Topo
pesquisar

Reflexão e Refração do Som

Física

Esquema da reflexão do som
Esquema da reflexão do som
PUBLICIDADE

As ondas sonoras obedecem aos mesmos fenômenos gerais da propagação ondulatória. Em razão da sua natureza, o som não pode ser polarizado, mas sofre a ação dos outros fenômenos, tais como reflexão, refração, interferência, difração e efeito Doppler. O som é uma onda que se caracteriza como onda mecânica quanto à natureza e longitudinal quanto à sua propagação, e tem frequência compreendida entre 20 hertz e 20 000 hertz. Onda mecânica porque precisa de um meio para se propagar e longitudinal porque a direção de propagação se coincide com a direção de vibração. O sistema auditivo humano consegue captar somente ondas sonoras que têm frequência compreendida na faixa entre 20 e 20 000 Hz, no entanto, seres como os morcegos e os golfinhos têm capacidade auditiva maiores que a dos seres humanos, ou seja, o sistema auditivo deles capta as ondas sonoras que ultrapassam a frequência de 20 000 hertz, denominadas de ondas ultrassônicas.

Reflexão do Som

As ondas sonoras obedecem às mesmas leis da reflexão da ondulatória. A reflexão de uma onda sonora acontece quando ela encontra um obstáculo e retorna para o meio de origem de propagação. O acontecimento desse fenômeno pode dar origem a dois outros fenômenos que são chamados de eco e reverberação. O eco acontece quando o som refletido retorna após o som original ser extinto totalmente. Na reverberação o som que foi refletido chega ao ouvido antes da extinção do som original, dessa forma ocorre o reforço do som emitido.

Refração do Som

A refração do som também obedece às leis da refração da ondulatória. A refração em uma onda ocorre quando ela passa de um meio para outro com índice de refração diferente, ocorrendo, dessa forma, a variação da velocidade de propagação e a variação do comprimento de onda, mas nunca a variação da frequência, pois se trata de uma característica da fonte que está emitindo a onda.

Difração do Som

A difração é a propriedade que as ondas têm de contornar obstáculos e que depende do comprimento da onda que está se propagando. Através da razão entre o comprimento de onda e a largura do obstáculo podemos calcular o grau de difração de uma onda específica, matematicamente podemos escrever:

r = λ/d

Quanto maior for a razão, maior será a extensão da curva de difração. Esse é o fenômeno que explica o fato de podermos ouvir atrás da porta quando uma pessoa fala do outro lado dela, além de ser um acontecimento largamente aplicado nas montagens de sistemas de alto-falantes.

Por Marco Aurélio da Silva
Equipe Brasil Escola

Ondas - Física - Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Marco Aurélio da Silva. "Reflexão e Refração do Som"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/fisica/reflexao-refracao-som.htm>. Acesso em 15 de dezembro de 2017.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA