Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Homozigoto e heterozigoto

Homozigoto e heterozigoto são termos usados para descrever o genótipo de um organismo em um único lócus gênico.

Representação de pares de genes em uma cadeia de DNA.
Os genes estão em nossos cromossomos e são responsáveis por determinar nossas características.
Crédito da Imagem: Shutterstock
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

Homozigoto e heterozigoto são dois termos utilizados na genética para se referir, respectivamente, a indivíduos que apresentam alelos idênticos para uma característica e indivíduos que apresentam alelos diferentes para uma característica. Os indivíduos homozigotos podem ser homozigotos dominantes ou recessivos.

Recebem a denominação de homozigotos dominantes quando apresentam dois alelos dominantes e de recessivos quando apresentam dois alelos recessivos para aquela característica. Organismos homozigotos produzem gametas sempre com os mesmos alelos, diferentemente dos heterozigotos, os quais produzem gametas com alelos diferentes.

Leia também: Gregor Mendel — saiba quem foi o monge conhecido como o pai da genética

Tópicos deste artigo

Resumo sobre homozigoto e heterozigoto

  • Formas alternativas de um gene são chamadas de alelos.

  • O indivíduo homozigoto apresenta dois alelos iguais e produz gametas com os mesmos alelos.

  • O indivíduo heterozigoto, também chamado de híbrido, apresenta alelos diferentes e produz gametas com alelos diferentes.

  • Costuma-se representar os alelos com letras, sendo as letras maiúsculas usadas para alelos dominantes e as minúsculas, para alelos recessivos.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O que é homozigoto e heterozigoto?

Antes de compreendermos os conceitos de homozigoto e heterozigoto, devemos retomar alguns conhecimentos básicos em genética.

Os seres humanos, como sabemos, são organismos diploides, ou seja, possuem células com cromossomos que se organizam em pares denominados homólogos. Nesses cromossomos, estão os genes, porções de DNA responsáveis pelas nossas características.

A posição que cada gene ocupa em um cromossomo é denominada locus. Aos genes que ocupam o mesmo lugar (locus) em cromossomos homólogos, damos o nome de alelos. Eles são formas alternativas de um gene, ou seja, afetam a mesma característica, mas podem interferir de maneira diferente.

Costuma-se representar os alelos com letras. Letras maiúsculas são utilizadas para representar alelos dominantes, isto é, sozinhos já são capazes de expressar-se. Já as letras minúsculas são utilizadas para representar alelos recessivos, que só se expressam aos pares.

Representação de alelos em cromossomos homólogos
Os alelos são genes que ocupam o mesmo locus em cromossomos homólogos.

Os termos homozigoto e heterozigoto estão relacionados com a presença, respectivamente, de alelos iguais ou diferentes em cromossomos homólogos. Compreenda melhor esses conceitos a seguir.

  • O que é homozigoto?

Um indivíduo é homozigoto quando ele possui dois alelos iguais para determinada característica. Como cada célula possui dois alelos iguais para determinada característica, todos os gametas de um indivíduo homozigoto são iguais.

Considerando, por exemplo, o alelo A para indicar a produção de melanina em seres humanos e o alelo a para indicar a ausência de produção, podemos representar os indivíduos homozigotos como AA ou aa. Isso significa que temos homozigotos recessivos (aa) e homozigotos dominantes (AA). Nesse caso, os homozigotos dominantes são capazes de produzir melanina, enquanto os recessivos são albinos.

Organismos que apresentam genótipos homozigotos também são denominados puros.

Representação de alelos iguais e diferentes em indivíduos homozigotos e heterozigotos.
Observe a ocorrência de alelos iguais nos homozigotos e de alelos diferentes nos heterozigotos.
  • O que é heterozigoto?

Quando falamos que um indivíduo é heterozigoto, estamos dizendo que os alelos para determinada característica são diferentes. Considerando o exemplo da produção da melanina, podemos dizer que um indivíduo heterozigoto seria representado por Aa. Apesar de o gene estar relacionado com a cor da pele, um alelo determina a produção da melanina, e o outro, a sua ausência. Como o alelo A é dominante, o indivíduo em questão teria produção da proteína.

Diferentemente dos indivíduos homozigotos, os heterozigotos produzem gametas diferentes. Ainda analisando o exemplo anterior, teríamos gametas A e gametas a.

Um indivíduo heterozigoto também é chamado de híbrido. Quando um indivíduo é heterozigoto para uma característica, recebe a denominação mono-híbrido, enquanto indivíduos heterozigotos para duas características são chamados de di-híbridos.

Veja também: Herança genética da cor da pele

O que é hemizigoto?

Outro termo utilizado em genética e que merece destaque é o termo hemizigoto. Ele é usado para se referir a indivíduos diploides que possuem apenas um alelo para determinado gene. Nos machos da espécie humana, por exemplo, observa-se a presença de um cromossomo X e de um cromossomo Y. Alguns genes são observados apenas na região não homóloga desses cromossomos, não ocorrendo, portanto, aos pares.

Os genes que se encontram na região não homóloga do cromossomo X são responsáveis por uma herança denominada herança ligada ao sexo ou herança ligada ao X. É importante destacar que, nesses casos, os genes recessivos encontrados nessas regiões do cromossomo X expressam-se com maior frequência nos machos, uma vez que apenas um alelo já é suficiente para determinar sua expressão. Nas fêmeas, no entanto, para que eles se manifestem, precisam ocorrer em dose dupla, ou seja, nos dois cromossomos X.

Assim como ocorre no cromossomo X, há genes que se localizam apenas no cromossomo Y. Os genes localizados na região não homóloga do cromossomo Y são responsáveis por condicionar uma herança que recebe o nome de herança restrita ao sexo ou herança ligada ao Y.

 

Por Vanessa Sardinha dos Santos
Professora de Biologia

Escritor do artigo
Escrito por: Vanessa Sardinha dos Santos Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual de Goiás (2008) e mestrado em Biodiversidade Vegetal pela Universidade Federal de Goiás (2013). Atua como professora de Ciências e Biologia da Educação Básica desde 2008.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "Homozigoto e heterozigoto"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/biologia/homozigoto-heterozigoto.htm. Acesso em 25 de julho de 2024.

De estudante para estudante


Lista de exercícios


Exercício 1

Analise as alternativas a seguir e marque aquela que melhor define um organismo homozigoto.

a) Organismos homozigotos são aqueles que apresentam um alelo capaz de expressar a característica que carrega.

b) Organismos homozigotos são aqueles que apresentam dois alelos diferentes para determinada característica.

c) Organismos homozigotos são aqueles que apresentam dois alelos iguais para a mesma característica.

d) Organismos homozigotos são aqueles que apresentam alelos que não se expressam em pares.

e) Organismos homozigotos são aqueles em que ambos os alelos são dominantes.

Exercício 2

Uma determinada espécie de mamífero possui indivíduos com pelagem branca e com pelagem negra. A pelagem negra é dominante sobre a branca. Com isso, podemos concluir que um indivíduo branco:

a) é homozigoto dominante.

b) é homozigoto recessivo.

c) é heterozigoto.

d) é heterozigoto dominante.

e) é heterozigoto recessivo.