Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Plaquetas

As plaquetas atuam na regeneração de tecidos lesionados
As plaquetas atuam na regeneração de tecidos lesionados
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

As plaquetas correspondem a um dos fragmentos celulares, também denominados trombócitos, presentes no sangue de mamíferos, tendo origem a partir de células da medula óssea (megacariócitos).

A principal função das plaquetas está relacionada à formação de coágulos, auxiliando de forma indireta na defesa do organismo. Na região de um ferimento, as plaquetas liberam a enzima tromboplastina-quinase, que desencadeia a coagulação. Sua ação no organismo varia de 9 a 10 dias, sendo após este período recolhidas e direcionadas ao baço, onde serão degeneradas.

Em um organismo normal, os níveis de concentração para este elemento sangüíneo, geralmente oscila entre 150.000 e 400.000 plaquetas por mm³ de sangue, aproximadamente 1% do volume do sangue.

O metabolismo irregular (diminuição ou disfunção) na síntese de plaquetas pode resultar em sangramentos, da mesma forma como a sua elevada concentração, acima do padrão aceitável, pode ocasionar trombose.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Por Krukemberghe Fonseca
Graduado em Biologia

Escritor do artigo
Escrito por: Tiago Dantas Escritor oficial Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

DANTAS, Tiago. "Plaquetas"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/biologia/plaquetas.htm. Acesso em 23 de fevereiro de 2024.

De estudante para estudante


Videoaulas


Lista de exercícios


Exercício 1

O sangue é formado por plasma e alguns tipos celulares, como hemácias, leucócitos e plaquetas. Entretanto, muitos autores não consideram as plaquetas como células, uma vez que elas são:

  1. fragmentos de megacariócitos.
  2. fragmentos de monócitos.
  3. fragmentos de hemácias.
  4. fragmentos de leucócitos.
  5. fragmentos de megamacrófagos.

Exercício 2

O número de plaquetas em um indivíduo normal varia entre 140.000 e 340.000 por milímetro cúbico de sangue. Se uma pessoa apresenta valores inferiores aos indicados, ela pode ter:

  1. trombose
  2. hemorragia
  3. anemia
  4. leucopenia
  5. leucemia