Topo
pesquisar
Texto-A+A

O que é um texto?

O que é Português?

Texto é uma unidade de sentido produzida por um autor e interpretada por um leitor.
Texto é tudo aquilo a que atribuímos um sentido ao ler e escrever.
Texto é tudo aquilo a que atribuímos um sentido ao ler e escrever.
PUBLICIDADE

A pergunta parece ingênua, mas você sabe o que é um texto? Passamos boa parte de nossos dias lendo os mais diversos textos, interpretando-os e reagindo a eles por meio de novos textos. Desde os textos mais corriqueiros, como placas de trânsito ou cumprimentos, até os mais elaborados, como as obras de arte ou tratados científicos, a humanidade lê e escreve textos. Mas, de fato, o que é um texto?

Significado

Definir o significado da expressão “texto” pode parecer tarefa simples. Entretanto, ainda há muitas discussões na Linguística (ciência que estuda a linguagem) acerca dessa definição, existindo diversas correntes que, cada uma a seu modo, classificam texto de uma maneira. De forma geral, é possível dizer que:

Texto é uma unidade de sentido produzida por um autor e interpretada por um leitor.

AUTOR → TEXTO → LEITOR

Partindo dessa definição, é possível dizer que texto é tudo aquilo a que atribuímos um sentido ao ler e escrever.

Leia também: Saiba quais são os 10 mandamentos de uma boa redação.

Videoaula: O que é um texto?

Carregando...

Origem

A origem do texto confunde-se com a origem do próprio homem, uma vez que a comunicação entre os seres humanos ocorre por meio de textos. O texto, portanto, nasce no momento em que um homem se comunica com o mundo ou com o outro. Vale a pena ressaltar, não obstante, a origem etimológica de texto: o termo do latim textus, de textum (tecido, entrelaçamento). O texto, portanto, seria o entrelaçamento de signos linguísticos, que, juntos, produzem sentido.

Uma redação escolar escrita de modo desconexo, com partes confusas ou inconclusivas, por exemplo, pode ser considerada um texto mal escrito, haja vista que a tessitura entre as palavras está falhando. Uma boa redação, por outro lado, deve ter coesão e coerência entre as palavras, orações, frases e parágrafos.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Características

Cada área da Linguística categoriza os textos de acordo com seu interesse de observação científica. Não obstante, para fins escolares de leitura e escrita, é possível organizar a infinita quantidade de textos existentes em alguns grupos, tais como literários ou não literários, verbais ou não verbais, ou ainda pertencentes a determinados tipos de gêneros ou a outros.

Veja também: Como melhorar a escrita?

Texto verbal e não verbal

Uma das possíveis divisões dadas aos textos é:

  • Texto verbal: tais textos são aqueles escritos com palavras. Todos os textos compostos por esse tipo de signo linguístico – feitos, portanto, em língua portuguesa, espanhol, francês etc., são considerados verbais.
  • Texto não verbal: por oposição, esses textos são aqueles produzidos sem palavras, usando significantes visuais (pinturas e fotografias, por exemplo) ou sonoros (tais como músicas instrumentais);
  • Texto misto: é importante lembrar que nem sempre os textos são apenas verbais ou não verbais. Na verdade, existem inúmeros textos que trazem elementos visuais e sonoros. Uma propaganda na televisão, por exemplo, costuma apresentar imagens e sons significativos, além de um conjunto de palavras que tentam convencer o espectador a comprar o que está se vendendo.

Texto literário e não literário

Outra forma de dividir os textos seria por meio do critério artístico. De um lado, há textos tradicionalmente literários, como romances, contos e poemas. De outro, um conjunto de produções eminentemente não literárias, como editoriais de jornais, anúncios de compra e venda ou tratados científicos.

Entretanto, nem sempre é tão simples dizer se um texto é literário ou não. O gênero textual crônica, por exemplo, não seria tradicionalmente literário. Mas há cronistas que usam de linguagem poética para produzir seus textos e, em muitos casos, há mesmo autores de literatura que também produziam crônicas. Carlos Drummond de Andrade, para citar um caso, passou a vida publicando crônicas e, atualmente, esses seus textos estão reunidos em livros que são, em grande medida, considerados literários.

Tipos e gêneros textuais

É possível classificar os textos por meio dos tipos e dos gêneros a que pertentem. Tipo ou tipologia textual são as diferentes formas que um texto pode apresentar-se. As principais tipologias são:

Os gêneros textuais, por outro lado, são categorias que reúnem textos com características semelhantes. Por exemplo, há diversos textos publicados por jornais para afirmar seus respectivos pontos de vista: a esse tipo de texto chamamos editorial. Em outro exemplo, existem inúmeros textos usados para vender ou comprar itens ou serviços: são os chamados anúncios. Seria impossível listar todos os gêneros que existem, mas vale a pena conhecer as características dos seguintes:

⇒ Gêneros literários

⇒ Gêneros não literários


Por Me. Fernando Marinho

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

MARINHO, Fernando. "O que é um texto?"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/o-que-e/portugues/o-que-e-um-texto.htm. Acesso em 22 de agosto de 2019.

  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola