Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Gênero literário novela

A novela é uma narrativa de extensão intermediária entre o conto e o romance. É um texto escrito em prosa, que apresenta tempo, espaço, enredo, narrador e personagens.

Leitores em diferentes posições, em alusão ao gênero novela.
O tamanho da narrativa é o que define uma novela.
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

Novela é um texto narrativo de tamanho intermediário entre o conto e o romance. Como qualquer narrativa, apresenta espaço, tempo, enredo, narrador e personagens. É um texto escrito em forma de prosa e, assim como o romance, pode ser monofônica, polifônica, aberta, fechada, linear, vertical e/ou psicológica. Contudo, devido à sua extensão, não apresenta o mesmo detalhamento do romance.

Leia também: O que é um conto fantástico?

Tópicos deste artigo

Resumo sobre o gênero novela

  • A novela é um subgênero literário de caráter narrativo, de extensão intermediária entre o conto e o romance.

  • Narrativa escrita em prosa, a novela apresenta ação, tempo, espaço, personagens e narrador.

  • Novelas podem ser monofônicas, polifônicas, abertas, fechadas, lineares, verticais e/ou psicológicas.

  • Por ser mais extenso do que uma novela, o romance permite maior aprofundamento temático.

O que é uma novela na literatura?

A novela é um subgênero literário, pois faz parte do gênero narrativo. Configura-se em um relato maior do que o conto e menor do que o romance. É, portanto, uma narrativa de extensão intermediária entre esses outros dois subgêneros.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Características e estrutura do gênero novela

A novela é uma narrativa escrita em forma de prosa e apresenta os seguintes elementos:

  • espaço;

  • tempo;

  • personagens;

  • enredo;

  • narrador.

Veja também: Afinal, qual é a diferença entre poesia, poema e prosa?

Tipos de novela

A novela, assim como o romance, pode ser uma narrativa:

  • monofônica: com foco em um personagem central;

  • polifônica: com foco em mais de um personagem;

  • fechada: enredo concluído, sem espaço para maiores interpretações;

  • aberta: enredo não concluído ou presença de elementos que dependem da interpretação do(a) leitor(a);

  • linear: enfoque na ação e não na análise dos fatos;

  • vertical: enfoque na análise dos fatos e não na ação;

  • psicológica: predomina o fluxo de consciência.

Exemplos de novelas literárias brasileiras

NOVELA

AUTORIA

Noite na taverna

Álvares de Azevedo

A pata da gazela

José de Alencar

O alienista

Machado de Assis

O subterrâneo do Morro do Castelo

Lima Barreto

A hora e vez de Augusto Matraga

João Guimarães Rosa

A obscena Senhora D.

Hilda Hilst

A hora da estrela

Clarice Lispector

Pela noite

Caio Fernando Abreu

Saiba mais: Epopeia — uma narrativa contada em versos

Qual a diferença entre novela e romance?

O romance é uma narrativa mais extensa do que a novela. Portanto, ele pode apresentar enredo e personagens mais complexos. Segundo Márcia Abreu, doutora em Teoria e História Literária, a novela é um

[...] texto de média extensão, no qual haveria predominância do evento, ao contrário do “romance”, texto longo em que haveria um maior detalhamento do universo em que vivem as personagens, com espaço para tramas secundárias e paralelas, inexistentes nas novelas. Ainda segundo essa perspectiva, o “conto” seria uma narrativa ainda mais curta e sintética, em que um único conflito seria desenvolvido.

Desse modo, a novela estaria mais centrada no “evento”, ou seja, no fato principal, e caberia ao romance o “detalhamento”, além da elaboração de “tramas secundárias e paralelas”. Assim, fica evidente que a dimensão da narrativa de uma novela acaba limitando as possibilidades do enredo.

Autores brasileiros famosos do gênero novela

  • José de Alencar (1829-1877)

  • Álvares de Azevedo (1831-1852)

  • Machado de Assis (1839-1908)

  • Lima Barreto (1881-1922)

  • João Guimarães Rosa (1908-1967)

  • Clarice Lispector (1920-1977)

  • Hilda Hilst (1930-2004)

  • Caio Fernando Abreu (1948-1996)

Fontes:

ABREU, Márcia. Novela, conto ou romance: designações da prosa de ficção na Europa e no Brasil do século XIX. In: CHAVES, Vania Pinheiro et al. (org.). Caminhos cruzados: os portugueses e Portugal na ficção brasileira. Lisboa: CLEPUL, 2021.

GOULART, Audemaro Taranto; SILVA, Oscar Vieira da. Introdução ao estudo da literatura. Belo Horizonte: Lê, 1994.

MOISÉS, Massaud. A criação literária: introdução à problemática da literatura. São Paulo: Melhoramentos, 1973.

OLIVEIRA, Peterson José de. Novela: um gênero polêmico. Albuquerque, Campo Grande, v. 2, n. 3, p. 135-153, jan./ jun. 2010.

Escritor do artigo
Escrito por: Warley Souza Professor de Português e Literatura, com licenciatura e mestrado em Letras pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SOUZA, Warley. "Gênero literário novela"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/literatura/caracteristicas-genero-literario-novela.htm. Acesso em 18 de maio de 2024.

De estudante para estudante