Topo
pesquisar

As orações subordinadas adjetivas – Um olhar minucioso

Gramática

PUBLICIDADE

No intuito de compreender melhor sobre o referido assunto, é essencial que entendamos sobre os aspectos referentes ao conceito de todo e qualquer termo.

Por que orações subordinadas?

As mesmas conceituam-se como tal, em função da relação de dependência estabelecida entre a primeira e a segunda oração.

Observe:

Desde que chegamos, não cessaram as visitas.

Analisando o sentido do enunciado linguístico presente nas mesmas, obtemos:

Desde que chegamos – A oração torna-se sem sentido quando dita aleatoriamente.

Já em: Não cessaram as visitas A oração por si só possui requisitos essenciais para que seja dotada de sentido.

Desta forma, o termo “subordinação” retrata a dependência de sentido que a primeira oração tem com a segunda.

Quanto ao termo “adjetivas”, o mesmo decorre pelo fato de as orações desempenharem a função de adjetivos. Perceba:

O menino que estava alegre ganhou um brinquedo.

Notamos que “alegre” é uma característica referente ao substantivo menino.

De acordo com a classificação, as subordinadas adjetivas subdividem-se em: Restritivas e Explicativas.

Uma análise mais detalhada facilitará bastante a compreensão. Por isso, atente-se para as orações a seguir:

Os cães que são peludos necessitam de um cuidado maior - Oração subordinada adjetiva restritiva.

Inicialmente, devemos entender que “cães” fazem parte de um conjunto complexo que é representado por animais quadrúpedes, mamíferos, carnívoros, entre outros.

Porém, o adjetivo peludo representa somente uma subclasse desses animais, pois existem raças que não são peludas. Daí o conceito de restritivas, uma vez que restringe somente a uma determinada raça.

São Paulo, que é a maior metrópole brasileira, apresenta vários problemas sociais.

Notamos que o termo disposto entre vírgulas representa uma verdade universal, isto é, faz parte de um conhecimento comum a todas as pessoas. Portanto, o mesmo representa uma informação mais detalhada sobre a cidade de São Paulo. Daí a denominação de explicativas.

Analisemos outro exemplo:

Santos Dumont, que foi o inventor do 14 Bis, tornou-se um marco na nossa história.

Fato semelhante ocorre nesta oração, uma vez a expressão grafada entre vírgulas caracteriza a subordinada explicativa.

Portanto, partindo deste pressuposto, é possível que não tenhamos mais dúvidas em classificá-las corretamente.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Por Vânia Duarte
Graduada em Letras
Equipe Brasil Escola

Gramática - Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

DUARTE, Vânia Maria do Nascimento. "As orações subordinadas adjetivas – Um olhar minucioso"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/gramatica/as-oracoes-subordinadas-adjetivasum-olhar-minucioso.htm. Acesso em 11 de dezembro de 2019.

Assista às nossas videoaulas
Lista de Exercícios
Questão 1

Levando em consideração as características que demarcam as orações subordinadas adjetivas, leia, analise e descreva as diferenças de sentido que há no páreo de enunciados. Abordadas tais diferenças, classifique as orações.

Ela visitará o primo que mora em Brasília.

Ela visitará o primo, que mora em Brasília.

Questão 2

(PUC-SP)

“João amava Teresa que amava Raimundo

que amava Maria que amava Joaquim que amava Lili

que não amava ninguém.

João foi para os Estados Unidos, Teresa para o convento,

Raimundo morreu de desastre, Maria ficou pra tia,

Joaquim suicidou-se e Lili casou com J. Pinto Fernandes

que não tinha entrado na história”.

                                       Carlos Drummond de Andrade

A primeira parte do poema (versos de 1 a 3) é marcada, sintaticamente, pela presença de orações ____________, cujos termos introdutórios atuam como _______________.

a) subordinadas adjetivas restritivas – conectivos – sujeitos.
b) coordenadas sindéticas explicativas – simples conectivos.
c) subordinadas adverbiais comparativas – simples conectivos.
d) subordinadas adjetivas explicativas – conectivos – sujeitos.
e) coordenadas sindéticas aditivas – simples conectivos.

Mais Questões
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola