Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Figura de pensamento: litote

Gramática

A figura de pensamento litote é um dos recursos da linguagem que nos permitem afirmar por meio da negação.
PUBLICIDADE

As figuras de pensamento, assim como as figuras de sintaxe, figuras de som e figuras semânticas, são uns dos tipos de figuras de linguagem. Esses recursos da linguagem, como todos sabem, permitem a nós, falantes, maior expressividade quando vamos nos comunicar.

No caso das figuras de pensamento, temos ferramentas que trabalham com a combinação de ideias e que fazem referência aos efeitos de sentido da mensagem que o autor deseja passar.

Hoje o Brasil Escola selecionou uma figura de pensamento que pouco é estudada, mas muito tem a nos mostrar: a litote. Essa figura de pensamento assemelha-se à outra bastante utilizada por nós em nosso cotidiano: o eufemismo.

Vamos relembrar o que é eufemismo?

Figura de linguagem responsável por atenuar o sentido das palavras. Esse recurso suaviza as expressões do discurso, ou seja, ao fazermos uso dessa ferramenta, faremos a substituição de termos desagradáveis ou inaceitáveis por termos mais agradáveis ou aceitáveis.

Exemplos:

Nossa querida mãe já não está mais entre nós. (Nesse caso, a expressão “não está mais entre nós” ameniza a declaração real: ela morreu.)

Aquele ali é pouco chegado em higiene. (Nesse caso, a intenção é amenizar o que está no pensamento: sujo, imundo etc.)

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Características da litote

Relembrado o conceito de eufemismo, pensemos, agora, sobre a litotes. Essa figura de pensamento, assim como o eufemismo, trabalha com o abrandamento das nossas ideias. Vamos ver como isso funciona?

Eles não são nada bobos.
Eu não fiquei nada feliz com aquela atitude sua.

Ela não canta mal.

O que vocês conseguem perceber como comum em todas as frases apresentadas?

Em todas as sentenças, podemos notar que a afirmação de uma ideia ocorre pela negação do contrário. Ficou confuso? Vamos rever os exemplos por outra perspectiva:

Eles não são nada bobos. → Eles são espertos.
Eu não fiquei nada feliz com aquela atitude. → Eu fiquei triste com aquela atitude.

Ela não canta nada mal. → Ela canta bem.

Perceberam como o pensamento é atenuado? A ideia que o emissor deseja passar é sugerida pela negação do seu contrário.

Tendo isso em vista, fica clara a relação da litote com o eufemismo e, além disso, podemos tecer outra comparação: a litote é um antônimo da hipérbole, uma vez que expressões hiperbólicas trabalham com o exagero, e não com a moderação das nossas ideias.


Por Mariana Pacheco
Graduada em Letras

A figura de pensamento litote, assim como o eufemismo, trabalha com o abrandamento das ideias
A figura de pensamento litote, assim como o eufemismo, trabalha com o abrandamento das ideias

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

PACHECO, Mariana do Carmo. "Figura de pensamento: litote"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/gramatica/figura-pensamento-litote.htm. Acesso em 20 de junho de 2021.

Assista às nossas videoaulas
Lista de Exercícios
Questão 1

Marque a alternativa em que haja o uso da figura de pensamento Litote:

a) Eles não são nada inteligentes.

b) Ele partiu dessa para uma melhor.

c) Ele quebrou a asa da xícara.

d) Seus olhos são espelhos d'água.

e) Sinto cheiro de mentira.

Questão 2

Marque a alternativa cujas frases sejam construídas pelas figuras de pensamento Litote e Eufemismo, respectivamente:

a) Cocoricóóóó... faz o galo às 4h. Quase morri de tanto rir.

b) Quase morri de tanto rir. Adoro ler Machado de Assis.

c) Não gosto de pessoas efusivas. Saber amar é saber deixar alguém te amar.

d) Elas não estão nada bem. Meu cãozinho bateu as botas.

e) Vamos entrar pra dentro, compadre! Estou lendo Guimarães Rosa.

Mais Questões
Artigos Relacionados
Interaja mais sobre os recursos expressivos da linguagem literária!
Conheça as diferentes subdivisões, classificações, das figuras de linguagem e exemplos de como utilizá-las.
Descubra quais são as figuras de pensamento, quais suas características e efeitos de sentido, além de conferir exemplos e exercícios de fixação.
Saiba o que é a hipérbole e veja exemplos dessa figura de linguagem, além de resolver alguns exercícios para fixar o conteúdo.