Topo
pesquisar

Tempestades

Física

As tempestades são formadas quando as nuvens mais altas são carregadas com carga positiva e as mais baixas, com cargas negativas, induzindo a criação de um campo elétrico.
Descargas elétricas durante tempestade
Descargas elétricas durante tempestade
PUBLICIDADE

A formação da tempestade acontece por uma separação entre nuvens. As nuvens mais altas são carregadas com carga positiva, enquanto as mais baixas possuem cargas negativas, o que induz a superfície terrestre a uma carga também positiva, criando entre ambas um campo elétrico.

Benjamin Franklin, físico e político americano, foi o primeiro estudioso a verificar essa tese, isso porque acreditava que os raios fossem apenas descargas elétricas. Para comprovar sua teoria, empinou uma pipa de papel próximo a nuvens de uma tempestade. Um experimento não recomendado, visto que muitos já morreram tentando reproduzi-lo.

A centelha elétrica, também conhecida como relâmpago, aparece quando os elétrons presentes nas nuvens passam de uma para outra ou da nuvem para a Terra, ocasiona um som estrondoso causado pela expansão do aquecimento do ar gerado pela descarga elétrica que conhecemos popularmente como trovão.

Todo esse processo da tempestade gera uma descarga elétrica, pois a eletrização das nuvens busca um lugar onde possa escoar tanta eletricidade, logo, seus danos podem ser fatais, dependendo do local onde caiam.

Franklin, além de provar sua teoria sobre descargas elétricas dos raios, também construiu o primeiro para-raios com a finalidade de proteção contra eventuais danos.

Os para-raios servem para neutralizar o poder da descarga elétrica, isso porque é constituído de haste metálica com pontas em suas extremidades, essas pontas são capazes de induzir cargas que escapam facilmente para o ar, o que neutraliza a carga da nuvem.
 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Por Talita A. Anjos
Graduada em Física
Equipe Brasil Escola

Eletricidade - Física - Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

ANJOS, Talita Alves dos. "Tempestades"; Brasil Escola. Disponível em <https://brasilescola.uol.com.br/fisica/tempestades.htm>. Acesso em 21 de maio de 2019.

  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola