Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

O que foi a Guerra de Trincheiras?

A Guerra de Trincheiras foi a segunda fase da Primeira Guerra Mundial (1914–1918), ocorrida entre novembro de 1914 e março de 1918.

Quadro com o conceito de Guerra de Trincheiras na Primeira Guerra Mundial. Título: guerra-trincheiras
A Guerra de Trincheiras foi o principal tipo de estratégia militar utilizada na Primeira Guerra Mundial a partir de 1915.
Imprimir
Texto:
A+
A-

PUBLICIDADE

A Guerra de Trincheiras foi a segunda fase da Primeira Guerra Mundial (1914–1918), ocorrida entre novembro de 1914 e março de 1918, causada pelo equilíbrio de forças nas regiões de fronteira entre os territórios da Tríplice Aliança e Tríplice Entente. Sua estratégia consistiu na construção de linhas cavadas nas regiões de fronteiras que continham toda uma infraestrutura para o abastecimento das tropas, comunicação com os comandos, movimentação e combate.

O fim dessa fase da guerra ocorreu quando as forças se desequilibraram no front em 1917, devido ao surgimento de novas tecnologias bélicas, como o carro de combate e o uso de gás cloro pelas tropas alemãs, e, sobretudo, a saída da Rússia da guerra e posterior ingresso dos Estados Unidos.

Leia também: Antecedentes históricos da Primeira Guerra Mundial

Tópicos deste artigo

Resumo sobre a Guerra de Trincheiras

  • A Guerra de Trincheiras foi a segunda fase da Primeira Guerra Mundial (1914–1918), ocorrida entre novembro de 1914 e março de 1918.

  • As causas da Guerra de Trincheiras foram o equilíbrio de forças nas regiões de fronteira entre os territórios da Tríplice Aliança e Tríplice Entente, principalmente entre França e Alemanha.

  • As estratégias da Guerra de Trincheiras consistiram na construção de linhas cavadas nas regiões de fronteiras que continham toda uma infraestrutura para o abastecimento das tropas, comunicação com os comandos, movimentação e combate.

  • O fim da Guerra de Trincheiras ocorreu quando as forças se desequilibraram no front em 1917, devido ao surgimento de novas tecnologias bélicas, como o carro de combate, o uso de gás cloro pelas tropas alemãs e, sobretudo, a saída da Rússia da guerra e posterior ingresso dos Estados Unidos

  • Foram consequências da Guerra de Trincheiras: crises humanitárias de saúde ocasionadas pela falta de saneamento, o início dos combates com armas químicas, as diversas mortes ocorridas nos campos de batalhas e os saltos tecnológicos em armamentos pesados.

Quais são as causas da Guerra de Trincheiras?

Trincheira alemã ocupada por tropas britânicas em julho de 1916, durante a Batalha de Somme (França).
Trincheira alemã ocupada por tropas britânicas em julho de 1916, durante a Batalha de Somme (França).

A Guerra de Trincheiras foi a segunda fase da Primeira Guerra Mundial (1914–1918), ocorrida entre novembro de 1914 e março de 1918. Suas causas foram o equilíbrio de forças nas regiões de fronteira entre os territórios da Tríplice Aliança e Tríplice Entente, sobretudo entre França e Alemanha: as tropas em conflito possuíam equipamentos militares e armamentos semelhantes, técnicas e táticas de combate semelhantes, e, com isso, surgiu um impasse que travou os avanços e determinou os rumos desse período.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Estratégia da Guerra de Trincheiras

As estratégias da Guerra de Trincheiras consistiram na construção de linhas cavadas nas regiões de fronteiras que continham toda uma infraestrutura para o abastecimento das tropas, comunicação com os comandos, movimentação e combate. Foram grandes espaços organizados para servir como centros de comando itinerantes. No entanto, as trincheiras enfrentavam diversos problemas sanitários, sobretudo devido à falta de estruturas de saneamento e higiene e ao grande número de mortos e doenças.

Trincheira alemã no Front Ocidental (entre os territórios da França e Alemanha) em 1916.
Trincheira alemã no Front Ocidental (entre os territórios da França e Alemanha) em 1916.

Mapa das trincheiras

As trincheiras foram construídas em áreas de fronteira entre países em conflito na Primeira Guerra Mundial.

 Mapa da Guerra de Trincheiras mostra as trincheiras alemãs (à esquerda) e britânicas (à direita) em Artois, França.
 Mapa da Guerra de Trincheiras mostra as trincheiras alemãs (à esquerda) e britânicas (à direita) em Artois, França.

O mapa acima mostra trincheiras alemãs (à esquerda) e britânicas (à direita) na região de Artois, França, em 1917. Entre elas, o espaço de terra conhecido como “no man’s land”, a terra de ninguém, ou seja, um território neutro entre as zonas entrincheiradas.

Leia também: Uso de armas químicas na Primeira Guerra Mundial

Fim da Guerra de Trincheiras

O impasse causador da Guerra de Trincheiras foi rompido quando as forças se desequilibraram no front em 1917. Isso ocorreu por uma série de fatores:

  • o surgimento de novas tecnologias bélicas, como o carro de combate (blindado e armado);

  • o uso de gás cloro pelas tropas alemãs (que causava irritações na pele e aparelho respiratório dos inimigos);

  • a saída da Rússia da guerra e posterior ingresso dos Estados Unidos.

A Rússia estava sofrendo a conclusão da Revolução Russa, um processo revolucionário socialista que culminou na formação da União Soviética anos mais tarde. Nesse contexto, o governo revolucionário de Vladmir Lenin assinou um tratado de rendição — o Tratado de Brest-Litovski — por meio do qual a Rússia sairia da guerra e em contrapartida perderia diversos territórios. Para reforçar a Tríplice Entente, os Estados Unidos entraram no conflito e, com tropas numerosas e tecnologia bélica de ponta, romperam o impasse das trincheiras.

Consequências da Guerra de Trincheiras

Como consequências da Guerra de Trincheiras, pode-se citar as crises humanitárias de saúde ocasionadas pela falta de saneamento, o início dos combates com armas químicas (destacadamente o uso do gás cloro pelos alemães), as diversas mortes ocorridas nos campos de batalhas e os saltos tecnológicos em armamentos pesados, utilizados como forma de romper os impasses nas trincheiras.

Exercícios resolvidos sobre a Guerra de Trincheiras

1. Durante a Primeira Guerra Mundial (1914–1918), ocorreu a Guerra de Trincheiras, que pode ser definida como:

a) a primeira fase da guerra, ocorrida entre julho e novembro de 1914

b) a segunda fase da guerra, ocorrida entre novembro de 1916 e março de 1917

c) a primeira fase da guerra, ocorrida entre novembro de 1914 e março de 1918

d) a segunda fase da guerra, ocorrida entre novembro de 1914 e março de 1918

e) a segunda fase da guerra, ocorrida no ano de 1917

Gabarito: D. A Guerra de Trincheiras foi a segunda fase da guerra, ocorrida entre novembro de 1914 e março de 1918.

2. As trincheiras, utilizadas em larga escala durante a Primeira Guerra Mundial, são definidas como:

a) linhas cavadas nas regiões de fronteiras que continham toda uma infraestrutura para o abastecimento das tropas, comunicação com os comandos, movimentação e combate.

b) túneis subterrâneos nas regiões de fronteiras que continham toda uma infraestrutura para o abastecimento das tropas, comunicação com os comandos, movimentação e combate

c) linhas cavadas nas regiões centrais dos países que continham toda uma infraestrutura para o abastecimento das tropas, comunicação com os comandos, movimentação e combate.

d) caminhos abertos nas regiões de floresta que possibilitaram o avanço das tropas sob território inimigo.

Gabarito: A. As trincheiras eram linhas cavadas nas regiões de fronteiras que continham a infraestrutura adequada para o abastecimento das tropas, comunicação com os comandos, movimentação e combate.

Fontes

HOBSBAWN, Eric. A Era dos Extremos: o breve século XX (1914 – 1991). São Paulo: Companhia das Letras, 1995.

HOBSBAWNS, Eric. Nações e Nacionalismo desde 1870. São Paulo: Paz e Terra, 2012.

SONDHAUS, Lawrence. A primeira guerra mundial: História Completa. São Paulo: Contexto, 2013.

 

Por Tiago Soares Campos
Professor de História

Escritor do artigo
Escrito por: Tiago Soares Campos Bacharel, licenciado e doutorando em História pela USP. Bacharel em Direito e pós-graduado em Direito pela PUC. É professor de História e autor de materiais didáticos há mais de 15 anos.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

CAMPOS, Tiago Soares. "O que foi a Guerra de Trincheiras?"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/o-que-e/historia/o-que-foi-guerra-trincheiras.htm. Acesso em 25 de maio de 2024.

De estudante para estudante


Artigos Relacionados


O que foi a Batalha de Stalingrado?

Você sabe o que foi a Batalha do Stalingrado? Leia este texto e fique por dentro dos detalhes desse acontecimento que marcou a Segunda Guerra.
O que é História?

O que foi a Guerrilha do Araguaia?

Você sabe o que foi a Guerrilha do Araguaia? Leia e saiba como uma organização comunista revolucionária instalou-se no Norte do Brasil.
O que é História?

O que é a Primeira Guerra Mundial?

Clique aqui e aprenda sobre a Primeira Guerra Mundial. Saiba os fatores que a eclodiram. Entenda suas fases e como o conflito foi encerrado.
O que é História?

Batalha de Liège

Clique aqui e veja como foi a Batalha de Liège. Entenda o que foi o Plano Schlieffen e veja as consequências da Batalha de Liège na Primeira Guerra Mundial.
Guerras

Tratado de Brest-Litovsk

Saiba o que foi o Tratado de Brest-Litovsk, firmado na cidade homônima da então Bielorrússia, em março de 1918, entre o Império Alemão e a Rússia bolchevique.
História Geral

Mark I – O primeiro tanque de guerra da História

Saiba como era e que impacto teve o primeiro tanque de guerra da História, “Mark I”, que entrou em operação em 1916, na Batalha de Somme.
Guerras

Tríplice Aliança

Clique para entender o que foi a Tríplice Aliança e quais países fizeram parte dela. Entenda as motivações envolvidas na formação desse acordo militar em 1882.
História Geral

Uma trégua de natal na I Guerra Mundial

Saiba mais sobre a trégua de natal realizada entre alemães e ingleses nas trincheiras da I Guerra Mundial.
História Geral

Pacto germano-soviético e a escravização eslava

O pacto germano-soviético adiava o projeto nazista de ruralização e escravização da população eslava.
História Geral

Saída da Rússia da Primeira Guerra Mundial

Conheça os principais fatores que motivaram, no ano de 1917, a saída da Rússia da Primeira Guerra Mundial (1914-1918).
História Geral

Gripe espanhola

Clique para saber mais acerca da gripe espanhola. Entenda por que ela leva esse nome, vejas as teorias sobre onde surgiu e saiba como afetou o Brasil.
História Geral

As transformações da moda ocorridas na Europa com a Primeira Guerra Mundial

Transformações da moda no contexto da Primeira Guerra Mundial
História Geral

A vida nas trincheiras

O horror e a dura rotina dos soldados que viviam nas trincheiras.
História Geral

PUBLICIDADE