campanha de vacinação contra a poliomielite no Paquistão *
Doenças e patologias Poliomielite
O aumento do volume da região do pescoço é típico da caxumba.
Doenças e patologias Caxumba
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola