Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

A ou há?

Gramática

PUBLICIDADE

As palavras e a são homófonas (isto é, possuem grafia e significados diferentes, mas são pronunciadas da mesma forma). Isso gera muitas dúvidas de ortografia: quando utilizar uma e quando utilizar a outra? Veja a seguir alguns casos.

Quando se usa ?

A palavra é uma conjugação do verbo “haver quando este é impessoal, por isso seus significados mais comuns são no sentido de “existir” (nesse sentido, “ter”) ou, no caso de tempo decorrido, “fazer”. Se você substituir o verbo por um dos verbos citados acima e isso não alterar o sentido da frase, você já sabe qual a forma correta de escrever.

Veja alguns exemplos:

  • A meteorologista disse que muita probabilidade de chuva amanhã.
    (A meteorologista disse que existe muita probabilidade de chuva amanhã.)
     
  • vários livros no meu quarto.
    (Tem vários livros no meu quarto.)
     
  • Não nos vemos muitos anos.
    (Não nos vemos faz muitos anos.)

Leia também: A pouco tempo ou há pouco tempo?

O uso de “há” e “a” pode gerar muitas dúvidas.
O uso de “há” e “a” pode gerar muitas dúvidas.

Quando se usa a?

A palavra “a” pode ter diversas classificações dependendo do contexto. Costuma estar em várias locuções e, por isso, seu uso é muito versátil.

Usamos “a” como artigo definido feminino singular, ou seja, para especificar um substantivo feminino em determinado contexto. Já as preposições conectam uma palavra a outra, gerando sentido e estabelecendo uma relação de dependência entre elas. A preposição “a” costuma ser regida por alguns verbos, isto é, eles necessitam dessa preposição para que o enunciado tenha sentido.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Além dos verbos, muitas vezes a preposição “a” aparece em locuções, que são duas ou mais palavras com a mesma função, cujo sentido surge a partir da junção desses termos, e não da palavra isolada.

Quando não há sentido de “existir” ou de tempo passado, use a palavra “a”.

Observe os exemplos a seguir:

  • Estivemos em consulta com a pediatra.
    (Artigo)
     
  • Eu disse a ela que estava tudo bem.
    (Preposição)
     
  • Daqui a pouco vai chover.
    (Locução adverbial)

Dúvidas Comuns

  • Cuidado com o pleonasmo! 

Não se usa na mesma frase “há ... atrás”, pois isso torna o significado redundante. “Há” já possui sentido de algo passado, como dito acima. Veja:

  • Eu nasci há dez mil anos atrás.
    (Inadequado de acordo com a norma-padrão.)
     
  • Eu nasci há dez mil anos.
    (Adequado de acordo com a norma-padrão.)
     
  • Eu nasci dez mil anos atrás.
    (Adequado de acordo com a norma-padrão.)

Leia também: Pleonasmos viciosos mais comuns da língua portuguesa

Não usamos “a”, antes de pronomes pessoais, não vem acompanhada de crase. Observe:

  • Deu a ela muitos cumprimentos pela conquista.
  • Ofereceram a nós muita ajuda.
  • Passado x Futuro

Note que, enquanto “” costuma estar presente no sentido de tempo passado, “a” pode estar presente em locuções no sentido de tempo futuro. Veja:

  • Nós chegamos dez minutos.
    (Tempo passado)
     
  • Nós vamos chegar daqui A dez minutos.
    (Tempo futuro)

Exercícios resolvidos

1 – Assinale a alternativa que completa corretamente as lacunas:

Explicamos ___ ela que não seria possível ___ devolução hoje, pois fecharíamos dali ___ cinco minutos. Mas vamos avisar que ___ possibilidade de devolução amanhã.

a) a; a; há; há.

b) há; a; a; a.

c) a; a; há; a.

d) a; a; a; há.

2 – Assinale a alternativa que apresenta uso correto do termo “há” de acordo com a norma-padrão da língua portuguesa:

a) tempos que queria fazer isso.

b) Demos presentes várias crianças.

c) Esperava entrega por muito tempo.

d) dez horas atrás, ocorreu um acidente.

Respostas

1 – d)

Explicamos a ela = preposição

Não seria possível a devolução = artigo

Dali a cinco minutos = preposição, tempo futuro

Avisar que possibilidade = verbo haver no presente do indicativo

2 – a)

No item b), o correto seria a, pois trata-se de preposição.

No item c), o correto seria a, pois trata-se de artigo.

No item d), o correto de fato é , porém, a construção “há ... atrás” não está de acordo com a norma-padrão da língua portuguesa.

 

Por Guilherme Viana
Professor de Gramática

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

VIANA, Guilherme. "A ou há?"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/gramatica/a-ou-ha.htm. Acesso em 28 de setembro de 2021.

Assista às nossas videoaulas
Lista de Exercícios
Questão 1

Embora as expressões a/há, acerca de/a cerca de/há cerca de e tampouco/ tão pouco apresentem evidentes semelhanças sonoras, são demarcadas por fatores semânticos que as distinguem entre si, tornando-as aplicáveis a casos específicos. Com base nesses pressupostos, explicite tais diferenças. 

Questão 2

(Fuvest – SP)

“Diga ---- elas que estejam daqui----pouco-------porta da biblioteca”.

a) à, há, a

b) a, há, à

c) a, a, à

d) à, a, a

e) a, a, a
 

Mais Questões
Artigos Relacionados
Qual é a forma correta: A pouco tempo ou Há pouco tempo? Clique e tire suas dúvidas!
Quer saber como usar corretamente esses termos? É só clicar aqui!
Exemplos, esclarecimentos e significados!
Qual a forma correta: apesar da ou apesar de a? Ficou com dúvida? Descubra a resposta aqui!
Saiba quando usar “desse” ou “deste”, palavras compostas pela preposição “de” e os pronomes demonstrativos “esse” e “este”.
Qual o correto: perca ou perda de tempo?
Descubra qual é a diferença entre as expressões “senão” e “se não”. Saiba quando você deve usar uma ou outra e, além disso, faça exercícios para fixar o conteúdo.
Conheça o significado de sessão, cessão e seção e entenda como empregar cada uma delas de forma correta em seus textos.
Em apenas um clique, constate acerca dessas!
Leia este artigo sobre os verbos impessoais, os verbos que não têm sujeito, e fique por dentro da classificação dos verbos da Língua Portuguesa.