Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Era Cenozoica

Era Cenozoica é a era geológica que começou há 65,5 milhões de anos e dura até hoje. É marcada pelo surgimento dos seres humanos e pela formação das primeiras sociedades.

Imagem representativa de um mamute, animal extinto em uma das eras do gelo que ocorreram na Era Cenozoica.
A Era Cenozoica é marcada pelas eras do gelo e pelo surgimento dos seres humanos.
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

A Era Cenozoica é uma era geológica pertencente ao Éon Fanerozoico e que começou há 65,5 milhões de anos, estendendo-se até o presente. Ela se divide entre os períodos Paleógeno e Neógeno, sendo o último o mais recente. Cada um desses períodos são subdivididos em épocas, desde o Eoceno até a época atual, denominada Holoceno.

Durante a Era Cenozoica, o planeta Terra adquiriu as suas características atuais de clima, de relevo e de distribuição continental, além da sua composição biológica. Foi também no período mais recente da Era Cenozoica que os seres humanos surgiram, tornando-se importantes agentes de transformação do meio natural.

Leia também: Era Mesozoica — detalhes sobre a era geológica que antecedeu à Era Cenozoica

Tópicos deste artigo

Resumo sobre a Era Cenozoica

  • A Era Cenozoica é uma era geológica que começou há 65,5 milhões de anos e se estende até os dias atuais. Pertence ao Éon Fanerozoico.

  • Divide-se em dois períodos: Paleógeno (65,5 a 23 milhões de anos) e Neógeno (23 milhões de anos até o presente).

  • Cada período desta era se divide em épocas, que são: Eoceno, Oligoceno, Mioceno, Plioceno, Pleistoceno e Holoceno.

  • É antecedida pela Era Mesozoica, marcada pelo surgimento e extinção dos dinossauros, pela diversificação de espécies de animais e plantas sobre a Terra e pelo início da fragmentação da Pangeia.

  • Caracteriza-se pela sucessão de eras glaciais, além dos últimos movimentos tectônicos que fizeram com que os continentes adquirissem sua atual configuração.

  • Durante a Era Cenozoica, novas espécies de animais se desenvolveram e se espalharam pelo planeta, como grandes mamíferos e primatas, enquanto outras foram extintas.

  • Os seres humanos surgiram durante o Período Neógeno da Era Cenozoica. Com isso, a atividade humana passou a ser um importante agente transformador do meio natural.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O que é a Era Cenozoica?

A Era Cenozoica é a era geológica em que nos encontramos no presente e se iniciou há 65,5 milhões de anos. Pertence ao Éon Fanerozoico e se iniciou logo depois do término da Era Mesozoica, com o fim do Período Cretáceo. O planeta Terra como hoje o conhecemos e todos os elementos que o caracterizam, como o clima, a vegetação, o relevo e as diferentes formas de vida, se estabeleceram durante a Era Cenozoica. Dentre as formas de vida, destaca-se os seres humanos.

A palavra Cenozoico tem origem no grego e significa “nova vida” ou “novas formas de vida”, fazendo referência à diversificação biológica pela qual o planeta Terra passa desde o princípio desta era geológica.

Assim como as demais eras geológicas do Fanerozoico, a Era Cenozoica se divide em dois períodos. Esses períodos são conhecidos como:

  • Terciário (65,5 a 1,8 milhões de anos).

  • Quaternário (1,8 milhão de anos até o presente).

Os períodos da Era Cenozoica, entretanto, foram reavaliados e, hoje em dia, são divididos em:

  • Paleógeno (65,5 a 23 milhões de anos), portanto, inserido no antigo Período Terciário.

  • Neógeno (23 milhões de anos até o presente), esse novo período compreende parte do antigo Terciário e todo o antigo Quaternário.

Antecedentes da Era Cenozoica

Tiranossauro rex, uma espécie de dinossauro, animal que viveu na Terra durante a Era Mesozoica, antecessora da Era Cenozoica.
Foi durante a Era Mesozoica, que antecedeu à Era Cenozoica, que os dinossauros viveram sobre a Terra.

A Era Cenozoica aconteceu depois da Era Mesozoica, que se entendeu entre 251 e 65,5 milhões de anos no passado geológico. A era geológica que antecedeu à Cenozoica ficou conhecida como a era dos répteis, já que foi durante ela que novos espécimes dessa classe de animais surgiram, resultando numa grande diversificação de espécies e de tipos. Foi, inclusive, durante a Era Mesozoica que surgiram e que foram extintos os dinossauros. Esses répteis gigantes começaram a aparecer na Terra no Período Triássico, viveram seu apogeu no Jurássico e foram extintos ao final do Cretáceo.

Durante a Era Mesozoica, duas grandes extinções em massa aconteceram, o que levou a um novo processo de repovoamento e de diferenciação das espécies de animais e de plantas existentes no planeta Terra. Essas extinções aconteceram durante o Período Permiano e durante o Cretáceo, ou seja: no início e no final da Era Mesozoica.

Foi também antes da Era Cenozoica que a Pangeia (supercontinente que reunia todas as massas emersas da Terra) terminou de ser formada e começou a se fragmentar. Isso significa que foi durante o Mesozoico que os continentes que hoje conhecemos iniciaram o seu processo de formação para adquirirem a atual configuração. Para além disso, o clima da Pangeia era quente e seco, o que gerou uma série de regiões desérticas. A exceção eram as terras próximas ao Equador terrestre, que dispunham de maior teor de umidade.

Características da Era Cenozoica

A Era Cenozoica tem um marco inicial, mas ainda não terminou. A era em que vivemos é a última na escala de tempo geológico e se iniciou há 65,5 milhões de anos, logo após o final do Período Cretáceo e da extinção dos dinossauros. O principal aspecto da Era Cenozoica é que as características do planeta Terra começaram a se mostrar logo no princípio, há mais de 65 milhões de anos, o que inclui a configuração dos continentes, os tipos de clima e as diferentes formas de vida.

Tudo começou com a fragmentação dos supercontinentes, que representavam as terras emersas, dando origem às formas continentais como as conhecemos atualmente. Houve, ainda, o surgimento de novas espécies de animais, de insetos, de peixes e de plantas, com grande evolução e difusão dos mamíferos. Foi durante a Era Cenozoica que os primatas apareceram e se desenvolvem.

Imagem representativa de seres humanos caçadores coletores, que surgiram na Terra na época Holoceno da Era Cenozoica.
Os seres humanos surgiram na Terra na época Holoceno da Era Cenozoica.

Considerando a amplitude da escala geológica, podemos dizer que, mais recentemente, a Era Cenozoica ficou marcada pelo surgimento do Homo sapiens e pela constituição de diferentes grupamentos de indivíduos coletores e caçadores sobre a superfície terrestre, dando origem às populações humanas e, mais tarde, às diferentes sociedades que coexistem no nosso planeta.

Períodos da Era Cenozoica

A Era Cenozoica é dividida em dois períodos distintos, que abordaremos a seguir. Cada um é subdividido em épocas.

Paleógeno (65,5 a 23 milhões de anos)

Épocas do Paleógeno

Paleoceno (65,5 a 55,8 milhões de anos)

Clima quente e uniforme pelo planeta, com a continuação da separação dos continentes, alguns já com forma semelhante à atual. Depois de uma extinção em massa no Cretáceo, pequenos mamíferos, répteis e roedores surgiram ou se desenvolveram e se espalharam. Os primatas têm origem durante o Paleoceno.

Eoceno (55,8 a 33,9 milhões de anos)

As temperaturas desse período foram as mais altas registradas para a Era Cenozoica. O elevado nível dos oceanos fez com que a água do mar avançasse sobre os continentes. Nisso, surgiram baleias, elefantes, morcegos e animais com cascos, como cavalos de baixa estatura.

Oligoceno (33,9 a 23 milhões de anos)

A Antártida começou a se tornar um continente isolado, ao mesmo tempo em que ampliava a camada de gelo sobre ela pela primeira vez. O tectonismo e o vulcanismo se tornaram mais intensos em áreas como América do Norte, parte da América do Sul e Europa. Enquanto algumas espécies de animais se adaptaram e se desenvolveram ao novo clima, agora sazonal, outras foram extintas.


Neógeno (23 milhões de anos até o presente)

Épocas do Neógeno

Mioceno (23 a 5,3 milhões de anos)

Montanhas e cadeias montanhosas se formaram ou continuaram a se erguer durante o Mioceno, como os Himalaias e os Apalaches. O clima da Terra esfriou, e surgiram novos biomas, como as Pradarias e os Estepes, formados por gramas altas e vegetação rasteira. Grandes mamíferos foram predominantes nessa época, e os primatas antropoides, os mais próximos da espécie humana, apareceram.

Plioceno (5,3 a 1,8 milhões de anos)

O clima da Terra resfriou durante o Plioceno, e as calotas polares no Hemisfério Sul continuaram a crescer. Além disso, uma cobertura de gelo surgiu no Polo Norte. Os continentes já tinham, quase todos, a forma atual, e o mar Mediterrâneo havia ressecado nessa época. A migração de animais por pontes terrestres foi intensa, ao mesmo tempo em que novas espécies de mamíferos surgiram. Houve o desenvolvimento dos primeiros hominídeos.

Pleistoceno (1,8 milhão a 10.000 anos)

Alterações no clima foram sentidas durante todo o Pleistoceno, que teve períodos de glaciação e interglaciais, o que alterou a cobertura de gelo e o nível dos oceanos. Por conta dessas variações, muitas espécies de animais e plantas deixaram de existir, como foi o caso dos grandes mamíferos (mamutes, mastodontes, tigres-dentes-de-sabre e outros). Os seres humanos modernos passaram a habitar boa parte das terras emersas, com exceção dos polos e da Antártida.

Holoceno (10.000 anos até o presente)

O planeta Terra adquiriu a configuração climática, continental e biológica que conhecemos. Ao mesmo tempo, o ser humano se tornou um dos principais agentes transformadores do espaço natural e do meio em que vive. Existem pesquisadores que, por conta disso, adicionam o Período Antropoceno logo após o Holoceno, indicando se tratar de um tempo em que a presença e a ação dos seres humanos sobre os agentes naturais (atmosfera, biota e relevo) são predominantes no planeta Terra, bem como determinantes para as transformações nele observadas.


Veja também: Mamute — detalhes sobre um grande mamífero extinto na Era Cenozoica

Fim da Era Cenozoica

A Era Cenozoica é a atual era geológica, ou seja, é a era na qual vivemos. Ela ainda está em andamento, e não existe um período definido para seu fim.

Escala de tempo geológico

A escala de tempo geológico é a linha temporal que registra o processo de transformação e de evolução do planeta Terra desde a sua origem, há 4,6 bilhões de anos, até o presente. Trata-se de uma escala temporal medida em bilhões, milhões ou milhares de anos, dividindo-se da seguinte forma:

  • Éons: intervalos de tempo mais longos, medidos em bilhões e em milhões de anos.

  • Eras geológicas: subdivisões dos éons, contadas em milhões de anos.

  • Períodos: subdivisões das eras geológicas, contadas em milhares ou milhões de anos.

  • Épocas: subdivisões dos períodos geológicos, sendo o intervalo mais curto na escala geológica.

Acesse também: Qual é a origem da vida?

Exercícios resolvidos sobre Era Cenozoica

Questão 1

(UFRGS) Considere as seguintes afirmações sobre o período geológico Quinário.

I. No período que inicia após o Quaternário, as ações humanas na superfície terrestre implicam o reconhecimento dos depósitos superficiais e das formas de relevo antropogênicas.

II. No atual período geológico, o homem é um importante agente geológico no planeta e desencadeia processos geomorfológicos cujas intensidades superam muitos processos naturais.

III. Diante das projeções da escassez dos recursos naturais não renováveis, a denominação de Quinário, para o atual período de reconhecimento do homem como agente geológico e geomorfológico, será proposta a partir do final do próximo século.

Quais estão corretas?

A) Apenas I.

B) Apenas II.

C) Apenas III.

D) Apenas I e II.

E) I, II e III.

Resolução:

Alternativa D

As transformações humanas no Quaternário (atualmente chamado Neógeno) foram fundamentais para o processo de transformação de vários aspectos do planeta Terra. A terminologia Quinário já é utilizada por alguns pesquisadores para se referirem a esse período, enquanto outros o denominam Antropoceno.

Questão 2

(IGF) O planeta Terra tem cerca de 4,5 bilhões de anos. Para efeito de estudos, todo este período é dividido em éons, eras e períodos. O éon fanerozoico é subdividido nas eras paleozoica, mesozoica e cenozoica.

Considerando os conhecimentos sobre a história do planeta Terra e a evolução da vida, é correto afirmar que o ser humano surge:

A) na era cenozoica.

B) no período jurássico.

C) na era mesozoica.

D) no período triássico.

E) na era paleozoica.

Resolução:

Alternativa A

Os seres humanos surgiram durante o final do Período Plioceno, na Era Cenozoica.

Fontes

REDAÇÃO. O que é o Antropoceno e por que esta teoria científica responsabiliza a humanidade? National Geographic Brasil, 16 jan. 2023. Disponível em: https://www.nationalgeographicbrasil.com/historia/2023/01/o-que-e-o-antropoceno-e-por-que-esta-teoria-cientifica-responsabiliza-a-humanidade.

TEIXEIRA, Wilson.; FAIRCHILD, Thomas Rich.; TOLEDO, Maria Cristina Motta de; TAIOLI, Fabio. (Orgs.) Decifrando a Terra. São Paulo, SP: Companhia Editora Nacional, 2009, 2ª ed.

YOUTH AND EDUCATION IN SCIENCE (YES). Cenozoic. United States Geological Survey (USGS), [s.d.]. Disponível em: https://www.usgs.gov/youth-and-education-in-science/cenozoic.

Escritor do artigo
Escrito por: Paloma Guitarrara Licenciada e bacharel em Geografia pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e mestre em Geografia na área de Análise Ambiental e Dinâmica Territorial também pela UNICAMP. Atuo como professora de Geografia e Atualidades e redatora de textos didáticos.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

GUITARRARA, Paloma. "Era Cenozoica"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/geografia/era-cenozoica.htm. Acesso em 14 de abril de 2024.

De estudante para estudante