Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

O que é tonoscopia?

O que é?

O que é tonoscopia? Trata-se de uma propriedade coligativa que estuda a diminuição da pressão máxima de vapor de um solvente que possui soluto não volátil dissolvido.
A pressão de vapor na garrafa com refrigerante é menor do que na garrafa de água destilada
A pressão de vapor na garrafa com refrigerante é menor do que na garrafa de água destilada
PUBLICIDADE

Tonoscopia é uma propriedade coligativa que estuda o abaixamento da pressão máxima de vapor de um determinado solvente em virtude da dissolução de um soluto não volátil (molecular ou iônico). As outras propriedades coligativas são:

A partir da definição exposta acima, fica evidente que, para realmente entender o que é tonoscopia, é fundamental conhecer outros três conceitos:

Pressão máxima de vapor

É a força exercida pelo vapor de um determinado líquido nas paredes de um recipiente fechado quando a velocidade de evaporação é igual à velocidade de condensação.

Em um recipiente com certa quantidade de etanol, que evapora com a influência da temperatura do ambiente, na medida em que o vapor encontra as paredes do recipiente, ele acaba passando para o estado líquido. Com o tempo, a velocidade de evaporação torna-se igual à velocidade de condensação. Nesse momento, a força que o vapor exerce nas paredes do recipiente é chamada de pressão máxima de vapor.

Mapa Mental: Tonometria ou Tonoscopia

Mapa Mental: Tonoscopia

* Para baixar o mapa mental em PDF, clique aqui!

Dissolução

É capacidade que um solvente apresenta de dissolver um determinado soluto. Após a dissolução, soluto e solvente passam a estabelecer entre si uma interação intermolecular, ou seja, estão interligados.

Soluto não volátil

Trata-se de um material que apresenta elevado ponto de ebulição, ou seja, não pode transformar-se em gás em temperaturas ambientes, por exemplo. Dessa forma, ao ser adicionado a um solvente, não ocorrerá perda desse material para o ambiente na forma de gás.

O soluto não volátil molecular é aquele que não é capaz de sofrer ionização ou dissociação ao ser dissolvido em um solvente. Assim, se adicionarmos uma molécula desse soluto no solvente, ela ficará apenas no meio.

O soluto não volátil iônico é aquele que sofre o fenômeno de dissociação ou ionização, ou seja, nele ocorre o rompimento de ligações entre os átomos, o que provoca o fracionamento da unidade molecular. Se dissolvermos 1 mol de ácido sulfúrico (H2SO4) em água, por exemplo, teremos a presença de dois mols do cátion hidrônio e um mol do ânion sulfato no meio, como mostra a equação abaixo:

H2SO4 +2H2O → 2H+ + SO4-2

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

A partir do esclarecimento desses conceitos basilares, fica mais fácil e claro entender a Tonoscopia.

Entendendo a tonoscopia

Para compreender a tonoscopia, vamos estudar rapidamente o comportamento de líquidos, como a água e o etanol. Os pontos de ebulição desses dois solventes são, respectivamente, 100oC e 78oC. Assim sendo, o etanol evapora mais rápido do que a água quando estão na mesma temperatura e na mesma quantidade.

Se houver 50 mL de etanol em um recipiente e 50 mL de água em outro recipiente, por exemplo, ambos fechados e a 250oC, a pressão máxima de vapor no recipiente com etanol será maior porque a quantidade de vapor é maior em seu interior.

Graficamente falando, sempre que a curva de um líquido encontra-se mais afastada do eixo y (vertical), menor será sua pressão máxima de vapor, como no gráfico abaixo:

Pressão de vapor de diferentes líquidos
Pressão de vapor de diferentes líquidos

Legenda do gráfico: Propanone = propanona (acetona)
                                 Ethanol = etanol
                                 Water = Água
                                 Ethanoic acid = Ácido etanoico

No gráfico, podemos confirmar que a pressão de vapor do etanol (curva vermelha) é sempre maior que a da água (curva azul) em qualquer temperatura.

OBS.: Resumindo, quanto maior o ponto de ebulição de um determinado solvente, menor será sua pressão máxima de vapor e vice-versa.

Como a tonoscopia estuda a diminuição da pressão máxima de vapor em razão da dissolução de um soluto não volátil no solvente, se misturarmos cloreto de sódio (NaCl) na água, a pressão máxima de vapor da água, a 100oC, que é de 760 mmHg, com certeza diminuirá. Mas por que isso acontece?

Quando o cloreto de sódio (soluto iônico) dissolve-se na água, ocorre a interação de seus íons com as moléculas da água. Essa interação torna mais difícil a evaporação do solvente. Como a evaporação foi dificultada, haverá menos vapor de água no recipiente, o que causará uma diminuição da pressão máxima de vapor.

Assim, quanto maior a quantidade de cloreto de sódio em uma mesma quantidade de água, mais difícil será a evaporação e menor ainda será a pressão máxima de vapor.


Por Me. Diogo Lopes Dias

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

DIAS, Diogo Lopes. "O que é tonoscopia?"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/o-que-e/quimica/o-que-e-tonoscopia.htm. Acesso em 27 de novembro de 2021.

Artigos Relacionados
Descubra o que é a ebulioscopia e saiba quais são as formas utilizadas para realizar os cálculos que envolvem essa propriedade coligativa.
Conheça o que é fator de Van't Hoff, saiba como calculá-lo e entenda como esse código corrige valores em uma propriedade coligativa.
Conheça o que é a osmoscopia, propriedade coligativa que estuda a ocorrência da osmose, e aprenda a calcular a pressão osmótica.
Veja o que é pressão máxima de vapor e como ela é influenciada pela temperatura e pela natureza da substância.
Entenda a definição de soluto e de solvente, veja exemplos e como o tipo de soluto interfere na solução química que é formada.
Descubra como as interações intermoleculares e as massas molares das substâncias interferem nos seus respectivos pontos de ebulição.
O Fator de Van’t Hoff (i) é a relação feita entre o número total de partículas finais em relação às iniciais nas soluções iônicas.
Os alimentos cozinham mais rápido em uma panela de pressão porque há um aumento da pressão interna, assim, o ponto de ebulição do líquido aumenta, atingindo maiores temperaturas.
Propriedade coligativa que estuda a diminuição da pressão máxima de vapor de um solvente.
Dissociação e Ionização, cientista italiano Volta, corrente elétrica, físico-químico sueco Svant August Arrhenius, Teoria de Arrhenius, íons positivos, cátions, íons negativos, ânions, soda cáustica, sal de cozinha, moléculas polares, dissociação iônica,
Propriedades coligativas, tonoscopia, ebulioscopia, crioscopia, osmoscopia, efeitos coligativos, redução do potencial químico do solvente, temperatura de ebulição, diminuição do ponto de fusão, pressão osmótica, soluto não-volátil, soluto, solvente, tempe
Dissociação eletrolítica, o que é dissociação eletrolítica, a teoria de Arrhenius, a divisão das moléculas, o estudo naquela época.