Topo
pesquisar

Dominância e recessividade

Biologia

PUBLICIDADE

Dominância e recessividade são dois conceitos importantes quando falamos em expressão de uma característica. Compreenderemos a seguir o que é a dominância e o que é a recessividade, e descobriremos como interpretar e resolver exercícios que abordam esse tema.

Atenção: Para compreender o tema, é fundamental conhecer alguns conceitos básicos de genética. Você pode conhecer alguns desses termos lendo o texto: Conceitos básicos em genética.

O que são alelos?

Antes de compreendermos o que é dominância e recessividade, devemos entender o que são alelos. Sabemos que o gene é uma sequência específica de nucleotídeos no DNA que determina um caráter hereditário. Os genes que determinam uma mesma característica estão situados em um mesmo lugar (locus) em cromossomos homólogos. Os alelos seriam então formas alternativas de um gene que ocupa o mesmo lócus em cromossomos homólogos.

Para entendermos melhor, podemos pensar na cor das flores das ervilhas estudadas por Gregor Mendel. Ele percebeu que existiam flores da cor púrpura e flores brancas. Existe, portanto, o gene que determina a cor das flores, e há duas versões (a que determina a cor púrpura e a que determina a cor branca) para esse gene, que são os alelos.

Para cada característica, um organismo herda dois alelos de um gene, um proveniente da mãe e outro do pai. Em um indivíduo, os alelos de determinado lócus em cromossomos homólogos podem ser idênticos ou diferentes.

O gene é uma porção de DNA responsável pelas características hereditárias. As formas alternativas dos genes são os alelos, que podem ser dominantes ou recessivos.
O gene é uma porção de DNA responsável pelas características hereditárias. As formas alternativas dos genes são os alelos, que podem ser dominantes ou recessivos.

Leia também: Genótipo e fenótipo: dois conceitos da genética que estão interligados

O que é dominância?

Dizemos que um alelo é dominante quando ele consegue determinar um fenótipo, mesmo que ocorra em dose simples. Isso significa que o alelo dominante irá expressar-se tanto em homozigose quanto em heterozigose.

Alelo dominante é expresso no fenótipo, mesmo em dose simples.


Para entender melhor essa questão, lembremos de uma das características estudadas por Mendel em seu trabalho com ervilhas. Ele observou que existiam plantas que geravam sementes amarelas e as que geravam sementes verdes. Após realizar vários cruzamentos, Mendel chegou à conclusão de que a característica amarela era dominante, enquanto a verde era recessiva.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Utilizando a letra v para indicar o alelo recessivo e V para indicar o alelo dominante, temos que as plantas que apresentam os alelos Vv e VV são amarelas. Isso se deve ao fato de que o alelo V é dominante e, mesmo que ocorra em dose simples, a característica que ele determina é expressa, que, no caso, é a coloração amarelada da semente.

Mendel realizou cruzamento com as ervilhas e percebeu que as sementes amarelas eram determinadas por fatores dominantes.
Mendel realizou cruzamento com as ervilhas e percebeu que as sementes amarelas eram determinadas por fatores dominantes.

Leia também: Primeira lei de Mendel

O que é recessividade?

Dizemos que um alelo é recessivo quando ele só expressa seu fenótipo aos pares. Desse modo, indivíduos heterozigotos não expressam o fenótipo determinado pelo alelo recessivo.

Alelo recessivo é expresso no fenótipo apenas em dose dupla.


Retomando o exemplo dado quando falamos de dominância, temos que as sementes das ervilhas podem ser amarelas ou verdes. O alelo v indica o alelo recessivo, o qual determina a cor verde, enquanto o alelo V indica o alelo dominante, o qual é responsável pela cor amarela. Como o alelo recessivo determina a cor verde, o indivíduo só apresentará sementes dessa cor se herdar dois alelos v, ou seja, se o indivíduo for vv.

Leia também: O que é codominância?

Exercícios sobre dominância e recessividade

Veja algumas questões que abordam o tema dominância e recessividade:

Questão 1- (UFLA) O alelo que manifesta o seu fenótipo tanto nos indivíduos homozigóticos como heterozigóticos é denominado:

a) Letal

b) Epistático

c) Recessivo

d) Dominante

e) Ligado


Resposta da questão 1: Como vimos ao longo do texto, os alelos podem ser dominantes ou recessivos. Os alelos dominantes são aqueles que expressam seu fenótipo mesmo em dose simples, ou seja, em homozigotos e heterozigotos. Dessa forma, a resposta correta para essa questão é a letra d.

Questão 2 - (Urca) Em porquinhos da índia, roedor dos Andes largamente criado em cativeiro por todo o mundo, pelo curto é condicionado por um gene dominante, e pelo longo, por um par de alelos recessivos. Pelo liso é condicionado por um gene dominante, e pelo crespo, por um par de genes recessivos. Caso um casal de cobaias heterozigotas para as duas características que envolvem o tipo de pelo seja cruzado entre si, qual o percentual de cobaias com fenótipo igual aos pais podemos esperar?

a) 6%

b) 12%

c) 25%

d) 50%

e) 56%


Resposta da questão 2: De acordo com o enunciado, o pelo curto é determinado por um gene dominante (L), enquanto o pelo longo é determinado por um alelo recessivo (l). Já o pelo liso é condicionado por um alelo dominante (C), enquanto o crespo é condicionado por alelo recessivo (c). Se o casal de cobaias é heterozigoto para as duas características, temos que cada indivíduo é LlCc e apresenta o fenótipo de pelo curto e liso. Esses indivíduos formarão gametas: LC, Lc, lC e lc. Realizando o cruzamento entre as duas cobaias, temos:

 

LC

Lc

lC

lc

LC

LLCC

LLCc

LlCC

LlCc

Lc

LLCc

LLcc

LlCc

Llcc

lC

LlCC

LlCc

llCC

llCc

lc

LlCc

Llcc

llCc

llcc


Os indivíduos que apresentam fenótipo de pelo curto e liso, igual ao dos pais, são aqueles que apresentam pelo menos um alelo L e um alelo C. Esses indivíduos foram destacados com a cor verde e correspondem a 9/16, ou, 56%. Sendo assim, a alternativa correta é a letra e.
 

Por Ma. Vanessa Sardinha dos Santos

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "Dominância e recessividade"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/biologia/domonancia-recessividade.htm. Acesso em 22 de novembro de 2019.

Lista de Exercícios
Questão 1

Ao estudar a composição genética de um indivíduo, observamos que alguns alelos expressam-se quando estão em homozigose ou heterozigose, produzindo o mesmo fenótipo. Marque a alternativa que indica corretamente o nome dado a esse alelo.

a) alelo recessivo.

b) alelo letal.

c) alelo dominante.

d) alelo codominante.

e) alelo múltiplo.

Questão 2

O albinismo é uma condição que acontece apenas quando um indivíduo apresenta dois alelos incapazes de produzir a forma ativa da tirosidase, uma enzima responsável pela conversão de tirosina em DOPA-quinona e desta em melanina. Quando um alelo só se manifesta em homozigose, dizemos que se trata de um:

a) alelo recessivo.

b) alelo letal.

c) alelo dominante.

d) alelo codominante.

e) alelo múltiplo.

Mais Questões
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola