Topo
pesquisar

Transplante da Medula Óssea

Doenças e patologias

PUBLICIDADE

A medula óssea é um tipo de tecido encontrado na região esponjosa de alguns ossos, sendo esta responsável pela produção e diferenciação de células precursoras das hemácias, glóbulos brancos e plaquetas - processo este denominado hematopoiese.

A doação de medula óssea é a última e, às vezes, única alternativa que determinados pacientes possuem para driblar doenças, como: leucemias, determinados linfomas, mielomas múltiplos, síndrome mielodisplásica, aplasia medular, alguns tipos de anemia, hemoglobinúria paroxística noturna e imunodeficiências congênitas, primárias, ou secundárias.

Desta forma, é necessário que se encontre um doador compatível, característica esta analisada pela semelhança entre os antígenos do possível doador e do paciente. Entre parentes há, aproximadamente, 35% de chances de se encontrar alguém compatível; e, entre pessoas não aparentadas, 0,1%. No segundo caso, é feita uma triagem no banco de dados do Ministério da Saúde (o REDOME), verificando nesta listagem um doador compatível em potencial.

Com o consentimento do voluntário, este passará por um exame clínico, a fim de averiguar seu estado de saúde. Tendo as condições propícias para tal, a cirurgia é feita, com duração de aproximadamente noventa minutos. Esta consiste em punções feitas na região da bacia, a fim de retirar cerca de 10% do material medular do doador, com auxílio de anestesias.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Geralmente o paciente recebe sua doação no mesmo dia, por meio de um cateter venoso, em procedimento de aproximadamente duas horas de duração. Estas células migrarão via circulação sanguínea para o interior dos ossos, onde começarão a produzir novas células sanguíneas.

Ele é previamente tratado com dosagens de quimio e/ou radioterapia, a fim de destruir sua medula e diminuir as defesas de seu sistema imunitário, evitando as chances do tecido doado ser rejeitado por seu organismo. Quanto a isso, ele também recebe dosagens de imunossupressores - medicamentos estes que diminuem a ação das células imunes transplantadas contra o organismo do indivíduo receptor.

Em poucos dias, paciente e doador têm suas medulas recompostas!

Como ser doador?

O único critério exigido para um indivíduo ser doador é que ele tenha faixa etária entre 18 e 55 anos, e bom estado de saúde. Ele deverá preencher um cadastro, e retirar cerca de 10 mL de amostra sanguínea, para que seja feito um teste de compatibilidade. Caso algum paciente necessite de sua doação, ele é convidado a fazê-la. Caso aceite o convite, a retirada do material medular poderá ser feita no centro de transplantes mais próximo de sua casa, sem nenhum ônus.

Por Mariana Araguaia
Graduada em Biologia

O tecido doado é transplantado por meio de um cateter venoso
O tecido doado é transplantado por meio de um cateter venoso

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

ARAGUAIA, Mariana. "Transplante da Medula Óssea"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/doencas/transplante-medula-ossea.htm. Acesso em 17 de outubro de 2019.

  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola