Topo
pesquisar

Função conativa da linguagem

Gramática

A função conativa é uma das funções da linguagem cuja ênfase encontra-se no destinatário da mensagem para persuadi-lo e influenciar seu comportamento.
Função conativa: função de influenciar o comportamento do destinatário da mensagem.
Função conativa: função de influenciar o comportamento do destinatário da mensagem.
PUBLICIDADE

A função conativa, a qual também é chamada de apelativa, é uma das funções da linguagem de acordo com a gramática normativa. A conação apresenta ênfase no receptor da mensagem, ou seja, tem o objetivo de persuadir o destinatário/interlocutor e influenciar o seu comportamento.

Podemos encontrar a linguagem conativa nos textos publicitários (propagandas) e nos textos religiosos (orações, preces), já que ambos se dirigem diretamente ao receptor da mensagem para convencê-lo a fazer/pensar alguma coisa. O modo imperativo dos verbos e o uso de vocativos são algumas das estratégias discursivas utilizadas nos textos cuja função da linguagem é essencialmente apelativa.

É importante ressaltar que há outros gêneros textuais da tipologia injuntiva ou prescritivos, como as receitas culinárias ou outros textos instrucionais, como os manuais de instalação de aparelhos eletrônicos, os quais também utilizam os verbos no modo imperativo. Entretanto, diferentemente dos textos publicitários, por exemplo, as receitas culinárias e os manuais de instrução não têm o objetivo de convencer o destinatário a respeito da mensagem, mas apenas informá-lo a respeito de algum processo ou etapas de um processo. Nesse caso, a função da linguagem empregada é referencial, e não Conativa.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Observe os exemplos de textos cuja função da linguagem seja conativa/apelativa:

Linguagem conativa em textos publicitários:

Linguagem conativa em orações e preces:

Oração do Pai Nosso

Pai nosso que estás nos céus, santificado seja o Vosso nome.
Venha a nós o Vosso Reino.
Seja feita a Vossa vontade, assim na Terra como no Céu.
O pão nosso de cada dia nos dai hoje.
Perdoai as nossas ofensas assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido.
E não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal.
Amém.

 

Por Ma. Luciana Kuchenbecker Araújo

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

ARAúJO, Luciana Kuchenbecker. "Função conativa da linguagem"; Brasil Escola. Disponível em <https://brasilescola.uol.com.br/gramatica/funcao-conativa-linguagem.htm>. Acesso em 20 de abril de 2019.

Assista às nossas videoaulas
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola