Topo
pesquisar

Civilização Assíria

História Geral

A Civilização Assíria formou um grande império com seu poderoso e organizado exército a partir da cidade de Assur, na Mesopotâmia, por volta de 1300 a.C.
PUBLICIDADE

Os assírios, um dos povos que habitaram a Mesopotâmia, constituíram um grande império a partir da cidade de Assur. Esse império ficou conhecido como um dos maiores e mais organizados da região, surgido aproximadamente em 1300 a.C. e que foi hegemônico até 612 a.C. A Civilização Assíria também se destacou por causa de seu poderoso exército, com guerreiros temíveis, notórios pelo recorrente uso da violência contra seus inimigos.

Surgimento do Império Assírio

Os assírios desenvolveram seu império a partir da cidade de Assur, localizada no norte da Mesopotâmia. Assur, segundo estudos arqueológicos, surgiu por volta de 1900 a.C., mas, de acordo com o que sugerem alguns historiadores, foi oficialmente criada por volta do terceiro milênio a.C. e, então, foi somente reconstruída em 1900 a.C.

O crescimento e desenvolvimento da cidade de Assur esteve diretamente relacionado com a prosperidade dos comerciantes assírios em colônias comerciais, como a de Karum Kanesh (na Anatólia). Apesar disso, ao longo do segundo milênio a.C., os assírios foram conquistados por diversos povos, como os amoritas e hurritas.

Por volta de 1300 a.C., o domínio dos hurritas na Assíria enfraqueceu-se após eles entrarem em guerra contra os hititas. O enfraquecimento dos hurritas permitiu que os assírios pudessem reconquistar sua independência, que foi liderada pelo rei assírio Assuruballit I. Com essa vitória conquistada pelos assírios, iniciou-se seu período da hegemonia na região, que se estendeu até 612 a.C.

Durante a história dos assírios, existiram outras cidades importantes além de Assur, como Nínive e Nimrud. A cidade de Nínive foi transformada em capital por volta de 700 a.C. e era onde ficava a Biblioteca de Nínive, construída a mando do rei Assurbanípal II. Essa biblioteca possuía cerca de 30 mil peças em sumério e acadiano, em tábuas de escrita cuneiforme. Muito do que se sabe sobre a Mesopotâmia foi encontrado nos resquícios dessa biblioteca.

Exército assírio

Com a vitória sobre os hurritas, os assírios iniciaram um processo de expansão territorial e formaram uma sociedade extremamente militarizada, na qual o governo era realizado por um rei apoiado por uma elite guerreira. O sucesso desse povo decorreu da constituição de um exército extremamente organizado, que foi, inclusive, considerado um dos primeiros exércitos profissionais da história da humanidade.

Além da profissionalização de seu exército, o sucesso dos assírios explica-se, em parte, pela eficácia de suas armas. Os assírios desenvolveram ótimas armas de cerco e fizeram uso do ferro, o que era um diferencial naquela época. Os historiadores afirmam que eles conseguiram articular com habilidade o uso de soldados de infantaria, apoiados pela cavalaria e por arqueiros.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Essa organização militar permitiu aos assírios estenderem seus domínios e formarem um dos maiores impérios da Mesopotâmia. Um dos grandes feitos realizados por esse povo foi a conquista do Egito, que aconteceu por volta do século VII a.C. Além disso, os assírios controlaram toda a Mesopotâmia, parte da Ásia Menor e a região da Palestina.

Para manter tantos territórios e diferentes povos sob seu controle, os assírios fizeram uso da violência e do terror. Eles ficaram extremamente conhecidos pelo uso de técnicas de tortura violentíssimas contra os povos que resistiam ou rebelavam-se contra seu domínio. Registros assírios apontaram ainda a utilização de técnicas de esfolamento vivo de vítimas, decapitação e empalamento.

Outro mecanismo de controle muito comum utilizado pelos assírios era a de deportação dos povos conquistados. Isso consistia em desterrar um povo e espalhá-lo por diferentes partes do Império Assírio, de forma a desarticular a cultura dos dominados e diminuir as possibilidades de resistência e rebelião. Além disso, essa prática era feita de maneira organizada, pois os assírios aproveitavam das habilidades de cada indivíduo usando-as em benefício de seu império.

O uso da violência contra os povos dominados acabou surtindo efeito contrário ao que os assírios esperavam. Por mais que essa crueldade aterrorizasse os povos conquistados, também motivava-os a rebelarem-se constantemente contra a opressão dos assírios. Além da violência, os altos impostos cobrados também motivavam rebeliões e, em razão disso, ao longo de sua história, os assírios lidaram com diversas rebeliões em diferentes partes de seu império.

Declínio e queda dos assírios

A decadência dos assírios foi iniciada exatamente após a morte do rei Assurbanípal II, considerado um dos grandes reis assírios. Assurbanípal II havia controlado de maneira eficaz o império durante 42 anos de reinado, e seus sucessores não conseguiram realizar o mesmo feito. Por esse motivo, a fragmentação do império assírio aconteceu de maneira rápida.

Em 616 a.C., o rei dos medos, Ciaxares, fez uma aliança com Nabopalassar, líder dos caldeus, e, juntos, iniciaram uma guerra contra os assírios (liderados por Sinsariscum). A coalizão formada por medos e caldeus também contou com o apoio de citas e cimérios e resultou na conquista e destruição total da cidade de Nínive em 612 a.C. Com essa derrota, o rei Sinsariscum foi morto, e a Assíria deixou de existir como império independente e, partir desse acontecimento, foi totalmente dominada pelos caldeus.

*Créditos da imagem: Colin Porteous e Shutterstock

Por Daniel Neves
Graduado em História

Imagem assíria feita em pedra retratando o rei Assurbanípal II.*
Imagem assíria feita em pedra retratando o rei Assurbanípal II.*

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SILVA, Daniel Neves. "Civilização Assíria"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/historiag/civilizacao-assiria.htm. Acesso em 18 de setembro de 2019.

Lista de Exercícios
Questão 1

(Osec - SP) Os assírios destacaram-se:

  1. pelas suas realizações científicas no campo da astronomia.
  2. pelo notável intercâmbio comercial realizado com os fenícios.
  3. pelo militarismo organizado e cruel.
  4. pela codificação do antigo direito consuetudinário.
  5. pela construção de tumbas monumentais para seus reis.

Questão 2

(FATEC) O primeiro exército organizado do mundo, com recrutamento obrigatório e que se tornou uma força permanente após o reinado de Tiglatfalasar III (745 - 728 a. C.), foi uma criação dos:

a) egípcios

b) caldeus

c) assírios

d) sumérios

e) acádios

Mais Questões
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola