close
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Movimento de translação

Movimento de translação ocorre quando a Terra completa uma volta em torno do Sol, sendo responsável pelas estações do ano. Esse movimento é ligado à rotação do planeta.

Imprimir
Texto:
A+
A-

PUBLICIDADE

O movimento de translação está associado à existência das estações do ano e a dinâmicas climáticas, além de eventos como os solstícios e os equinócios.

Como sabemos, a Terra está em constante movimento e a translação é um dos principais movimentos do nosso planeta. Eles são primordiais para que os ciclos de vida nela funcionem perfeitamente, como o ciclo hidrológico.

Todo planeta no Sistema Solar tem seus movimentos de acordo com a distância que possuem em relação ao Sol. Eles influenciam dinâmicas climáticas, alterações de marés, estações do ano, consequências de dias e noites, e outras inúmeras atividades ligadas à vida na Terra.

Movimento de translação.

Leia também: O que aconteceria se a Terra parasse de girar?

Tópicos deste artigo

Características do movimento de translação

O movimento de translação acontece quando a Terra completa uma volta ao redor do Sol. Ele dura, aproximadamente, 365 dias e seis horas. Diante disso, a cada quatro anos, um dia é colocado a mais no ano no mês de fevereiro. Quando isso ocorre, tal ano é chamado de ano bissexto.

Imagem que demonstra a rotação e translação da Terra.
Imagem que demonstra a rotação e translação da Terra.

Efeitos do movimento de translação

Assim como a rotação traz os dias e as noites e a elevação do nível do mar, comparando-se litorais do Hemisfério Leste com os do Hemisfério Oeste, a translação também gera algumas consequências, como a definição das estações do ano e fenômenos como solstícios e equinócios.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

  • Estações do ano

As estações do ano — primavera, outono, inverno e verão — variam de acordo com a posição orbital do planeta em relação ao Sol. Elas ocorrem graças ao movimento que a Terra faz em torno dessa estrela.

Por conta da posição de órbita, os hemisférios Norte e Sul sempre estarão com as estações opostas. Por exemplo: enquanto no Brasil for verão (Hemisfério Sul), na Espanha será inverno (Hemisfério Norte) e vice-versa. Em algumas áreas do planeta é mais difícil distinguir essas estações, como é o caso de regiões localizadas nas zonas tropicais do mundo. Para saber mais sobre as diferenças e características desses fenômenos, acesse: Estações do ano.

Veja no quadro a seguir as características de cada estação e suas respectivas datas de início, no Hemisfério Norte e no Hemisfério Sul.

Estações do ano

Início e fim - Hemisfério Norte

Início e fim - Hemisfério Sul

Características

Verão

21 de junho a 23 de setembro

22 de dezembro a 20 de março

Altas temperaturas e dias mais longos;

Chuvas constantes devido ao calor — evaporação da água acumulada no solo é acentuada.

Outono

22/23 de setembro a 22 de dezembro

20 de março a 21 de junho

Temperaturas amenas;

Quedas de folhas das árvores;

Temperatura cai no fim da estação, marcando a chegada do inverno.

Inverno

22 de dezembro a 20 de março

21 de junho a 23 de setembro

Estação fria;

Noites mais longas e dias mais curtos;

Hibernação de alguns animais.

Primavera

20 de março a 21 de junho

22/23 de setembro a 22 de dezembro

Temperaturas amenas;

Florescer das flores;

Dias e noites com a mesma duração.

  • Solstício e equinócio

Por conta do ângulo de inclinação da Terra em relação ao Sol, a iluminação solar não atinge todas as regiões de forma igual. Dessa forma, algumas áreas recebem mais luz solar (áreas próximas à Linha do Equador), e outras menos (os pólos do planeta).

Devido a isso, aproximadamente no dia 21 de dezembro tem-se o dia mais longo do Hemisfério Sul, além do início do verão. Os raios solares incidem sobre o Trópico de Capricórnio, tornando o sul mais iluminado. No Hemisfério Norte ocorre o contrário, com o início do inverno e o dia mais curto do ano. Esse fenômeno é conhecido como solstício de verão (Hemisfério Sul) e solstício de inverno (Hemisfério Norte). É momento em que um hemisfério está mais iluminado pelo Sol do que o outro.

O mesmo fato inverte-se nos dois hemisférios no dia 21 de junho, quando os raios solares incidem sobre o Trópico de Câncer: é o dia mais longo no norte e o dia mais curto no sul.

Entre os dias 21 e 23 de março e 21 e 23 de setembro, o planeta recebe raios solares de forma perpendicular na Linha do Equador. Dessa forma, esses raios irradiam igualmente para os dois hemisférios. Com isso, a insolação possui as mesmas condições, deixando o dia com 12 horas e a noite também. Tal fenômeno é chamado de equinócio de primavera e equinócio de outono, dependendo do hemisfério e do período, em março ou setembro. Durante o equinócio, dias e noites possuem a mesma duração, 12 horas. Para saber mais sobre esses eventos astronômicos, leia o texto: Solstício e equinócio.

Outros movimentos da Terra

  • Rotação

É o movimento que o planeta faz em torno do seu próprio eixo, ou seja, uma volta em torno de si. Ele ocorre no sentido anti-horário, o que possibilita que o Sol seja visto primeiramente no Hemisfério Leste. Daí a expressão popular sobre o Japão, “a terra do Sol nascente”.

Cada movimento de rotação dura, em média, 23 h e 56 min, ou 24 h (dia solar). Além disso, a rotação do planeta é responsável pela existência de dias e noites, pela elevação do nível do mar no litoral leste em comparação com o litoral oeste, e também pelo desvio para oeste das correntes marítimas e da circulação do ar atmosférico.

  • Elíptica, eclíptico, afélio e periélio

Nosso planeta não é uma esfera perfeita, tendo os pólos achatados, forma essa conhecida como geóide. Diante disso, a trajetória da Terra em torno do Sol ocorre de forma oval, recebendo o nome de trajetória elíptica, e seu caminho recebe o nome de plano eclíptico.

Representação dos movimentos do planeta com a rota oval e o plano eclíptico.
Representação dos movimentos do planeta com a rota oval e o plano eclíptico.

Durante sua órbita, em alguns momentos, a Terra pode estar mais próxima ou mais distante do Sol. Quando há uma menor distância entre os dois, chamamo-la de periélio, o que mede, aproximadamente, 147 milhões de quilômetros. Da mesma forma, quando a Terra está mais distante do Sol, chamamos esse ponto de afélio, que pode ser de, aproximadamente, 152 quilômetros.

Veja também: Oito curiosidades sobre o Sistema Solar

Exercícios resolvidos

Questão 1 - (UFRGS/2016) A coluna da esquerda apresenta os movimentos de rotação e translação, responsáveis por diversos fenômenos; a da direita, alguns desses fenômenos.

Associe adequadamente as colunas.

1. Rotação

2. Translação

( ) Afélio e periélio

( ) Desvios dos ventos

( ) Movimento aparente do Sol

( ) Estações do ano

A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é:

a) 2 – 1 – 1 – 2

b) 1 – 2 – 1 – 2

c) 1 – 2 – 2 – 1

d) 2 – 2 – 1 – 1

e) 1 – 1 – 2 – 2

Resolução

Alternativa “a”

Fenômenos como afélio e periélio, além da existência das estações do ano, são consequências da translação da Terra.

_________

Questão 2 - Sobre os movimentos da Terra, marque a alternativa correta.

a) As estações do ano existem graças ao movimento de rotação.

b) O movimento que a Terra faz em torno de si é chamado de translação.

c) O sentido da rotação do planeta é horário, ou seja, de leste para oeste.

d) Os hemisférios N e S recebem a mesma quantidade de luz solar o ano todo.

e) Os dias e as noites ocorrem graças à rotação do planeta, movimento em torno de si.

Resolução

Alternativa “e”.

Graças ao movimento de rotação, dias e noites acontecem, além das diferenças de horários em diferentes regiões do planeta.


Por Átila Matias
Professor de Geografia

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

MATIAS, Átila. "Movimento de translação"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/geografia/movimento-translacao.htm. Acesso em 23 de maio de 2022.

De estudante para estudante


Como foi transformada vegetação de Rondônia

Por Valentina
Responder
Ver respostas

quais são as caractrrísticas da litosfera? 

Por Lara Ferreira
Responder
Ver respostas

Videoaulas


Estude agora


O Estado para Karl Marx

O que é o Estado para Marx? Aprenda tudo sobre a ideia de Estado para o filósofo alemão que contribuiu para uma...

Graça Aranha: vida e obra

Assista a nossa videoaula para conhecer um pouco mais sobre a vida e a obra do escritor brasileiro Graça Aranha....