close
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Tecido epitelial

O tecido epitelial caracteriza-se pela presença de pouca matriz extracelular e células justapostas, ou seja, células intimamente unidas.

O tecido epitelial destaca-se pela presença de células bastante unidas.
O tecido epitelial destaca-se pela presença de células bastante unidas.
Imprimir
Texto:
A+
A-

PUBLICIDADE

O tecido epitelial caracteriza-se por apresentar células unidas e com pouca matriz extracelular entre elas. Nesse tecido, são encontradas células responsáveis pelo revestimento de superfícies e pela secreção de substâncias. Essas células possuem formato variado, o qual é, geralmente, acompanhado pelo núcleo. Em células com formato cúbico, por exemplo, o núcleo tende a ser esférico. Já em células achatadas, o núcleo apresenta-se também com formato chato.

Leia também: Tecidos humanos

Outra característica importante do tecido epitelial é o fato de que ele possui dois lados distintos, ou seja, é polarizado. O lado voltado para o lado de fora do órgão (cavidade) é chamado de superfície apical. Já a porção voltada para o lado oposto recebe o nome de superfície basal.

Geralmente, a superfície basal está apoiada em tecido conjuntivo, que está relacionado com o fornecimento de nutrientes para o tecido epitelial. Como a maioria dos epitélios não apresenta vasos sanguíneos, seus nutrientes chegam por meio dos capilares presentes no tecido conjuntivo subjacente.

Outro ponto que merece destaque é o fato de que o tecido epitelial possui algumas especializações (junções intercelulares), que permitem a adesão e a comunicação entre as células. Além disso, a superfície das células epiteliais pode conter especializações, como microvilosidades (pequenas projeções do citoplasma), cílios e flagelos. que aumentam a superfície de contato e facilitam a movimentação de partículas.

Tópicos deste artigo

Funções do tecido epitelial

A epiderme, uma das camadas que formam a pele, é constituída de tecido epitelial.
A epiderme, uma das camadas que formam a pele, é constituída de tecido epitelial.

Por apresentar células bastante unidas, o tecido epitelial atua, principalmente, como uma barreira, garantindo proteção contra micro-organismos, contra a perda excessiva de água, além de proteção mecânica. O tecido epitelial atua ainda na formação de glândulas, as quais exercem diversas funções no organismo. A glândula sudorípara, por exemplo, produz suor, que permite o controle da temperatura corpórea.

Leia também: Importância do transplante de órgãos e tecidos

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Tecido epitelial de revestimento

O tecido epitelial de revestimento é responsável por revestir o corpo e as superfícies dos órgãos. Por esse motivo, está relacionado com a proteção, absorção de substâncias e, até mesmo, com a percepção de certos estímulos.

Classificação do tecido epitelial de revestimento

O tecido epitelial de revestimento pode ser classificado de diferentes formas, de acordo com a quantidade de camadas de células e com o formato celular. No que diz respeito às camadas de células, o tecido epitelial pode ser dividido em:

  • Simples: apresenta apenas uma camada de células.

  • Estratificado: apresenta múltiplas camadas celulares.

  • Pseudoestratificado: apresenta apenas uma camada de células, entretanto, possui um aspecto que dá a falsa impressão de possuir várias camadas celulares. Isso ocorre porque as células possuem tamanhos variados, e a localização do núcleo é diferente em cada célula.

Observe a diferença entre tecido epitelial simples, estratificado e pseudoestratificado.
Observe a diferença entre tecido epitelial simples, estratificado e pseudoestratificado.

O tecido epitelial de revestimento pode ser ainda classificado de acordo com o formato das células. De acordo com essa classificação, temos:

  • Epitélio cúbico: tecido com células em formato cúbico.

  • Epitélio colunar: tecido com células alongadas.

  • Epitélio escamoso: tecido com células achatadas, que lembram azulejos.

  • Epitélio de transição: tecido com formato de células que varia de acordo com a distensão do órgão no qual é encontrado. No tecido da bexiga urinária, por exemplo, as células tornam-se mais achadas quando esse órgão está cheio. Já quando a bexiga está vazia, as células ficam com formato mais globoso.


Observe os diferentes formatos de células epiteliais.

Leia mais sobre: Classificação dos tecidos epiteliais

Tecido epitelial glandular

O tecido epitelial glandular forma as glândulas, sendo responsável por secretar substâncias. Vale destacar que as células desse tecido nem sempre estão agregadas formando glândulas complexas. A célula caliciforme, por exemplo, é uma célula epitelial glandular e é chamada por alguns autores de células de glândulas unicelulares.

As glândulas multicelulares, que são as glândulas propriamente ditas, podem ser classificadas em três tipos:

  • Glândula endócrina: São glândulas sem ductos que produzem secreções lançadas diretamente no sangue. Como exemplo, podemos citar a tireoide.

  • Glândula exócrina: São glândulas que possuem ductos e liberam sua secreção em cavidades ou na superfície do corpo. Como exemplo, podemos citar a glândula sebácea.

  • Glândula mista: Essa glândula possui uma porção endócrina e uma porção exócrina. Como exemplo, podemos citar o pâncreas.

Observe as estruturas de uma glândula endócrina e de uma exócrina.
Observe as estruturas de uma glândula endócrina e de uma exócrina.

Leia também: Principais glândulas endócrinas e seus hormônios

Exercícios

O tecido epitelial é encontrado em nosso corpo revestindo e formando as glândulas. Esse tecido, assim como os outros tecidos do corpo, apresenta grande importância para o funcionamento adequado do organismo. Em virtude da sua importância, é frequentemente abordado em provas de vestibular. Observe abaixo duas questões que abordam o tema:

QUESTÃO 1- (UDESC) Tecidos epiteliais, também denominados de epitélios, desempenham diversas funções no nosso organismo. Em relação a esses tecidos, analise as proposições:

I. Tecidos epiteliais são pluriestratificados em função de seu papel de proteção.

II. Alguns epitélios possuem especializações que aumentam a sua capacidade de absorção.

III. Especializações epiteliais do tipo desmossomos e junções adesivas aumentam sua capacidade de absorção.

IV. A pele é um exemplo de tecido epitelial de revestimento.

V. As glândulas mamárias, assim como as sudoríparas, são exemplos de tecido epitelial de secreção.

Assinale a alternativa correta.

a) Somente as afirmativas II e V são verdadeiras.

b) Somente as afirmativas I, III e IV são verdadeiras.

c) Somente as afirmativas II, III e V são verdadeiras.

d) Somente as afirmativas III, IV e V são verdadeiras.

e) Somente as afirmativas I, II e V são verdadeiras.

RESOLUÇÃO: Letra a

A afirmativa I está incorreta, pois existem epitélios simples e pseudoestratificados.

A afirmativa III está incorreta, pois desmossomos e junções relacionam-se com a adesão das células.

Já a afirmativa IV está errada, pois a pele é um órgão.

QUESTÃO 2- (UNICENTRO) Tecidos são grupos de células especializadas na realização de determinadas funções. No organismo dos vertebrados, há um grande número de tecidos, cujas células apresentam uma grande diversidade de estrutura e funções. Com base nos conhecimentos sobre os diferentes tecidos existentes nos vertebrados, é correto afirmar que:

a) As glândulas são originadas a partir de células do tecido conjuntivo presentes na substância fundamental.

b) O tecido epitelial é caracterizado por ter pouca substância intercelular e células justapostas.

c) O tecido adiposo é um tipo de tecido muscular no qual predominam células grandes, arredondadas, que armazenam gotas de lipídios.

d) O tecido nervoso apresenta células fusiformes constituídas por inúmeros microfilamentos de actina e miosina em seu citoplasma, o que permite a condução do impulso nervoso de célula para célula.

RESOLUÇÃO: Letra b

O tecido epitelial possui células bastante próximas umas das outras e pouca matriz extracelular entre elas.
 

Por Ma. Vanessa Sardinha dos Santos

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "Tecido epitelial"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/biologia/tecido-epitelial.htm. Acesso em 19 de maio de 2022.

De estudante para estudante


O que pode cair no Enem 2022 em Ciências da Natureza?

Por Thiago Cabral
Responder
Ver respostas

Videoaulas


Lista de exercícios


Exercício 1

Das características relacionadas a seguir, qual não se refere ao tecido epitelial?

a) Células justapostas

b) Pequena quantidade de matriz extracelular

c) Células com capacidade de contração

d) Ausência de vasos sanguíneos

e) Células com especializações que permitem a adesão e comunicação entre elas

Exercício 2

O tecido epitelial possui duas funções principais. Marque a alternativa que indica corretamente quais são elas:

a) proteção e contração

b) transmissão de impulsos e absorção

c) revestimento e secreção

d) contração e preenchimento

e) sustentação e transmissão de impulsos

Estude agora


Hilda Hilst

Nesta videoaula, você conhecerá um pouco mais sobre a vida e a obra da poeta brasileira Hilda Hilst. Confira nossa...

Francis Hutcheson

Teólogo protestante e filósofo irlandês, Francis Hutcheson foi uma das referências do filósofo e economista...