Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Alabama

O Alabama é um estado que pertence ao território dos Estados Unidos. Possui uma importante participação na história da luta pelos direitos civis da população negra do país.

Bandeira do estado do Alabama.
Bandeira do estado do Alabama.
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

O Alabama é um dos estados pertencentes aos Estados Unidos, com capital na cidade de Montgomery. Localizado no sul do país, o Alabama apresenta clima temperado e terrenos aplainados recobertos por uma extensa floresta. Além disso, o estado é drenado por longos cursos d’água que são muito utilizados como hidrovias. Mais de cinco milhões de pessoas vivem no Alabama, e atualmente a economia desse estado é baseada na indústria manufatureira e na exploração de recursos naturais.

O Alabama foi o 22º estado a ser incorporado na União, em 1819. Um século mais tarde, ele seria o centro de importantes protestos que fizeram parte da luta da população afro-americana pela garantia dos seus direitos civis.

Leia também: Kansas — o primeiro estado a assegurar o direito das mulheres ao voto

Tópicos deste artigo

Resumo sobre o Alabama

  • O Alabama é um dos estados pertencentes aos Estados Unidos.

  • Foi o 22º estado a ser incorporado na União, em 14 de dezembro de 1819.

  • Sua capital é a cidade de Montgomery.

  • Possui clima temperado, e seus terrenos são planálticos e montanhosos, ao norte, e com planícies, ao sul, sendo recobertos por florestas temperadas.

  • Sua população é de 5.024.356 habitantes, dos quais 57,7% vivem nas cidades. A maior delas é Huntsville, com 215 mil habitantes.

  • Tem uma das menores rendas per capita dos Estados Unidos.

  • Sua economia é baseada na indústria manufatureira e na exploração de recursos naturais, como madeira e minérios.

  • Fica nele a segunda maior usina nuclear dos Estados Unidos. Apesar disso, sua principal fonte de geração de energia é o gás natural.

  • Sua história ficou marcada pela importante luta pelos direitos civis da comunidade afro-americana dos Estados Unidos na segunda metade do século XX.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Dados gerais do Alabama

  • Nome oficial: Estado do Alabama

  • Gentílico: alabamiense

  • Extensão territorial: 135.765 km2

  • Localização: sudeste dos Estados Unidos

  • Capital: Montgomery

  • Maior cidade: Huntsville

  • Menor cidade: McMullen

  • Clima: temperado

  • Governo: democrático representativo

  • Divisão administrativa: 67 condados

  • Idioma: inglês

  • Religiões:

    • protestantismo;

    • catolicismo;

    • mormonismo;

    • testemunha de Jeová;

    • ortodoxia oriental;

    • judaísmo.

  • População: 5.024.356 habitantes

  • Densidade demográfica: 37 hab./km²

  • Índice de Desenvolvimento Humano (IDH): 0,881

  • Moeda: Dólar estadunidense

  • Produto Interno Bruto (PIB): US$ 277,81 bilhões

  • PIB per capita: US$ 54.753

  • Gini: 0,474

  • Fuso horário: GMT–5 e GMT–6

Mapa do Alabama

Mapa do Alabama.

Geografia do Alabama

O Alabama é um dos 50 estados pertencentes aos Estados Unidos. Sua capital é a cidade de Montgomery. O Alabama se estende por 135,7 mil km² e fica no sul do país, onde possui um estreito litoral banhado pelas águas do golfo do México. Seu território estabelece fronteira terrestre com outros quatro estados norte-americanos:

  • Tennessee, ao norte;
  • Geórgia, a leste;
  • Flórida, ao sul;
  • Mississippi, a oeste.

Clima do Alabama

O estado do Alabama apresenta clima temperado, que pode ser identificado também como subtropical. Os verões são quentes, com médias térmicas de 26 ºC, enquanto os invernos são mais frescos e podem registrar temperaturas de até 9 ºC. As condições em áreas mais elevadas tendem a ser mais amenas, com temperaturas médias anuais de 16 ºC. As chuvas são bem distribuídas durante o ano e acumulam até 1450 mm.

Relevo do Alabama

O Alabama tem uma paisagem natural bastante heterogênea, aspecto esse que se deve, em parte, pelo relevo. No norte predominam terrenos planálticos e montanhosos, com destaque para a presença de um trecho dos montes Apalaches. O relevo se torna menos acidentado e as elevações diminuem à medida que se caminha para o sul do estado, onde ficam as planícies.

A altitude média do Alabama é de 150 metros, enquanto seu ponto mais elevado fica na montanha Cheaha, a 735 metros de altitude.

Paisagem natural na montanha Cheaha, ponto mais elevado do Alabama.
Paisagem natural na montanha Cheaha, ponto mais elevado do Alabama.

Vegetação do Alabama

As florestas temperadas recobrem 71,3% da superfície do Alabama, colocando o estado como o quinto com a maior área florestada dos Estados Unidos. Nas florestas se identifica a presença de árvores como os pinheiros e os carvalhos, além de espécies nativas norte-americanas, como a nogueira-preta.

Hidrografia do Alabama

A rede de drenagem do Alabama se divide entre a região norte do país, banhada principalmente pelo rio Tennessee, e a região centro-sul, por onde correm importantes rios, como o Tallapoosa e o Coosa, que confluem próximo da capital e dão origem ao rio Alabama.

Veja também: Montana — outro estado cuja paisagem é marcada por florestas, planícies e montanhas

Demografia do Alabama

O Alabama tem uma população de 5.024.356 pessoas, ficando na 24ª posição entre os estados mais populosos dos Estados Unidos. Essa informação é do censo demográfico realizado no país em 2020. As estimativas indicam que a população do Alabama aumentou em 50 mil habitantes nos últimos dois anos, diferindo de parte significativa dos estados norte-americanos, que viram sua população reduzir.

A parcela central do Alabama concentra a maior parte da população do país, indicando uma distribuição populacional bastante desigual. Em números, pode-se dizer que o Alabama é pouco povoado, com densidade demográfica de 37 hab./km². Além disso, o estado é o oitavo menos urbanizado do país: 57,7% da população do Alabama vivem nas cidades, enquanto 42,3% vivem no campo.

Vista noturna da cidade de Huntsville, no Alabama.
Huntsville é a maior cidade do Alabama.

A seguir, confira quais são as maiores cidades do Alabama:

  • Huntsville: 215.006 habitantes;
  • Birmingham: 200.733 habitantes;
  • Montgomery: 200.603 habitantes;
  • Mobile: 187.041 habitantes;
  • Tuscaloosa: 99.600 habitantes.

Economia do Alabama

O Alabama tem um Produto Interno Bruto (PIB) de 277 bilhões de dólares que representa aproximadamente 1% da economia dos Estados Unidos. Na lista das economias estaduais, de acordo com o PIB, o Alabama ocupa a 27ª posição. O estado apresenta a terceira menor renda per capita do país que soma atualmente 54,7 mil dólares anuais. Além disso, o Alabama figura entre os estados com maior índice de pobreza dos Estados Unidos, chegando hoje a 16,1% de sua população.

A indústria manufatureira e o extrativismo são as duas principais atividades econômicas do Alabama. O estado detém grandes reservas de recursos minerais, como carvão mineral, calcário e minério de ferro, elementos retirados do solo e aproveitados no setor secundário. A indústria é grande produtora, ainda, de alimentos, tecidos, automóveis, aeronaves e veículos espaciais.

Além do extrativismo mineral, o Alabama é conhecido pela qualidade de sua madeira e pela indústria madeireira. Também no setor primário, o estado tem destaque na criação de animais e produção de elementos como carnes, ovos, leite e couro.

Turismo no Alabama

O turismo é uma atividade em expansão no Alabama, um dos estados que menos sofreram nesse setor durante a recessão econômica decorrente da pandemia de covid-19. Estima-se que quase 30 milhões de turistas visitem o Alabama todos os anos, atraídos pelas paisagens naturais e pelos museus, parques e centros científicos e culturais.

A seguir, confira alguns dos principais destinos turísticos do estado do Alabama.

  • U.S. Space and Rocket Center, na cidade de Huntsville
Fachada do U.S. Space and Rocket Center, no Alabama.
Veículos e instrumentos utilizados pelo programa espacial dos Estados Unidos se encontram em exibição no centro.[1]
  • Distrito dos Direitos Civis, na cidade de Birmingham
Estátua de Martin Luther King Jr. em frente ao Instituto dos Direitos Civis, no Alabama.
Estátua de Martin Luther King Jr. em frente ao Instituto dos Direitos Civis na cidade de Birmingham.[2]
  • Gulf Shores, cidade no litoral do Alabama
Vista aérea do litoral do Alabama.
Gulf Shores é um dos principais destinos turísticos do Alabama.

Infraestrutura do Alabama

O estado do Alabama é detentor de uma das mais extensas redes hidroviárias dos Estados Unidos, com mais de 2100 quilômetros de rios navegáveis, utilizados para o transporte de pessoas e de cargas. No estreito litoral do país, fica o Porto de Mobile, que ganhou importância no cenário nacional por apresentar uma das maiores capacidades de carga entre os portos do país, chegando a quase sete milhões de toneladas.

O Alabama é um grande produtor de energia, destacando-se principalmente no que diz respeito à geração de energia elétrica por meio de fontes nucleares. A Usina Nuclear Browns Ferry, localizada na cidade de Athens e próxima do rio Tennessee, é a segunda maior usina do tipo no território estadunidense. Apesar da importância da energia nuclear para o estado, a principal fonte geradora de energia elétrica no Alabama são os combustíveis fósseis, em especial o gás natural e o carvão mineral.

Governo do Alabama

O sistema de governo do estado do Alabama é o democrático representativo, dividindo-se entre os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário. O Executivo fica a cargo do governador e do tenente-governador, eleitos por meio do voto para exercerem um mandato de quatro anos. O Legislativo é de responsabilidade da Legislatura do Alabama, um órgão bicameral composto pelo Senado, que tem 35 parlamentares, e pela Câmara dos Representantes, que tem 105 parlamentares.

A Constituição do Estado do Alabama é a base legal desse estado e foi ratificada pela última vez no ano de 1901.

Origem do nome Alabama

O estado do Alabama recebeu o mesmo nome de uma das populações indígenas nativas dos Estados Unidos, os indígenas Alabama, que viviam na área por onde hoje se estende o território alabamiense e outros estados do sul.

Qual é a cultura do Alabama?

O estado do Alabama tem uma cultura muito rica e que apresenta elementos característicos da cultura estadunidense, com muitas influências dos povos nativos da região e também da população afro-americana. A narração e a contação de histórias são tradições muito enraizadas na cultura popular do Alabama, tanto que existe um festival na cidade de Athens (condado de Limestone) dedicado a essas práticas.

A música produzida no estado ganhou projeção nacional e mundial, destacando-se em estilos como o jazz, o ragtime e o country. No caso da música country, um dos seus principais nomes, o cantor e compositor Hank Williams, é natural do Alabama. O estado abriga, ainda, grandes centros científicos e culturais, bem como museus, teatros e cinemas, que servem tanto ao lazer da população local quanto aos turistas que visitam o Alabama. A gastronomia do Alabama é tradicional do sul dos Estados Unidos, e tem como pratos principais torta de noz-pecã e tomates verdes fritos.

Saiba mais: Segregação racial — fenômeno que atingiu o sul dos Estados Unidos, entre os séculos XIX e XX

História do Alabama

O povoamento do estado do Alabama começou há, pelo menos, 10 mil anos. Os primeiros habitantes desse estado se estabeleceram na região onde fica o Monumento Nacional de Russell Cave, e, milhares de anos mais tarde, uma série de povos indígenas passou a compor o quadro populacional de onde hoje fica o Alabama e outros estados do sul dos Estados Unidos. Dentre eles se destacam os povos Cherokee e Muskogee. Estima-se que 40 povos nativos viviam no Alabama, e alguns deles ainda mantêm viva a sua cultura no estado.

O explorador espanhol Alonso Álvarez de Pineda foi o primeiro estrangeiro a chegar ao Alabama no século XVI, e outros vieram, logo na sequência, em busca de metais preciosos. Foi somente no ano de 1702 que os franceses se estabeleceram naquela região, construindo o Fort Louis de La Louisiane, no condado de Mobile. Com a intensificação da imigração no século XVIII, Mobile passou a concentrar a maior parte dos europeus que se mudaram para o Alabama.

O Alabama foi uma colônia francesa até o ano de 1763, passando para o domínio britânico após a vitória dos ingleses na batalha que havia sido travada com os franceses nove anos antes, em 1754. Com a Guerra Anglo-Americana, que aconteceu no ano de 1812, os estadunidenses garantiram o domínio sobre o Alabama, que foi aceito como o 22º estado da União em 14 de dezembro de 1819.

O papel do Alabama no movimento pelos direitos civis

Cabe aqui destacar uma etapa importante da história do Alabama e dos Estados Unidos que foi a luta pela garantia dos direitos civis da população afro-americana.

Estátua em homenagem a Rosa Parks na cidade de Montgomery
Estátua em homenagem a Rosa Parks na cidade de Montgomery, um símbolo da luta pelos direitos civis.[3]

Durante o século XIX, mais de metade da população do Alabama era composta por africanos que haviam sido escravizados. Após o fim da Guerra de Secessão, da qual o Alabama participou ao lado dos Estados Confederados, e a libertação dos escravizados, essa população se tornou marginalizada na sociedade.

O Alabama representou o centro do movimento pelos direitos civis dos negros entre 1954 e 1968. Importantes protestos pacíficos foram realizados no estado contra a legislação racista que estava em vigor, como o boicote aos ônibus iniciado pela comunidade afro-americana após a prisão de Rosa Parks (1913-2005) em 1955 e os protestos da Campanha de Birmingham, em 1963, que contaram com a participação e liderança de Martin Luther King Jr.,

Curiosidades sobre o Alabama

  • O Mardi Gras celebrado na cidade do Mobile é um dos mais antigos carnavais dos Estados Unidos, e acontece desde o século XVIII.

  • A inventora do limpador automático de para-brisa, Mary Anderson, era natural do Alabama.

  • O Alabama tem mais de quatro mil cavernas.

  • O foguete utilizado pela missão Apollo 11, da Nasa, foi produzido no Alabama.

  • A indústria aeroespacial de Huntsville desenvolveu alguns dos mais importantes veículos espaciais utilizados pela Nasa. Por isso, a cidade é conhecida como rocket city ou “cidade dos foguetes”.

Créditos das imagens

[1] Danny Ye/ Shutterstock

[2] Stan Reese/ Shutterstock

[3] Sutherland Boswell/ Shutterstock

Fontes

BUREAU of Economic Analysis – U.S. Department of Commerce. Disponível em: https://www.bea.gov/.

CENSUS. United States Census Bureau. Disponível em: https://www.census.gov/en.html

DEMPSEY, Caitlin. States in Order of Admission to the United States of America. Geography Realm, 29 jul. 2021. Disponível em: https://www.geographyrealm.com/states-in-order-of-admission-to-the-united-states-of-america/.

EIA. State Profile and Energy Estimates: Alabama. U.S. Energy Information Administration, [s.d.]. Disponível em: https://www.eia.gov/state/?sid=AL.

GABRIELLE T. 50 Interesting & Fun Facts About Alabama State to Know. Destguides, 17 nov. 2022. Disponível em: https://www.destguides.com/united-states/alabama/alabama-facts.

GLOBAL DATALAB. Subnational HDI. Disponível em: https://globaldatalab.org/shdi/table/shdi/USA/.

GOMILLION, Charles Goode; NORREL, Robert. Alabama (state, United States). Encyclopaedia Britannica, [1999-2023]. Disponível em: https://www.britannica.com/place/Alabama-state.

HARRINGON, John. About half of America’s states owe their names to Native American origin: Here's how each state got its name. USA Today, 02 jul. 2020. Disponível em: https://www.usatoday.com/story/money/2020/07/02/how-each-state-got-its-name/112043890/.

KIFFEL-ALCHEH, Jamie. Alabama. National Geographic Kids, [s.d.]. Disponível em: https://kids.nationalgeographic.com/geography/states/article/alabama.

Por Paloma Guitarrara
Professora de Biologia

Escritor do artigo
Escrito por: Paloma Guitarrara Licenciada e bacharel em Geografia pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e mestre em Geografia na área de Análise Ambiental e Dinâmica Territorial também pela UNICAMP. Atuo como professora de Geografia e Atualidades e redatora de textos didáticos.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

GUITARRARA, Paloma. "Alabama"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/geografia/alabama.htm. Acesso em 23 de maio de 2024.

De estudante para estudante


Artigos Relacionados


Clima temperado

Leia sobre o clima temperado, conheça as principais características desse tipo climático e identifique os locais onde ele ocorre, além do modo como ocorre no Brasil.
Geografia

Estados Unidos

Saiba quais são as características dos Estados Unidos. Conheça sua cultura, história, população, estados e capitais. Descubra também sua relação com o Canadá.
Geografia

Estados dos Estados Unidos

Saiba quais e quantos são os estados dos Estados Unidos. Veja também suas capitais e descubra quais os estados mais ricos, populosos e atrativos do país.
Geografia

Florestas

Clique aqui, entenda o que são as florestas e como elas são formadas. Veja dados sobre as florestas no Brasil e no mundo.
Geografia

História dos Estados Unidos

Acesse este texto e saiba mais sobre a história dos Estados Unidos! Conheça os principais capítulos da história do país que possui a maior economia do mundo.
História da América

Independência dos Estados Unidos

Clique no link e saiba mais sobre a Independência dos Estados Unidos, que aconteceu em 1776. Saiba suas causas e consequências e os motivos da participação francesa.
História Geral

Martin Luther King Jr.

Clique aqui e saiba detalhes da vida de Martin Luther King Jr., um pastor que participou da luta norte-americana contra a segregação racial.
História Geral

Planaltos

Venha descobrir um pouco mais sobre a unidade de relevo denominada planalto. Ao longo do texto explicamos os processos erosivos que dão origem a esse relevo bastante encontrado em todo o mundo, sua definição e particularidades. Leia também sobre o maior planalto do mundo e os principais planaltos do Brasil.
Geografia

Rosa Parks

Clique e veja detalhes da vida de Rosa Parks. Entenda qual ação marcou a vida dessa importante cidadã norte-americana.
Biografia

Segregação racial

Entenda um pouco mais sobre segregação racial com base em três exemplos históricos: EUA, África do Sul e Brasil. Saiba quais são as consequências dessa prática.
Sociologia