Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Valentina Tereshkova

Biografia

PUBLICIDADE

Valentina Tereshkova foi uma cosmonauta soviética que ficou conhecida como a primeira mulher a ir ao espaço. Ela tripulou a Vostok 6, em 1963, permanecendo no espaço por 71 horas e realizando 48 voltas na Terra. Ela foi escolhida como cosmonauta após um longo e secreto processo de seleção realizado entre 1962 e 1963.

Acesse também: Suptnik 1, o primeiro satélite artificial lançado pela humanidade

Origem

Valentina Vladimirovna Tereshkova nasceu em 6 de março de 1937, em Bolshoye Maslennikovo, cidade que fica em Oblast de Yaroslavl (espécie de província que existia na União Soviética). Marcada na história soviética como uma heroína, Tereshkova teve uma origem humilde, uma vez que sua família era de camponeses.

Valentina Tereshkova teve origem humilde, mas ficou gravada como a primeira mulher a ir ao espaço.[1]
Valentina Tereshkova teve origem humilde, mas ficou gravada como a primeira mulher a ir ao espaço.[1]

Seu pai, Vladimir Tereshkov, trabalhava como motorista de trator e faleceu quando sua filha tinha apenas dois anos de idade. Sua morte aconteceu durante a Guerra de Inverno, conflito travado por União Soviética e Finlândia no final da década de 1930, nas proximidades da fronteira entre os dois países citados.

A ela se somavam dois irmãos, e, depois do falecimento de seu pai, sua mãe, Elena Tereshkova, decidiu se mudar para Yaroslavl. Lá ela começou a trabalhar em uma fábrica têxtil chamada Krasny Perekop. Aos 10 anos, Valentina iniciou sua educação formal, e, com 18 anos, começou a trabalhar, primeiro em uma fábrica de pneus e depois em uma fábrica têxtil.

Acesse também: Neil Armstrong, o primeiro homem a pisar na Lua

Formação como cosmonauta

Durante sua juventude, Valentina Tereshkova viu a oportunidade de tornar-se cosmonauta e a abraçou. Isso se deu porque o seu país passava pela corrida espacial, um desdobramento da Guerra Fria. Essa corrida basicamente foi uma disputa entre União Soviética e Estados Unidos para saber quem faria os maiores avanços na exploração do espaço.

Entre os capítulos dessa disputa, houve o envio de satélites, de seres vivos (como cachorros) e de seres humanos ao espaço. O envio da primeira mulher ao espaço foi um desses campos de disputa, e daí resultou-se a missão de Valentina Tereshkova. A oportunidade para que ela fosse enviada ao espaço como cosmonauta surgiu por volta de 1962.

Nesse período, Tereshkova era uma operária que fazia parte do Partido Comunista da União Soviética. Além disso, ela era paraquedista amadora e realizava saltos com grande frequência, sendo seu primeiro salto feito quando ela tinha 22 anos. Até março de 1962, Tereshkova tinha feito mais de 120 saltos.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Em 1962, foi anunciado o programa para que uma cosmonauta fosse enviada ao espaço (cosmonauta é o correspondente soviético de astronauta). O programa contou com milhares de inscrições e reduziu o número de candidatas para cinco mulheres. O processo de seleção e treinamento das cosmonautas durou meses e era secreto.

Os familiares e amigos de Valentina Tereshkova não sabiam que ela se preparava para ir ao espaço. Além do sigilo do programa, Tereshkova passou por testes rígidos que procuravam verificar se ela teria condições física e psicológica para suportar as dificuldades de uma viagem espacial.

Valentina Tereshkova acabou sendo uma das cinco selecionadas pelo programa. Com ela estavam: Valentina Ponomaryova, Tatyana Kuznetsova, Zhanna Yorkina e Irina Solovyova. No final desse processo, as duas selecionadas foram Valentina Tereshkova e Valentina Ponomaryovna. Elas tripulariam a Vostok 5 e Vostok 6, respectivamente.

Entretanto, uma mudança importante aconteceu, e Ponomaryovna foi retirada da Vostok 6. Assim, Tereshkova foi remanejada para a Vostok 6, e um cosmonauta foi indicado para tripular a Vostok 5. Acredita-se que isso aconteceu pelas visões feministas de Ponomaryovna.

A escolha de Valentina Tereshkova como a primeira cosmonauta foi feita pelo próprio Nikita Kruschev, primeiro-secretário do Partido Comunista e governante da União Soviética. Acredita-se que alguns fatores podem ter contribuído para essa escolha, pois Tereshkova:

  • Era engajada com o partido;

  • Tinha origem humilde;

  • Era operária;

  • Era filha de um herói de guerra;

  • Tinha experiência com paraquedismo.

Fala-se até que ela não obteve melhores resultados que as outras candidatas e que esses fatores que listamos acima foram cruciais para a sua escolha. Em resumo, o governo soviético enxergava Valentina Tereshkova como a mulher soviética ideal.

Acesse também: Apollo 11 – o homem chega à Lua

Primeira cosmonauta

Réplica da cápsula da Vostok 6, a espaçonave que levou Valentina Tereshkova para o espaço.[2]
Réplica da cápsula da Vostok 6, a espaçonave que levou Valentina Tereshkova para o espaço.[2]

Como mencionado, Tereshkova foi escolhida para tripular a Vostok 6, e o lançamento dessa espaçonave foi marcado para o dia 16 de junho de 1963. Ele aconteceu em Baikonur, cidade que fica atualmente no Cazaquistão, mas que era território soviético na época.

A missão de Tereshkova se estendeu por 71 horas, sendo que ela realizou 48 voltas ao redor da Terra. Entre os desafios que ela encarou durante a missão, destaca-se um problema no programa da espaçonave, que, ao invés de se aproximar da Terra, estava fazendo a nave se distanciar. Ela teve de assumir o controle manual para que pudesse entrar novamente na atmosfera terrestre.

Em cerca de seis mil metros de altitude, a cosmonauta se ejetou da cápsula da Vostok 6 e desceu o restante desse percurso de paraquedas. Ela enfrentou fortes ventos durante a descida e pousou em uma fazenda coletiva que ficava na fronteira do Cazaquistão com a Rússia. Tereshkova jantou com os moradores locais e depois foi resgatada.

Outros problemas que ela enfrentou foram náuseas e dores de cabeça. Apesar disso, a missão foi um sucesso e fez dela a primeira cosmonauta mulher da história. Ele foi transformada em uma heroína nacional, recebendo homenagens e condecorações do governo soviético.

Vida profissional e pessoal após a viagem

O programa soviético para enviar cosmonautas ao espaço foi encerrado em 1969, e, até esse ano, Tereshkova teve envolvimento direto com a área. Entretanto, o governo soviético só enviou outra mulher ao espaço na década de 1980. A missão de Tereshkova fez dela uma mulher reconhecida nacionalmente, e isso abriu portas para ela no governo soviético.

Ela também recebeu reconhecimento internacional e visitou diferentes nações. Na União Soviética, ela fazia parte do Comitê Central do Partido Comunista. Com a fragmentação da URSS, ela procurou se envolver com a política russa, mas só conseguiu ser eleita em 2011, para um cargo na Duma Federal, instituição que representa a câmara baixa do Legislativo russo.

Em sua vida pessoal, Valentina Tereshkova casou-se duas vezes. O primeiro casamento foi, em 1963, com Adrian Nokilayev, e se encerrou em 1982. Nokilayev também era um cosmonauta, e juntos tiveram uma filha chamada Elena. Ainda em 1982, ela se casou com o cirurgião Yuli Shaposhnikov, e manteve-se casada até 1999, quando ele faleceu.

Créditos das imagens

[1] Sergey Goryachev e Shutterstock

[2] Scifier e Shutterstock

 

Por Daniel Neves
Professor de História

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SILVA, Daniel Neves. "Valentina Tereshkova"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/biografia/valentina-tereshkova.htm. Acesso em 24 de setembro de 2021.

Artigos Relacionados
Clique aqui e saiba mais sobre a corrida espacial, seu contexto e seus principais acontecimentos, como o lançamento do primeiro satélite em órbita, o Sputnik.
As transformações e descaminhos que deram fim à União Soviética.
Acesse para saber mais sobre a Guerra Fria. Veja as características, os principais acontecimentos desse período e entenda como esse evento se encerrou.
Clique aqui e saiba mais sobre a NASA, agência espacial norte-americana fundada durante a Guerra Fria, em 1958.
Confira aqui qual foi a postura do Brasil no período da Guerra Fria.
Saiba o que foi a perestroika e glasnost, bem como o que Gorbatchev pretendia com elas.
Saiba mais sobre o Sputnik 1, o primeiro satélite artificial enviado ao espaço. Entenda como nasceu o projeto e quais seus principais acontecimentos.
Acesse e saiba mais sobre o stalinismo. Saiba quando Stalin ascendeu ao poder político da União Soviética e entenda as principais ações realizadas por esse regime.