Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Aracaju

Geografia do Brasil

Aracaju é a capital do estado do Sergipe, na região Nordeste. Destaca-se como uma das cidades planejadas brasileiras, com planta que se assemelha a um tabuleiro de xadrez.
Bandeira de Aracaju.
Bandeira de Aracaju.
PUBLICIDADE

Aracaju é uma cidade brasileira e capital do estado de Sergipe, que fica na região Nordeste do país. Nasceu como uma cidade planejada no ano de 1855, e hoje é o principal centro político e econômico do estado. Aracaju conta também com o maior contingente populacional do Sergipe, com mais de 664 mil habitantes em 2020. Respondendo por uma grande parcela da economia estadual, os serviços e o comércio representam a maior parcela do PIB de Aracaju, com destaque para o turismo.

Leia também: Quais são as capitais dos estados brasileiros?

Resumo sobre Aracaju

  • Aracaju é a capital do estado de Sergipe, no Nordeste do Brasil.

  • Trata-se de uma cidade planejada fundada no ano de 1855.

  • Dispõe de clima Tropical semiúmido e relevo formado por planícies e tabuleiros.

  • Integra o bioma Mata Atlântica.

  • Forma a Região Metropolitana de Aracaju.

  • Possui 664.908 habitantes, sendo, assim, a cidade mais populosa de Sergipe.

  • É a cidade mais rica do estado, com PIB de R$ 17 bilhões, 41% do PIB sergipano.

  • O setor terciário lidera a economia de Aracaju, com destaque para as atividades do turismo.

  • Entre os pontos turísticos da cidade estão a Orla de Atalaia, o Passeio do Caranguejo, suas praias, e locais como o Oceanário e o Museu da Gente Sergipana.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Dados gerais de Aracaju

  • Gentílico: aracajuano

  • Localização

    • País: Brasil

    • Unidade federativa: Sergipe

    • Região intermediária[1]: Aracaju

    • Região imediata[1]: Aracaju

    • Região metropolitana: Região Metropolitana de Aracaju, formada pelos seguintes municípios: Aracaju, Barra dos Coqueiros, Nossa Senhora do Socorro, São Cristóvão.

    • Municípios limítrofes: São Cristóvão, Nossa Senhora do Socorro, Barra dos Coqueiros, Itaporanga d’Ajuda e Santo Amaro das Brotas.

  • Geografia

    • Área total: 182,163 km² (IBGE, 2020)

    • População total: 664.908 habitantes (IBGE, 2020)

    • Densidade: 3140,65 hab./km² (IBGE, 2010)

    • Clima: Tropical semiúmido

    • Altitude: quatro metros

    • Fuso horário: GMT -3

  • Histórico

    • Fundação: 17 de março de 1855

Veja também: São Luís – capital do estado nordestino do Maranhão

Geografia de Aracaju

Aracaju é a capital do estado brasileiro de Sergipe, localizado no litoral nordeste do país, sendo banhada pelo oceano Atlântico. A cidade possui área de 182 km² e é a terceira menor capital em extensão do Brasil, atrás apenas de Vitória (ES) e Natal (RN).

Conforme explanado pela prefeitura de Aracaju, os municípios que fazem divisa com a capital sergipana são Nossa Senhora do Socorro, Santo Amaro de Brotas e São Cristóvão. Desde 1995, em conjunto com outros três municípios, a cidade forma a Região Metropolitana de Aracaju.

Vista parcial do município de Aracaju, capital do Sergipe.
Vista parcial do município de Aracaju, capital do Sergipe.
  • Clima de Aracaju

Em Aracaju há a ocorrência do clima Tropical semiúmido. Esse tipo climático é marcado pela presença de uma estação seca e a outra chuvosa, além das temperaturas que se mantêm elevadas durante todo o ano, com média de 26 ºC. A precipitação se concentra nos meses de outono e inverno, portanto, entre março e agosto. O volume anual de chuvas chega a quase 1600 mm.

  • Relevo de Aracaju

Aracaju se encontra no domínio das Planícies e Terras Baixas Costeiras, conforme indica a classificação do relevo proposta por Aziz Ab’Sáber. A capital sergipana é composta por terrenos majoritariamente planos, caracterizada por feições como as planícies flúvio-marinhas e pelos tabuleiros litorâneos. A sede municipal se encontra a quatro metros acima do nível do mar.

  • Vegetação de Aracaju

O bioma Mata Atlântica compreende quase todo o litoral leste brasileiro, o que inclui a cidade de Aracaju. Além disso, a cidade integra o sistema costeiro-marinho do Brasil, caracterizado pela presença de restingas e manguezais.

  • Hidrografia de Aracaju

Os principais rios que banham a cidade de Aracaju são o rio Sergipe, que corre ao norte, e o rio Vaza-Barris, que corre na porção sul e se divide entre os territórios da Bahia e do Sergipe. Outros importantes cursos d’água que compõem a rede de drenagem do município são os rios Poxim e Pitanga, responsáveis por boa parte do abastecimento da sua região metropolitana, e o rio do Sal.

Mapa de Aracaju

Mapa do litoral nordestino brasileiro com destaque para Aracaju.
Mapa do litoral nordestino brasileiro com destaque para Aracaju.

Demografia de Aracaju

A cidade de Aracaju conta atualmente com uma população de 664.908 habitantes, de acordo com os dados do IBGE para o ano de 2020. É o maior contingente populacional do Sergipe, representando 28,67% de todos os moradores do estado.

O município é, ainda, o menos populoso entre as sedes estaduais da região Nordeste do Brasil, ficando na 19ª colocação quando se considera todas as capitais brasileiras. Apesar disso, é a capital que apresentou crescimento mais acelerado no Nordeste, que foi de 1,2% entre os anos de 2019 e 2020, superando a média brasileira de 0,88%, conforme informou a unidade do IBGE de Sergipe.

Em função da sua pequena extensão territorial, Aracaju consiste em uma cidade intensamente povoada, o que significa que possui alta densidade demográfica. Assim, a distribuição populacional na capital sergipana é de 3140,65 hab./km² (IBGE, 2010). O IBGE indica que todos os domicílios de Aracaju estão situados em sua zona urbana.

De acordo com a composição populacional, mais da metade dos aracajuanos se autodeclara parda (56,13%). Pouco mais de um terço se declara branco (31,99%); 10,19%, pretos; 1,31%, amarelos; e 0,38%, indígenas.

Veja também: Imigração – entrada de um indivíduo em um território que não seja o de origem

Divisão geográfica de Aracaju

O território de Aracaju se encontra subdividido em 42 bairros. O último Censo do IBGE, realizado em 2010, indicou que o bairro de Farolândia, localizado próximo da faixa costeira na zona sul da cidade e limitado, ao norte, pelo rio Sergipe, é o mais populoso deles. Destacam-se também os bairros Santa Maria e São Conrado.

Economia de Aracaju

Aracaju é a cidade mais rica de Sergipe. Seu Produto Interno Bruto (PIB) é de R$ 17,27 bilhões, o que representa uma parcela de aproximadamente 41% da riqueza do estado. Considerando todas as cidades do Brasil, Aracaju aparece como a 53ª economia municipal.

É o setor terciário, composto pela prestação de serviços e pelas atividades comerciais, que lidera a economia de Aracaju. Desconsiderando a participação do setor público e administrativo, o segmento responde por 65,88% do PIB da capital sergipana.

Uma das principais fontes de arrecadação é o turismo somado a todas as categorias que ele movimenta direta ou indiretamente. Aracaju possui inúmeras praias e paisagens naturais, que atraem diversos visitantes, como as praias de Atalaia, dos Náufragos, de Aruana e dos Artistas, além de estar situada próximo de outras importantes áreas de visitação de Sergipe, como o cânion do São Francisco.

A indústria representa 14,2% do PIB municipal, enquanto as atividades primárias respondem pela menor parcela, que é de somente 0,2%. Destaca-se nesse segmento a prática da pesca e a agricultura urbana de menor escala.

Letras formando “Eu amo Aracaju”.
Entre as principais atividades econômicas da capital sergipana, está o turismo.[1]

Governo de Aracaju

Aracaju possui uma democracia representativa, por meio da qual a sua população elege os indivíduos que ocuparão cargos no governo municipal. O prefeito é um deles, sendo o chefe do Poder Executivo local. O órgão que representa o Poder Legislativo é a Câmara Municipal, a qual é composta por 24 vereadores.

Como sendo a capital do estado de Sergipe, Aracaju representa o centro político-administrativo dessa unidade federativa, abrigando a sede do governo. As principais funções, e onde se localiza o gabinete do governador, são exercidas no Palácio Governador Augusto Franco.

Infraestrutura de Aracaju

Todos os domicílios de Aracaju se encontram na zona urbana do município, conforme apontam os dados do IBGE. Assim, boa parte deles faz uso dos serviços de infraestrutura urbana e se encontra conectada às redes de saneamento municipais. Uma parcela de 86,5% dessas unidades recebiam esgotamento sanitário adequado, e somente 0,3% dele estava inadequado quando o Censo foi realizado. A abrangência da rede de água é bem maior, de 97,9%. Os domicílios com acesso à energia elétrica, por sua vez, eram de 99,8%.

Os transportes e deslocamentos realizados em Aracaju, e na sua região metropolitana, acontecem por meio de vários modais. Um deles é o hidroviário. Além dos portos para viagens de maior escala, como o Porto de Aracaju — que não realiza serviços de exportação e importação por ser muito raso —, há também o transporte entre diferentes cidades da região através dos rios. Popularizou-se no litoral sergipano a utilização da embarcação chamada tototó, feita de madeira e cujo nome remete ao som do seu motor.

As estradas federais e estaduais são responsáveis pela conexão da capital de Sergipe com outras regiões e cidades brasileiras, e os voos domésticos e internacionais se realizam principalmente por meio do Aeroporto Internacional Santa Maria.

Cultura de Aracaju

A capital sergipana possui um acervo cultural muito rico e de origens diversas. Sobressaem-se as influências das populações africana e europeia, as quais se manifestam por meio das crenças professadas, danças, festas tradicionais e nas artes diversas. Um exemplo é o quilombo urbano Maloca, que preserva tradições africanas, como as artes, o folguedo, que é uma festa popular, os grupos de folclore e as festas religiosas do Candomblé.|1|

As festas tradicionais da cidade vão das celebrações juninas aos festejos religiosos, como o dia da padroeira da cidade, em 8 de dezembro, e as procissões realizadas no mês de janeiro. O calendário cultural de Aracaju conta também com festivais de música e a Feira de Sergipe, que reúne expositores de todo o estado.

A Orla de Atalaia e a Passarela do Caranguejo são alguns dos principais pontos turísticos de Aracaju. A capital sergipana conta também com um Oceanário, onde é possível aprender mais sobre a vida marinha. Além disso, Aracaju conta com inúmeros prédios históricos, museus como o Museu da Gente Sergipana, e mercados populares, onde é possível se aprofundar na cultura da cidade.

Confira em nosso podcast: Cultura material e imaterial

História de Aracaju

A primeira capital sergipana surgiu ainda no primeiro século da colonização brasileira, com a fundação da cidade de São Cristóvão nas proximidades do rio Sergipe, em 1º de janeiro de 1590. Seu fundador, o português Cristóvão de Barros, assim o fez após um ataque às tribos indígenas que ali viviam, como uma forma de garantir o domínio português sobre a área.

O distrito de Aracaju foi criado no ano de 1837, com esse nome, que significa “cajueiro dos papagaios”. Como sendo uma cidade planejada, considera-se que a fundação de Aracaju assim ocorreu no ano de 1855, tendo surgido da necessidade de se transferir a capital da então província de Sergipe para uma área onde fosse mais fácil o escoamento da produção açucareira, o que não havia em São Cristóvão.

Com arruamento preestabelecido e quarteirões cujo desenho formam um tabuleiro de xadrez, como é comumente descrita, Aracaju se estabelece em 1865, tendo início o seu desenvolvimento urbano. Aproximadamente duas décadas depois, a cidade ganhou a sua primeira fábrica, e a chegada do século XX marcou a aceleração do processo de urbanização da capital sergipana. Hoje a cidade constitui no principal centro econômico e político de Sergipe.

Notas

|1| PREFEITURA DE ARACAJU. Cultura. Disponível aqui.

Crédito da imagem

[1] Iuliia Timofeeva / Shutterstock

 

Por Paloma Guitarrara
Professora de Geografia

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

GUITARRARA, Paloma. "Aracaju"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/brasil/aracaju.htm. Acesso em 17 de outubro de 2021.

Artigos Relacionados
Conheça quais são as capitais do Brasil e seus respectivos estados. Saiba como essas capitais distribuem-se pelo Brasil e quais foram as capitais federais.
Clique aqui para ler o nosso texto sobre a cidade de João Pessoa. Conheça um pouco mais dos aspectos geográficos, econômicos e populacionais da capital paraibana.
Leia nosso texto e conheça a cidade de Natal, capital do Rio Grande do Norte. Aprenda sobre seus aspectos geográficos, e entenda a sua importância para o estado.
Leia nosso texto sobre Recife e conheça um pouco da Veneza Brasileira, como é chamada. Saiba mais sobre a geografia, população e economia da capital pernambucana.
Clique aqui para conhecer um pouco mais de São Luís, capital do Maranhão. Leia sobre os aspectos geográficos, a população, a economia e a cultura desse município.
Clique aqui para ler nosso texto sobre Teresina e conhecer um pouco da capital do Piauí. Entenda a sua importância e descubra as principais características da cidade.