Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

História da arte

História da arte é a vertente histórica voltada para o estudo das representações artísticas realizadas desde a Pré-História até a Idade Contemporânea.

Guernica, de Pablo Picasso, é um exemplo da arte contemporânea, um dos períodos da história da arte.
Guernica, de Pablo Picasso, é um exemplo da arte contemporânea.[1]
Imprimir
Texto:
A+
A-

PUBLICIDADE

História da arte é a vertente histórica voltada para o estudo das representações artísticas realizadas desde a Pré-História até a Idade Contemporânea. A arte surgiu nos primórdios da humanidade e encontrou expressão inicial nas pinturas rupestres e esculturas da Pré-História, revelando a capacidade única dos seres humanos de comunicar emoções e experiências por meio de formas simbólicas. Ao longo dos períodos da história, testemunhamos uma evolução que abrangeu diversas culturas e movimentos. Nesse sentido, os períodos da história da arte são:

  • arte pré-histórica;
  • arte antiga;
  • arte medieval;
  • arte renascentista;
  • arte pré-colombiana;
  • arte moderna;
  • arte contemporânea.

No contexto brasileiro, a história da arte reflete uma trajetória marcada pela diversidade cultural, desde a predominância da arte sacra, no período colonial, até a busca por uma identidade artística própria ao longo dos séculos.

Leia também: Qual é a história da fotografia?

Tópicos deste artigo

Resumo sobre a história da arte

  • História da arte é a vertente histórica voltada para o estudo das representações artísticas realizadas desde a Pré-História até a Idade Contemporânea.
  • A arte emergiu nos primórdios da humanidade, expressando emoções e experiências por meio de formas simbólicas, inicialmente evidenciadas nas pinturas rupestres e esculturas da Pré-História.
  • A arte evolui desde a Pré-História até a contemporaneidade, abrangendo a diversidade cultural, como a arte sacra medieval, o renascimento italiano e a expressão única das civilizações pré-colombianas.
  • Os períodos da história da arte são:
    • arte pré-histórica;
    • arte antiga;
    • arte medieval;
    • arte renascentista;
    • arte pré-colombiana;
    • arte moderna;
    • arte contemporânea.
  • A história da arte no Brasil reflete a diversidade cultural influenciada pela colonização, destacando o predomínio da arte sacra, no período colonial, e a busca por uma identidade própria ao longo dos séculos.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Qual a origem da arte?

A origem da arte remonta aos primórdios da humanidade, refletindo a capacidade única dos seres humanos de expressar emoções, pensamentos e experiências por meio de formas simbólicas. Ao longo da história, a arte passou por diversas transformações, refletindo as mudanças sociais, culturais e tecnológicas das civilizações.

Períodos da história da arte

História da arte é a vertente histórica voltada para o estudo das representações artísticas realizadas desde a Pré-História até a Idade Contemporânea. Os períodos da história da arte são: arte pré-histórica; arte antiga; arte medieval; arte renascentista; arte pré-colombiana; arte moderna; arte contemporânea. A seguir, você conhecerá as principais características desses períodos.

→ Arte pré-histórica

A Caverna de Altamira, na Espanha, é um exemplo de arte na Pré-História, um dos períodos da história da arte.
A Caverna de Altamira, na Espanha, com pinturas rupestres, é um exemplo de arte na Pré-História.[2]

A arte na Pré-História foi marcada por pinturas rupestres, esculturas e objetos utilitários decorados, evidenciando a busca do homem pré-histórico por representar seu cotidiano, suas crenças e sua relação com a natureza.

As cavernas de Altamira, na Espanha, por exemplo, abrigam algumas das mais antigas pinturas rupestres conhecidas, datadas de cerca de 15.000 a.C. A arte desse período era fortemente influenciada pelas necessidades práticas da sobrevivência mas também expressava uma crescente consciência simbólica. Para saber mais sobre a arte na Pré-História, clique aqui.

→ Arte antiga

“Discóbolo de Míron”, obra de arte grega, é um exemplo de arte na Antiguidade, um dos períodos da história da arte.
O Discóbolo de Míron, uma das mais importantes obras da arte grega, é um exemplo de arte na Antiguidade.[3]

A arte antiga é diversificada, refletindo as ricas culturas de civilizações como os egípcios, gregos e romanos. No Egito, as pirâmides e as esculturas dos faraós representavam a crença na vida após a morte e a importância dos líderes. Na Grécia Antiga, a escultura buscava capturar a perfeição estética e representar a divindade, enquanto os romanos eram conhecidos por sua arquitetura grandiosa e mosaicos elaborados.

→ Arte medieval

Arte carolíngia da Alta Idade Média, um exemplo de arte medieval, um dos períodos da história da arte.
A arte carolíngia da Alta Idade Média é um exemplo de arte medieval.

A arte medieval foi fortemente marcada pela influência da Igreja Católica. Isso porque a Idade Média foi um período de grande influência do catolicismo na Europa, e a arte medieval refletiu essa orientação religiosa. As igrejas góticas eram adornadas com vitrais representando histórias bíblicas, e manuscritos iluminados eram comuns. A arte medieval também incluiu a produção de tapeçarias, vitrais e esculturas que narravam eventos religiosos.

Veja também: Arte gótica — um dos principais estilos da arte medieval

→ Arte renascentista

“A criação de Adão”, de Michelangelo, é um exemplo de arte renascentista, um dos períodos da história da arte.
A criação de Adão, de Michelangelo, é um exemplo de arte renascentista.

A arte renascentista foi marcada pela retomada de elementos da Antiguidade Clássica. Isso porque o renascimento, surgido na Itália no século XIV, foi um movimento artístico e cultural que buscou reviver os valores da Antiguidade Clássica. Artistas como Leonardo da Vinci, Michelangelo e Rafael buscaram retratar a beleza humana de maneira mais naturalista, influenciando a pintura, escultura e arquitetura. A perspectiva, a anatomia e o uso da luz e sombra foram elementos fundamentais dessa época.

→ Arte pré-colombiana

A escultura olmeca em La Venta é um exemplo de arte pré-colombiana, um dos períodos da história da arte.
A escultura olmeca em La Venta é um exemplo de arte pré-colombiana.[4]

A arte pré-colombiana é caracterizada por formas únicas de expressão artística. A América antes da chegada de Cristóvão Colombo possuía uma rica tradição artística, e civilizações como os maias, astecas e incas desenvolveram esculturas, cerâmicas e murais. A iconografia dessas culturas, muitas vezes, estava relacionada a crenças religiosas e mitológicas, representando deuses, rituais e narrativas mitológicas.

→ Arte moderna

“Mulheres no jardim”, de Claude Monet, é um exemplo de arte moderna, um dos períodos da história da arte.
Mulheres no jardim, de Claude Monet, é um exemplo de arte moderna.

A arte moderna é um movimento artístico que se desenvolveu aproximadamente no final do século XIX até meados do século XX. Ela rompeu com as tradições artísticas estabelecidas, buscando novas formas de expressão e experimentação estética. A seguir, você conhecerá alguns dos principais representantes dela, com algumas de suas obras mais significativas e contribuições deixadas por eles.

◦ Principais representantes da arte moderna

  • Claude Monet (1840-1926):
    • Principais obras: Impression, Sunrise, Nenúfares, a série Catedral de Rouen.
    • Contribuição: Monet foi um dos fundadores do impressionismo, movimento que enfatizou a captura de efeitos atmosféricos e luz natural.
  • Vincent van Gogh (1853-1890):
    • Principais obras: Noite estrelada, Girassóis, Quarto em Arles.
    • Contribuição: Van Gogh é conhecido por seu estilo único e expressivo, caracterizado por pinceladas visíveis e uso vibrante de cores.
  • Pablo Picasso (1881-1973):
    • Principais obras: Les demoiselles d’Avignon, Guernica, A senhora de azul.
    • Contribuição: Picasso foi uma figura central no cubismo, que representou objetos de diferentes perspectivas simultaneamente.
  • Henri Matisse (1869-1954):
    • Principais obras: Alegria de viver, A dança, A janela aberta.
    • Contribuição: Matisse foi um líder do fauvismo, caracterizado pelo uso ousado e não naturalista das cores.
  • Wassily Kandinsky (1866-1944):
    • Principais obras: Composição VII, Amarelo-vermelho-azul, Improvisação 28.
    • Contribuição: Kandinsky é considerado um dos pioneiros da arte abstrata, explorando formas não representacionais e a espiritualidade na arte.
  • Marcel Duchamp (1887-1968):
    • Principais obras: A fonte, Roda de bicicleta, Nu descendo a escada, Nº 2.
    • Contribuição: Duchamp desafiou as convenções artísticas ao introduzir a ideia de ready-made (algo que já está pronto sendo usado como matéria-prima de algo artístico) e questionar a definição tradicional de arte.
  • Salvador Dalí (1904-1989):
    • Principais obras: A persistência da memória, A última ceia, A tentação de Santo Antônio.
    • Contribuição: Dalí foi um líder do surrealismo, explorando o subconsciente e o irracional em suas pinturas.

→ Arte contemporânea

O século XX trouxe uma explosão de experimentação e diversidade na arte, caracterizando o movimento da arte contemporânea. Movimentos como cubismo, surrealismo, pop art e expressionismo abstrato desafiaram as convenções tradicionais, explorando novas formas de expressão. A tecnologia também desempenhou um papel significativo, com a arte digital e a instalação ganhando destaque.

A arte contemporânea é um período amplo e diversificado que abrange a segunda metade do século XX até os dias atuais. Diferentemente dos movimentos artísticos anteriores, não há um estilo dominante na arte contemporânea, pois os artistas exploram uma ampla variedade de técnicas, mídias e conceitos. A seguir, você conhecerá alguns dos principais representantes, obras e conceitos-chaves da arte contemporânea.

◦ Principais representante da arte contemporânea

“Campbell’s soup cans”, de Andy Warhol, é um exemplo de arte contemporânea, um dos períodos da história da arte.
Campbell’s soup cans, de Andy Warhol, é um exemplo de arte contemporânea.[5]
  • Andy Warhol (1928-1987):
    • Principais obras: Marilyn diptych, Campbell’s soup cans, Brillo boxes.
    • Conceitos: Warhol foi um ícone da pop art, que celebra a cultura popular e critica a sociedade de consumo.
  • Yayoi Kusama (1929-):
    • Principais obras: Infinity mirror rooms, Polka dot art, Pumpkin.
    • Conceitos: Kusama é conhecida por suas instalações imersivas e padrões repetitivos, explorando a obscuridade e a infinitude.
  • Jean-Michel Basquiat (1960-1988):
    • Principais obras: Untitled (1981), Boy and dog in a johnnypump, Irony of negro policeman.
    • Conceitos: Basquiat emergiu da cena do graffiti e explorou temas como raça, cultura e identidade em sua obra.
  • Ai Weiwei (1957-):
    • Principais obras: Sunflower seeds, Coluna de bicicletas, Remembering.
    • Conceitos: Ai Weiwei aborda questões sociais e políticas, frequentemente desafiando o governo chinês em suas obras.
  • Cindy Sherman (1954-):
    • Principais obras: série Untitled film stills, History portraits, Society portraits.
    • Conceitos: Sherman é conhecida por suas fotografias autorretratadas que questionam identidade, gênero e representação na mídia.

◦ Conceitos e tendências da arte contemporânea

  • Arte conceitual: artistas como Joseph Kosuth e Sol LeWitt introduziram a ideia de que o conceito por trás de uma obra de arte é tão importante quanto a própria realização visual.
  • Instalação e arte ambiental: artistas contemporâneos frequentemente criam instalações imersivas que transformam o espaço do espectador, como as obras de Olafur Eliasson.
  • Arte pós-minimalista: artistas como Eva Hesse exploram formas escultóricas e materiais inovadores, expandindo as ideias do minimalismo.
  • Arte feminista: o movimento feminista influenciou muitas artistas contemporâneas, como Judy Chicago, que criou a monumental obra The dinner party.
  • Arte digital e tecnológica: artistas como Nam June Paik foram pioneiras na incorporação de tecnologia na arte, enquanto outros exploram as interseções entre arte e ciência.
  • Arte global e pós-colonial: artistas contemporâneos frequentemente abordam questões relacionadas à globalização, migração e pós-colonialismo, como a obra de Shirin Neshat.
  • Arte ambiental e sustentabilidade: artistas como Christo e Jeanne-Claude envolvem o ambiente natural em suas obras, enquanto outros exploram questões de sustentabilidade.

História da arte no Brasil

Esculturas de Aleijadinho, um exemplo da arte no Brasil, estudada pela história da arte.
As manifestações artísticas do Brasil Colônia foram influenciadas pela religiosidade da época.

A história da arte no Brasil foi marcada por uma diversidade cultural influenciada pela colonização portuguesa, pela presença de povos indígenas e pela contribuição africana. No período colonial, a arte sacra predominava, com igrejas ornamentadas por talha dourada e pinturas que refletiam a religiosidade da época. Com o passar dos séculos, artistas brasileiros buscaram desenvolver uma identidade artística própria, influenciada por movimentos como o modernismo.

Curiosidades sobre a arte

Bloco de pedra lápis-lazúli, um importante elemento da história da arte.
Bloco de pedra lápis-lazúli.
  • O cubismo e o tempo: Pablo Picasso, um dos fundadores do cubismo, afirmou que a arte é uma mentira que nos permite compreender a verdade. Essa perspectiva única permitiu a representação simultânea de diferentes pontos de vista em uma única obra.
  • Arte rupestre subaquática: além das pinturas rupestres em cavernas, foram descobertas evidências de arte rupestre subaquática em locais como a caverna Cosquer, na França, sugerindo que nossos antepassados também expressavam sua criatividade sob a água.
  • A maior obra de arte do mundo: a Grande Muralha da China é frequentemente considerada a maior obra de arte do mundo. Sua construção foi um esforço monumental que durou séculos e reflete a engenhosidade arquitetônica dos chineses antigos.
  • O poder da cor azul: durante muito tempo, a cor azul foi difícil de ser obtida e, portanto, era associada a estatutos elevados. O pigmento azul ultramarino, feito da pedra lápis-lazúli, era extremamente caro e reservado para obras importantes e para a vestimenta de figuras de destaque na sociedade.
  • Arte efêmera: algumas formas de arte são efêmeras e destinadas a desaparecerem com o tempo. Exemplos incluem esculturas de areia, pinturas em areia e algumas instalações artísticas que são temporárias por natureza.

Acesse também: Qual é a história da literatura?

Exercícios resolvidos sobre a história da arte

Questão 1

A origem da arte remonta aos primórdios da humanidade, sendo inicialmente evidenciada por pinturas rupestres e esculturas na Pré-História. Qual característica marcante da arte pré-histórica revela a capacidade dos seres humanos de se expressarem artisticamente?

A) Utilização intensiva de cores vibrantes.

B) Representação abstrata de emoções.

C) Uso de materiais modernos.

D) Foco na simetria perfeita.

E) Busca por representar o cotidiano e a relação com a natureza.

Resolução:

Alternativa E

A arte pré-histórica foi fortemente influenciada pela representação do cotidiano e da relação do humano com a natureza, como evidenciado pelas pinturas rupestres e esculturas. Essa característica reflete a busca pela expressão simbólica das experiências humanas na Pré-História.

Questão 2

A arte contemporânea no século XX caracterizou-se por uma explosão de diversidade e experimentação, desafiando convenções tradicionais. Diante desse contexto, qual movimento artístico do século XX foi marcado por representações simultâneas de diferentes perspectivas, como afirmado por Pablo Picasso?

A) Impressionismo

B) Cubismo

C) Surrealismo

D) Expressionismo abstrato

E) Pop art

Resolução:

Alternativa B

O cubismo, liderado por artistas como Pablo Picasso, buscou representar simultaneamente diferentes perspectivas em uma única obra. Essa abordagem única do movimento é exemplificada pela desconstrução e reconstrução de formas, desafiando as convenções artísticas tradicionais.

Créditos de imagem

[1]Papamanila / Wikimedia Commons (reprodução)

[2]Yvon Fruneau / Unesco / Wikimedia Commons (reprodução)

[3]Matthias Kabel / Wikimedia Commons (reprodução)

[4]Glysiak / Wikimedia Commons (reprodução)

[5]Peloponnesian Folklore Foundation / Wikimedia Commons (reprodução)

[6]Wikimedia Commons (reprodução)

Fontes

GOMBRICH, E. H. A História da Arte. São Paulo: LTC, 2018.

MAIOR, F. S. O Livro da Arte. São Paulo: Globo Livros, 2019.

Escritor do artigo
Escrito por: Tiago Soares Campos Bacharel, licenciado e doutorando em História pela USP. Bacharel em Direito e pós-graduado em Direito pela PUC. É professor de História e autor de materiais didáticos há mais de 15 anos.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

CAMPOS, Tiago Soares. "História da arte"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/historiag/historia-da-arte.htm. Acesso em 20 de maio de 2024.

Artigos História da arte


A Arte Barroca na pintura

Foi na Arte barroca, ou seja, na pintura, que o Barroco encontrou a melhor forma de expressão.
História Geral

A Arte Bizantina

Arte bizantina, contexto historico arte bizantina, os principais fatos e acontecimentos que compôs o contexto histórico da arte bizantina.
História Geral

A Arte e Michelangelo

A Arte e Michelangelo, Humanismo, Renascimento, Michelangelo, Transição, Manifestação, Política, Cultura , Arte.
História Geral

A Arte Mesopotâmica

A Arte Mesopotâmica, como era constituida a Arte Mesopotâmica, a participação da Arte Mesopotâmica na história da arte.
História Geral

A Arte Persa

A arte persa sofreu grande influência da arte mesopotâmica e egípcia, mas na arquitetura contou com a originalidade do Império Persa.
História Geral

A preponderância religiosa na Arte Bizantina

A preponderância religiosa na Arte Bizantina expressou toda suntuosidade do período.
História Geral

Academicismo

Academicismo, o academicismo, história da arte, pintura, técnicas, estilos, esculturas, modelagem, entalhe, construção.
História Geral

Arte barroca

Saiba mais sobre as concepções e o período em que a arte barroca se desenvolveu.
História Geral

Arte cristã primitiva: a fase catacumbária

Saiba mais sobre o contexto de desenvolvimento da arte cristã primitiva na fase catacumbária.
História Geral

Arte e História no estudo das sociedades

Conheça algumas possibilidades de estudo do passado através da ligação entre Arte e História.
História Geral

Arte egípcia

Clique aqui e saiba tudo sobre a arte egípcia, uma arte que, até hoje, encanta e causa admiração devido à sua grandiosidade.
História Geral

Arte Gótica

Saiba mais sobre a Arte Gótica e suas principais características.
História Geral

Arte na Pré-História

Clique para saber mais a respeito da arte na Pré-História. Entenda o que era, como era produzida, qual era o seu propósito e os principais exemplos conhecidos.
História Geral

Arte romana

Clique aqui e saiba como é a arte romana. Conheça suas principais características e veja como ela influenciou o mundo atual.
História Geral

Artistas do Renascimento

Saiba como o Renascimento Cultural e Artístico transformou as formas de abordar a arte, dando ênfase aos princípios matemáticos, à perspectiva, harmonia e equilíbrio.
História Geral

As características do Art Nouveau

As manifestações desse estilo e suas principais características.
História Geral

As origens do Art Nouveau

Os valores e polêmicas que influenciaram o nascimento do Art Nouveau.
História Geral

O gótico alemão

Uma variação do gótico tomado por suas particularidades.
História Geral

Os vitrais góticos

O processo de fabricação desse exuberante elemento da arquitetura medieval.
História Geral

Rococó

Conheça as principais características do estilo rococó. Saiba quais são seus principais artistas e obras e descubra o que diferencia o rococó do barroco.
História Geral

Santuário de Stonehenge

Um dos principais monumentos do Neolítico, o santuário de Stonehenge é hoje um dos principais pontos turísticos da Inglaterra.
História Geral

Surrealismo

Saiba quais são as características do surrealismo. Conheça os principais artistas desse movimento de vanguarda e veja como ele influenciou artistas brasileiros.
História Geral

PUBLICIDADE