Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Lichia

Frutas

PUBLICIDADE

A lichia é uma fruta de cor vermelha, arilo branco e sabor adocicado. Apresenta grande importância econômica, sendo usada na fabricação de doces, geleias, sorvetes e compotas. Essa planta é originária da China e é muito popular nesse país e no Sudeste da Ásia. Os maiores produtores de lichia são Vietnã, Tailândia, Índia, Madagascar e África do Sul.

No Brasil, a planta foi introduzida em 1810 e só começou a ser comercializada a partir de 1970. Atualmente, a comercialização e consumo da fruta têm aumentado consideravelmente, sendo São Paulo o maior estado produtor.

Leia também: Cacau — fruto utilizado na fabricação do chocolate

A lichieira é uma árvore originária da China. Seu fruto, a lichia, apresenta vitaminas e sais minerais importantes.
A lichieira é uma árvore originária da China. Seu fruto, a lichia, apresenta vitaminas e sais minerais importantes.

Características botânicas da lichieira

A lichieira, planta que possui como fruto a lichia, é uma árvore da família Sapindaceae, do gênero Litchi e espécie Litchi chinensis. É uma fruta tropical e subtropical originária da China. Existem três subespécies:

  • Litchi chinensis ssp. Chinensis;
  • Litchi chinensis ssp. Philippinensis;
  • Litchi chinensis ssp. javensis.

Das três subespécies citadas, apenas a Litchi chinensis ssp. chinensis é comercializada. Isso se deve ao fato de que a subespécie Litchi chinensis ssp. philippinensis produz frutos não comestíveis, e a Litchi chinensis ssp. javensis produz frutos menores e mais ácidos, o que torna a comercialização mais complicada.

A lichieira atinge cerca de 10 a 12 metros de altura, possuindo uma copa arredondada e galhos que, frequentemente, apresentam formato em V. Além disso, ela tem a tendência de desenvolver ramos voltados para baixo. As folhas são compostas com 4 a 7 folíolos e apresentam coloração verde-escuro na superfície superior e verde-acinzentado na superfície inferior.

Apresenta inflorescência do tipo panícula, a qual é constituída por várias pequenas flores brancas, verdes ou amarelas, que possuem cerca de 3 a 6 mm de largura quando abertas. Os panículos apresentam de 10 a 40 cm de comprimento. A floração ocorre no fim do inverno e no início da primavera, estando relacionada com as baixas temperaturas e condições de estresse hídrico.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

→ O fruto da lichieira: a lichia

O fruto da lichieira, a lichia, é do tipo drupa e apresenta coloração vermelha e formato redondo, ovoide ou em forma de coração. De modo geral, possui de 2 a 3,5 cm de diâmetro e é encontrado em cachos. A casca é rugosa e fácil de ser destacada. O fruto possui apenas uma semente de coloração marrom, e o arilo (cobertura carnosa presente em certas sementes) é branco, translúcido e doce. Após ser colhida, a lichia escurece rapidamente, sendo esse um problema grave para a sua comercialização. Vale destacar que o escurecimento provoca pouca alteração na qualidade da polpa da fruta.

Leia também: Como evitar o escurecimento da vitamina de banana?

Utilização da lichia

A lichia é um fruto de sabor agradável que possui um ótimo aroma e é levemente acidificado. Pode ser comida fresca ou ainda ser utilizada como matéria-prima para a fabricação de sucos, geleias, sorvetes, compotas, iogurtes e bebidas fermentadas. A polpa pode ser ainda comercializada desidratada ou enlatada. Geralmente a casca e a semente são descartadas.

A lichia é um fruto que pode ser consumido in natura ou pode ser utilizada na fabricação de  sorvetes e sucos, por exemplo.
A lichia é um fruto que pode ser consumido in natura ou pode ser utilizada na fabricação de  sorvetes e sucos, por exemplo.

Informações nutricionais da lichia

A lichia é uma fruta que possui uma composição nutricional que varia muito de acordo com o clima, o tipo de cultivo e a fertilidade nutricional do solo. De maneira geral, sabe-se que sua polpa apresenta alto valor nutricional, possuindo vitaminas, como a C, e minerais importantes, tais como ferro e potássio. A lichia é também uma grande fonte de substâncias fenólicas.

Vale salientar, no entanto, que não é apenas a polpa que apresenta componentes benéficos à nossa saúde. A casca da lichia é rica em antioxidantes, compostos fenólicos e também fibras. Quando comparada à polpa e à semente, a casca apresenta teores de fibras e vitamina C mais elevados. Alguns estudos recomendam, portanto, que o potencial de cascas e sementes deve ser explorado, uma vez que essas partes são geralmente descartadas, mas podem ser muito benéficas.

Devido às substâncias presentes na lichia, podemos dizer que esse fruto apresenta, por exemplo, atividade anti-inflamatória, antioxidante, anticancerígena, anticoagulante, hepatoprotetora e cardioprotetora. De acordo com a Associação Brasileira dos Produtores Exportadores de Frutas e Derivados (Abrafrutas), devido à presença de antioxidantes, a lichia ajuda no funcionamento correto de nossas células, evitando o efeito danoso do estresse e da má alimentação.

Leia também: Recomendações para uma alimentação saudável

Lichia mata?

Um estudo publicado na revista The Lancet associou a morte de várias crianças na Índia ao consumo de lichia. Isso levou muitas pessoas a acreditarem que o fruto poderia fazer mal e não deveria, portanto, ser consumido. Entretanto, é importante salientar que a lichia pode causar danos ao organismo, mas apenas em situações extremas.

A lichia possui uma substância que promove a queda dos níveis de glicose em nosso organismo, porém isso só terá impacto negativo se a pessoa já estiver com os níveis de glicose muito baixos e ingerir uma grande quantidade do fruto. As crianças que tiveram seus casos relatados na publicação estavam em situação de pobreza e condições nutricionais inadequadas.

 

Por Vanessa Sardinha dos Santos
Professora de Biologia

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "Lichia"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/frutas/lichia.htm. Acesso em 18 de junho de 2021.

Artigos Relacionados
Saiba mais sobre o ferro: sua obtenção na natureza, sua produção, suas aplicações na sociedade, sua importância para a saúde e fontes na alimentação.
Conheça mais a respeito do kiwi clicando aqui. Veja as características do kiwizeiro, bem como as propriedades nutricionais desse fruto.
Você conhece a pitaia? Clique aqui e saiba mais sobre essa fruta, suas utilizações e os benefícios que seu consumo pode trazer à saúde.
Benefícios do potássio no equilíbrio de fluidos no organismo.
Veja como os sais minerais agem em nosso organismo e em quais alimentos eles podem ser encontrados.
Clique aqui e aprenda mais sobre a vitamina C, sua importância para o corpo, em que alimentos é encontrada, e os riscos causados pela sua deficiência.