Topo
pesquisar

Montagem da fórmula das bases

Química

A montagem da fórmula das bases depende do conhecimento do cátion que está ligado ao ânion hidróxido, aspecto facilmente identificado no nome da base.
PUBLICIDADE

É importante que o estudante saiba realizar a montagem da fórmula das bases por se tratar de um aspecto muito requisitado na Química Inorgânica e no estudo de soluções, já que as bases são substâncias muito utilizadas em diversos processos químicos, como em reações de neutralização.

Para realizar a montagem da fórmula de uma base, é fundamental que saibamos quais são os componentes presentes em uma base, cuja fórmula geral é YOH, na qual:

  • Y é um cátion, que pode ser um metal qualquer ou o amônio (NH4+);

  • OH é o hidróxido, um ânion monovalente (OH-1).

Porém, para realizar a montagem da fórmula de uma base, devemos conhecer o seu nome, o qual é construído a partir da seguinte regra de nomenclatura:

Hidróxido + de + nome do elemento

Nessa regra, o termo hidróxido refere-se ao ânion OH, e o elemento é o cátion (carga do cátion depende sempre do nox do elemento) que o está acompanhando na fórmula da base.

Conhecendo o cátion (elemento) qualquer (Y+x) e o ânion hidróxido (OH-1), a montagem da fórmula da base dá-se pela inversão de suas cargas, de modo que a carga do cátion (+x) transforme-se no índice numérico (x) do ânion (após um parêntese) e que a carga do ânion (-1) transforme-se no índice numérico (1) do cátion.

Y+x + OH-1→ Y1(OH)x

Assim, fica evidente que o que difere uma base da outra é o elemento que acompanha o grupo OH e o índice numérico à frente deste grupo. A seguir, temos alguns exemplos da montagem da fórmula de bases:

1º Exemplo: Hidróxido de alumínio

Nessa base, temos os seguintes componentes:

  • o cátion alumínio (Al+3): o qual apresenta nox fixo +3, por estar localizado na família IIIA da tabela periódica;

  • o ânion hidróxido (OH-1): comum às bases inorgânicas.

Por fim, basta cruzar as cargas dos íons, de forma que o -1 do hidróxido seja o índice (1) do alumínio, e o +3 do alumínio seja o índice (3) da hidroxila, da seguinte forma:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Al1(OH)3 ou Al(OH)3

2º Exemplo: Hidróxido de cálcio

Nessa base, temos os seguintes componentes:

  • o cátion cálcio (Ca+2): o qual apresenta nox fixo +2, por estar localizado na família IIA (metais alcalinoterrosos) da tabela periódica;

  • o ânion hidróxido (OH-1): comum às bases inorgânicas.

Por fim, basta cruzar as cargas dos íons, de forma que o -1 do hidróxido seja o índice (1) do cálcio, e o +2 do cálcio seja o índice (2) da hidroxila, da seguinte forma:

Ca1(OH)2 ou Ca(OH)2

3º Exemplo: Hidróxido de ouro I

Nessa base, temos os seguintes componentes:

  • o cátion ouro I (Au+1): o qual apresenta nox +1, como está indicado no nome fornecido;

  • o ânion hidróxido (OH-1): comum às bases inorgânicas.

Por fim, basta cruzar as cargas dos íons, de forma que o -1 do hidróxido seja o índice (1) do ouro (Au), e o +1 do ouro seja o índice (1) da hidroxila, da seguinte forma:

Au1OH1 ou AuOH

4º Exemplo: Hidróxido de titânio IV

Nessa base, temos os seguintes componentes:

  • o cátion titânio IV (Zn+4): o qual apresenta nox +4, como está indicado no nome fornecido;

  • o ânion hidróxido (OH-1): comum às bases inorgânicas.

Por fim, basta cruzar as cargas dos íons, de forma que o -1 do hidróxido seja o índice (1) do titânio (Ti), e o +4 do titânio seja o índice (4) da hidroxila, da seguinte forma:

Ti1(OH)4 ou Ti(OH)4

5º Exemplo: Hidróxido de zinco

Nessa base, temos os seguintes componentes:

  • o cátion zinco (Zn+2): o qual apresenta nox fixo +2;

  • o ânion hidróxido (OH-1): comum às bases inorgânicas.

Por fim, basta cruzar as cargas dos íons, de forma que o -1 do hidróxido seja o índice (1) do zinco, e o +2 do zinco seja o índice (2) da hidroxila, da seguinte forma:

Zn1(OH)2 ou Zn(OH)2

Me. Diogo Lopes Dias

Fórmulas de algumas bases inorgânicas
Fórmulas de algumas bases inorgânicas

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

DIAS, Diogo Lopes. "Montagem da fórmula das bases"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/quimica/montagem-formula-das-bases.htm. Acesso em 14 de dezembro de 2019.

  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola