Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Cálculos envolvendo diluição de soluções

Química

Os cálculos envolvendo diluição de soluções abordam as concentrações comuns, título e molaridade.
Químico diluindo uma solução vermelha na água
Químico diluindo uma solução vermelha na água
PUBLICIDADE

Realizar cálculos envolvendo diluição de soluções é verificar a quantidade de solvente que foi adicionada ou retirada delas, o que resulta nas seguintes alterações possíveis para suas concentrações:

  • Retirada de parte solvente: Quando parte do solvente é retirada de uma solução, a quantidade de soluto aproxima-se ou fica maior que a quantidade de solvente, tornando a solução concentrada.

  • Adição de mais solvente: Quando a solução recebe uma quantidade extra de solvente, a massa dele passa a ser ainda maior do que a de soluto, tornando a solução diluída.

As fórmulas comumente utilizadas para realizar esses cálculos são:

a) Para molaridade:

Mi.Vi = VF.VF

Mi = molaridade inicial da solução

Vi = volume inicial

MF = molaridade final da solução

VF = volume final da solução

OBS.: Volume final é a soma do volume inicial com o volume adicionado (Vf = Vi + Va) ou a subtração do volume inicial pelo volume de solvente que foi retirado (Vf = Vi - Ve).

b) Para concentração comum:

Ci.Vi = CF.VF

  • Ci = molaridade inicial da solução

  • CF = molaridade final da solução

c) Para título em massa:

Ti. mi = Tf.mf

  • Ti = Título inicial da solução

  • mi = Massa da solução inicial

  • Tf = Título final da solução

  • mf = Massa da solução final

Veja alguns exemplos do uso das fórmulas acima em cálculos envolvendo diluição de soluções:

Exemplo 1: 50 g de uma solução de H2SO4 de 63% em massa são adicionados a 400 g de água. A porcentagem em massa de H2SO4 na solução obtida é:

a) 7%.

b) 9%.

c) 10%.

d) 12%.

e) 16%.

Dados do exercício:

mi = 50g

Pi = 63%

OBS.: Transformando a porcentagem fornecida para título inicial dividindo por 100, temos:

Ti = 0,63

TF =?

PF = ?

Antes de encontrarmos a porcentagem, devemos inicialmente determinar o valor do título final (TF) por meio da seguinte expressão:

mi.Ti = mF.TF

50.0,63 = 450.TF

31,5 = 450.TF

31,5 = TF
450        

TF = 0,07

Após encontrarmos o valor do título final, basta multiplicá-lo por 100 para obtermos a porcentagem em massa do H2SO4 requerida:

P = TF.100

P = 0,07.100

P = 7%, Letra a).

Exemplo 2: A uma amostra de 100 mL de NaOH de concentração 20 g/L foi adicionada água suficiente para completar 500 mL. A concentração, em g/L, dessa nova solução é igual a:

a) 2.

b) 3.

c) 4.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

d) 5.

e) 8.

Dados do exercício:

Ci = 20g/L

Vi = 100 mL

VF= 500 mL

CF = ?

Para determinar o valor da concentração final (CF), basta utilizar a expressão abaixo:

Ci.Vi = CF.VF

20.100 = CF.500

2000 = CF.500

2000 = CF
500        

CF = 4g/L letra c).

Exemplo 3: Diluição é uma operação muito empregada no nosso dia a dia. Um exemplo é quando preparamos um refresco a partir de um suco concentrado. Considere 100 mL de determinado suco em que a concentração do soluto seja de 0,4 mol. L-1. O volume de água, em mL, que deverá ser acrescentado para que a concentração do soluto caia para 0,04 mol. L-1 será de:

a) 1000.

b) 900.

c) 500.

d) 400.

Dados do exercício:

Mi = 0,4 mol/L

Vi = 100 mL

OBS.: não é necessário transformar a unidade mL do volume inicial porque o exercício pede o volume adicionado também em mL.

Va = ?

VF= ?

MF = 0,004 mol/L

O enunciado não fornece o volume final (VF) e pede para calcular o volume adicionado (Va). Para tal, devemos antes lembrar que o volume final é a soma do volume inicial (Vi) mais o volume adicionado:

VF = Vi + Va

Adicionando o valor do volume inicial na expressão acima, teremos:

VF = 100 + Va

Assim, se substituirmos o VF acima na expressão para cálculos em diluição, poderemos encontrar o valor do volume adicionado:

Mi.Vi = MF.VF

0,4.100 = 0,04.( 100 + Va)

OBS.: Devemos multiplicar o 0,04 por cada dado no interior dos parênteses:

40 = 4 + 0,04.Va

40 – 4 = 0,04.Va

36 = 0,04.Va

36 = Va
0,04       

Va = 900 mL, letra b).

Exemplo 4: Quando são diluídos 100 cm3 de uma solução 0,5 mol/dm3 para 0,2 mol/dm3, qual será o volume da nova solução obtida?

a) 2500 cm3

b) 250 cm3

c) 200 cm3

d) 2000 cm3

Dados do exercício:

Mi = 0,5 mol/dm3

Vi = 100 cm3

OBS.: não é necessário transformar a unidade cm3 porque todas as alternativas trazem resultados de volume em cm3.

VF= ?

MF = 0,2 mol/dm3

Para encontrar o valor do volume final, basta adicionar os valores fornecidos na expressão abaixo:

Mi.Vi = MF.VF

0,5.100 = 0,2.VF

50 = 0,2.VF

50 = VF
0,2       

VF = 250 cm3 - letra b).


Por Me. Diogo Lopes Dias

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

DIAS, Diogo Lopes. "Cálculos envolvendo diluição de soluções"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/quimica/calculos-envolvendo-diluicao-solucoes.htm. Acesso em 05 de dezembro de 2021.

Assista às nossas videoaulas
Lista de Exercícios
Questão 1

Uma solução estoque de hidróxido de potássio (KOH) foi preparada pela dissolução de 5,6 g do soluto em água, obtendo-se, ao final, 200 mL. Posteriormente, um certo volume dessa solução foi diluído em 400 mL, obtendo-se uma nova solução de concentração igual a 0,30 mol.L–1. Determine o valor desse volume da solução estoque que foi diluído em 400 mL.

a) 255

b) 250

c) 240

d) 245

Questão 2

Assinale a alternativa que corresponde ao volume de água que foi adicionado a 800 mL de uma solução aquosa de sulfito de lítio, com 0,80 mol/L, para obter uma solução de 0,34 mol/L desse sal.

a) 1282 mL

b) 1182 mL

c) 1100 mL

d) 1082 mL

e) 1200 mL

Mais Questões
Artigos Relacionados
Clique para aprender tudo sobre os principais aspectos quantitativos das soluções!
Aprenda o que é e como é determinada a concentração comum de uma solução, isto é, a razão entre a massa do soluto e o volume da solução.
Veja como calcular a concentração de íon em mol/L presente em soluções iônicas e como isso é importante principalmente para o organismo humano.
Aprenda a realizar o cálculo da concentração em mol/L ou concentração em quantidade de matéria, que também é denominada concentração molar ou molaridade.
A diluição de uma solução se dá quando se acrescenta solvente a ela, aumentando o volume e diminuindo a concentração, mas a massa do soluto permanece constante.
Aprenda neste texto todas as particularidades referentes a uma mistura de soluções com solutos diferentes sem reação química.
Entenda a definição de soluto e de solvente, veja exemplos e como o tipo de soluto interfere na solução química que é formada.
O Título ou porcentagem em massa de uma solução é a medida que relaciona as massas do soluto e da solução.