Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Rio+10

Geografia

A Rio+10 reuniu representantes de 189 países para discutir a preservação do meio ambiente, saneamento básico, saúde, fornecimento de água, entre outros fatores.
A busca pelo equilíbrio ambiental
A busca pelo equilíbrio ambiental
PUBLICIDADE

As conferências internacionais realizadas pela Organização das Nações Unidas (ONU) ao debaterem assuntos relacionados ao meio ambiente, consistem em oportunidades para a elaboração de projetos na busca por soluções práticas e eficazes visando a proteção ambiental.

O primeiro grande evento foi realizado em Estocolmo, na Suécia, em 1972. Em 1982 ocorreu um novo encontro, em Nairóbi, no Quênia. O Brasil sediou uma conferência, organizada na cidade do Rio de Janeiro, em 1992, cujo evento ficou conhecido como Eco-92. Após 10 anos, foi realizada em Johanesburgo, na África do Sul, a Cúpula Mundial sobre o Desenvolvimento Sustentável.

Entre os dias 26 de agosto a 4 de setembro de 2002, a ONU promoveu em Johanesburgo, a Cúpula Mundial sobre o Desenvolvimento Sustentável, também conhecida como Rio+10. Esse evento reuniu representantes de 189 países, além da participação de centenas de Organizações Não Governamentais (ONGs).

As discussões na Rio+10 não se restringiram somente à preservação do meio ambiente, englobou também aspectos sociais. Um dos pontos mais importantes da conferência foi a busca por medidas para reduzir em 50%, o número de pessoas que vivem abaixo da linha de pobreza (com menos de 1 dólar por dia) até 2015.
Foram debatidas questões sobre fornecimento de água, saneamento básico, energia, saúde, agricultura e biodiversidade, além de cobrar atitudes com relação aos compromissos firmados durante a Eco-92, principalmente colocar em prática a Agenda 21 (documento composto por 2.500 recomendações para atingir o desenvolvimento sustentável).

No entanto, os resultados da Rio + 10 não foram muito significativos. Os países desenvolvidos não cancelaram as dívidas das nações mais pobres, bem como os países integrantes da OPEP (Organização dos Países Exportadores de Petróleo), juntamente com os Estados Unidos não assinaram o acordo que previa o uso de 10% de fontes energéticas renováveis (eólica, solar, etc.).

Um dos poucos resultados positivos foi referente ao abastecimento de água. Os países concordaram com a meta de reduzir pela metade, o número de pessoas que não têm acesso a água potável nem a saneamento básico até 2015.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Por Wagner de Cerqueira e Francisco
Graduado em Geografia
Equipe Brasil Escola

Aquecimento Global - Geografia Geral - Geografia - Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

FRANCISCO, Wagner de Cerqueira e. "Rio+10"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/geografia/rio-10.htm. Acesso em 27 de novembro de 2021.

Artigos Relacionados
Saiba mais sobre o Dia Mundial do Meio Ambiente, por que essa data foi instituída e a sua importância para a preservação dos recursos naturais.
Conheça um pouco mais sobre a ação antrópica e seus efeitos no meio ambiente. O texto aborda como as ações humanas têm alterado o meio ambiente, quais são os impactos positivos e negativos causados pela interferência do homem e qual é o cenário atual gerado pelas ações antrópicas.
Entenda mais sobre as conferências ambientais. O texto a seguir irá ajudá-lo na compreensão do que são, como surgiram e por que são necessárias as conferências ambientais, que reúnem representantes de vários países para discutir sobre os impactos ambientais e para estabelecer acordos que visam à sustentabilidade.
Saiba mais sobre a Rio + 20 que acontecerá no mês de junho na cidade do Rio de Janeiro.
Saiba o que é sustentabilidade, qual a diferença entre sustentabilidade e desenvolvimento sustentável e veja exemplos de ações sustentáveis.