Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Para mim ou para eu?

“Para mim” e “para eu” são expressões que estão corretas, mas que são usadas em situações diferentes.

Imagem explicando quando usar “para mim” e “para eu” e mostrando um exemplo de uso de cada um.
As expressões “para mim” e “para eu” são usadas em construções gramaticais diferentes.
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

Para mim ou para eu? “Para mim” e “para eu” são expressões que têm um significado parecido, mas não exatamente igual, sendo usadas em momentos diferentes. Enquanto em “para mim” a pessoa sofre a ação do verbo, em “para eu” ela realiza a ação do verbo.

Leia também: A fim ou afim — qual é a diferença?

Tópicos deste artigo

Resumo sobre “para mim” e “para eu”

  • “Para mim” e “para eu” são expressões que estão corretas, mas são usadas em construções gramaticais diferentes.

  • “Para mim” apresenta o pronome pessoal do caso oblíquo “mim”, usado como objeto do verbo, ou seja, quando a 1ª pessoa sofre a ação do verbo.

  • “Para eu” apresenta o pronome pessoal do caso reto “eu”, usado como sujeito do verbo, ou seja, quando a 1ª pessoa realiza a ação do verbo.

Videoaula: Para eu ou para mim?

Para mim” ou “para eu”: qual o certo?

É muito comum haver dúvida entre o uso das expressões “para mim” e “para eu”. As duas expressões estão corretas, mas são usadas em contextos diferentes. A palavra “mim” é um pronome pessoal do caso oblíquo, sendo usada apenas como objeto da oração, ou seja, quando não realiza a ação do verbo. Já a palavra “eu” é um pronome pessoal do caso reto, sendo usada como sujeito da oração, ou seja, quando realiza a ação do verbo. Veja:

Expressão

Explicação

Exemplo

para mim

“mim” funciona como objeto do verbo anterior

Ele falou para mim.

para eu

“eu” funciona como sujeito do verbo seguinte

Ele falou para eu fazer aquilo.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

No primeiro exemplo, “mim” é objeto do verbo “falar”:

sujeito + verbo + objeto

Ele falou para mim.

No segundo exemplo, a expressão “para eu fazer aquilo” é objeto do verbo “falou”; porém, dentro dessa expressão isoladamente, a palavra “eu” exerce função de sujeito do verbo “fazer”; portanto, usa-se o pronome pessoal do caso reto, o tipo de pronome que exerce função de sujeito, que realiza a ação do verbo:

sujeito + verbo + objeto

Ele falou para eu fazer aquilo.

Veja também: Senão ou se não — como e quando usar?

Usos de “para mim”

A expressão “para mim” é usada quando a 1ª pessoa do singular é objeto da ação do verbo, ou seja, sofre a ação expressa pelo verbo, ao invés de realizá-la. Também é usada para, isoladamente na oração, expressar uma opinião ou um ponto de vista de quem fala. Veja alguns exemplos:

Ele comprou um livro para mim.

Este bolo é para mim.

Este lugar tem um significado especial para mim.

Falar em público é fácil para mim.

Para mim, é importante passar tempo com a família.

Usos de “para eu”

A expressão “para eu” é usada quando a 1ª pessoa do singular é sujeito da ação do verbo, ou seja, realiza a ação expressa pelo verbo, que geralmente aparece logo depois do pronome. Veja alguns exemplos:

Ele comprou o livro para eu ler durante as férias.

Este bolo é para eu comer mais tarde.

Ela deixou um recado para eu ver assim que acordasse.

O objetivo é para eu melhorar minhas habilidades de comunicação.

Para eu fazer isso, precisa tirar toda a minha paciência.

Fontes

AZEREDO, José Carlos de. Gramática Houaiss da Língua Portuguesa. São Paulo: Parábola, 2021.

BECHARA, Evanildo. Moderna Gramática Portuguesa. 38ª ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2015.

CEGALLA, Domingos Paschoal. Novíssima Gramática da Língua Portuguesa. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 2020.

CUNHA, Celso; CINTRA, Lindley. Nova Gramática do Português Contemporâneo. 7ª ed. Rio de Janeiro: Lexikon, 2016.

Escritor do artigo
Escrito por: Guilherme Viana Escritor oficial Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

VIANA, Guilherme. "Para mim ou para eu?"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/gramatica/para-mim-ou-para-eu.htm. Acesso em 22 de julho de 2024.

De estudante para estudante


Videoaulas


Lista de exercícios


Exercício 1

Complete as lacunas com “eu” ou “mim”:

I. Eles partiram antes de _____.

II. Eles partiram antes de _____ partir.

III. Há alguma coisa para _____ fazer?

IV. Para _____, a seleção brasileira é a favorita.

V. Preciso de férias para _____ viajar.

a) mim – eu – eu – mim – eu

b) mim – eu – mim – mim – mim

c) eu – mim – eu – mim – mim

d) mim – mim – mim – eu – eu 

Exercício 2

Pra mim brincar

Não há nada mais gostoso do que o mim sujeito de verbo no infinito. Pra mim brincar. As cariocas que não sabem gramática falam assim. Todos os brasileiros deviam de querer falar como as cariocas que não sabem gramática.

As palavras mais feias da língua portuguesa são quiçá, alhures e miúde.

(BANDEIRA, Manuel. Seleta em prosa e verso. Org: Emanuel de Moraes.4. ed. Rio de Janeiro: José Olympio, 1986. P. 19)

Sobre o texto de Manuel Bandeira, é incorreto afirmar que

a) O poeta desconhece a correta colocação dos pronomes “mim” e “eu”.

b) Poeta cuja obra situa-se cronológica e ideologicamente no movimento Modernista, Manuel Bandeira, assim como outros colegas modernistas, pensava a língua portuguesa como um instrumento a favor da construção da identidade cultural brasileira.

c) Apesar de conhecer as normas que regem a colocação pronominal, prefere o português que emprega o “mim” como sujeito antes de um verbo no infinitivo por acreditar que essa construção seja mais eufônica.

d) É possível observar que o poeta conhece a sintaxe dos pronomes quando ele relaciona o erro citado (mim antes do verbo no infinitivo) às cariocas que não sabem gramática.

Artigos Relacionados


10 dicas para evitar erros comuns de português

Veja 10 dicas para evitar erros comuns de português. Saiba o que fazer quando tiver dúvidas sobre a grafia das palavras e quais regras você deve conhecer.
Redação

A fim ou afim?

Acesse para saber diferenciar definitivamente o uso de “afim” e “a fim”. Evite dúvidas ortográficas e constrangimentos em textos escritos.
Gramática

A nível de ou em nível de?

Você sabe qual expressão está correta? Saiba mais aqui, é só clicar!
Gramática

A ou há?

Entenda quando utilizar “a” e quando utilizar “há”. Aprenda a identificar seus usos e a não cometer erros muito comuns.
Gramática

A par ou ao par?

A par ou ao par, apesar de semelhantes, possuem significados distintos, portanto, são aplicáveis em circunstâncias comunicativas específicas.
Gramática

Abaixo ou a baixo?

Clique aqui, saiba quando usar as expressões “abaixo” e “a baixo” e entenda a diferença entre os termos “abaixar” e “baixar”.
Gramática

Cinco erros gramaticais que ninguém deveria cometer!

Dicas de português: Cinco erros gramaticais que ninguém deveria cometer!
Gramática

Colocação pronominal

Clique aqui e saiba o que é colocação pronominal. Conheça seus tipos e veja exemplos.
Gramática

Entre eu e você ou entre mim e você?

Clique aqui e saiba qual expressão é a correta!
Gramática

Os cinco erros mais cometidos por redatores

Dicas de português: Clique e conheça os cinco erros mais cometidos por redatores profissionais.
Gramática