Topo
pesquisar
Texto-A+A

O que é gasolina aditivada?

O que é Química?

Para saber o que é gasolina aditivada, deve-se entender que esse combustível é a adição de substâncias à gasolina comum com a função de preservar e limpar o motor do carro.
A gasolina é um dos principais combustíveis utilizados pelo ser humano em seu dia a dia
A gasolina é um dos principais combustíveis utilizados pelo ser humano em seu dia a dia
PUBLICIDADE

Para entender o que é a gasolina aditivada, é importante, antes de mais nada, lembrar o que é a gasolina. De acordo com a Agência Nacional de Petróleo (ANP), a gasolina é um líquido obtido em um processo de destilação fracionada do petróleo.

Quando o petróleo é submetido ao processo de destilação fracionada, a gasolina é uma das frações (produtos) conseguidas com esse método de separação e constitui uma mistura de hidrocarbonetos que apresentam em sua composição alcanos com quatro a doze átomos de carbono.


Exemplos de hidrocarbonetos presentes na gasolina

A qualidade e a composição da gasolina obtida nas refinarias dependem do tipo de petróleo que foi utilizado no processo de refino. Quanto maior a quantidade de alcanos ramificados, com mais de sete carbonos e aromáticos, melhor a qualidade da gasolina.


Estrutura dos alcanos ramificados que aumentam a qualidade da gasolina

A qualidade da gasolina está relacionada com o termo octanagem, o qual refere-se à capacidade de um combustível de resistir, na câmara de compressão do motor, sem explodir, até haver a ignição nas velas.

Para ser comercializada nos postos, a gasolina comum, obtida nas refinarias, recebe a adição do chamado álcool anidro (etanol), o que visa a um melhor índice de octanagem da gasolina.

No caso da gasolina aditivada, além de receber o álcool anidro, esse combustível recebe ainda a adição de substâncias denominadas dispersantes e detergentes, os quais apresentam como função a redução da formação de depósitos no carburador, nos bicos injetores, nas hastes e nas válvulas de admissão.

Além dessas funções, as substâncias detergentes, presentes na gasolina aditivada, ainda atuam:

  • Como materiais anticorrosivos, evitando entupimento e danos nas peças do motor;

    Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
  • Para melhorar o índice de octanagem;

  • Minimizando a ignição superficial, a pré-ignição e as falhas nas velas;

  • Minimizando a oxidação e a formação de gasolina viscosa e para melhorar as características de manipulação e armazenamento;

  • Para desativar traços de cobre e outros íons metálicos que são poderosos catalisadores de oxidação;

  • Minimizando a corrosão e a ferrugem no sistema de combustível;

  • Evitando a formação de gelo na borboleta do acelerador;

  • Reduzindo os depósitos no sistema de injeção e no motor de forma a melhorar a explosão.

Entre as principais substâncias utilizadas como aditivos para a gasolina, podemos citar:

  • Tetra-etil-chumbo


Fórmula estrutural do tetra-etil-chumbo

Essa substância orgânica é formada por quatro grupos etil e pelo metal chumbo. Entretanto, quando a gasolina com esse aditivo é queimada, libera grande quantidade desse metal pesado na atmosfera, poluindo o ar e, consequentemente, o solo e a água.

Em decorrência de toda a poluição provocada por esse aditivo, sua utilização foi vetada em diversos países, porém, como seu preço é muito atrativo, ainda é bastante utilizado na produção de gasolina aditivada.

  • Terc-butil-metil-éter (MTBE)


Fórmula estrutural do MTBE

Esse é o aditivo mais utilizado atualmente no lugar do tetraetil-chumbo, pois não libera um metal pesado e não produz tantos gases tóxicos no seu processo de queima, como também libera menor quantidade de monóxido de carbono (CO).

A presença do átomo de oxigênio nas moléculas de MTBE faz com que o processo de combustão seja mais completo, ou seja, formando CO2 e não CO. Porém, trata-se de uma substância extremamente solúvel em água e de difícil degradação por parte da natureza. Por essa razão, esse aditivo apresenta um grande potencial ofensivo ao meio ambiente quando eliminado pelos automóveis.

 

 

Por Me. Diogo Lopes Dias

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

DIAS, Diogo Lopes. "O que é gasolina aditivada?"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/o-que-e/quimica/o-que-e-gasolina-aditivada.htm. Acesso em 19 de agosto de 2019.

Na reação de combustão acima temos a queima de palitos de fósforo
O que é Química?
O petróleo é um líquido oleoso, de cor que varia entre o preto e o castanho-escuro, além de ser viscoso
O que é Química?
O petróleo é a principal fonte de hidrocarbonetos na natureza
O que é Química?
O etanol é o álcool mais conhecido
O que é Química?
O alambique é um destilador artesanal
O que é Química?
Representação em três dimensões da estrutura do éter etílico
O que é Química?
A corrosão é um sinal visual típico da ocorrência de oxidação.
O que é Química?
O Álcool pode causar depedência e mudança no comportamento
Drogas
A indústria petrolífera é uma das propulsoras da economia no mundo todo, sendo o petróleo uma das mais importantes fontes de energia.
Geografia
A parafina é composta por alcanos
Química
As maiores reservas brasileiras de carvão mineral localizam-se no Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná
Física
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola