Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Rita Lee

Rita Lee foi uma cantora e compositora conhecida como a “rainha do rock brasileiro”. Sua carreira musical incluiu grandes sucessos do rock e da MPB.

Rita Lee de óculos escuros cantando ao microfone.
Rita Lee foi conhecida como a rainha do rock brasileiro [1]
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

Rita Lee foi uma cantora e compositora nascida em São Paulo e conhecida como a “rainha do rock brasileiro”. Defensora dos direitos das mulheres, ela foi uma das primeiras a tocar guitarra em um palco. Dona de cabelos lisos, com franja e pintados de vermelho, a artista participou do grupo Os Mutantes, nos anos 1960 e 1970, tornando-se famosa nacionalmente.

Leia também: Gal Costa — grande ícone da MPB que já foi considerada uma musa hippie

Tópicos deste artigo

Resumo sobre Rita Lee

  • Rita Lee Jones de Carvalho, a Rita Lee, nasceu na capital paulista, em 31 de dezembro de 1947.

  • Rita Lee abandonou o curso de Comunicação Social na USP para se dedicar à música.

  • Participou do grupo de rock psicodélico Os Mutantes entre as décadas de 1960 e 1970.

  • Foi uma das primeiras mulheres a tocar guitarra no palco.

  • Sua irreverência tornou-a conhecida como a rainha do rock brasileiro.

  • Participou do grupo Os Mutantes antes de seguir carreira solo.

  • Rita Lee foi compositora e intérprete de grandes sucessos musicais, como “Erva venenosa”, “Lança perfume” e “Amor e sexo”.

  • Em 2012, a cantora se aposentou dos palcos por problemas de saúde, e, em 2021, revelou tratar um câncer de pulmão.

  • Rita Lee morreu na noite do dia 8 de maio de 2023 em sua residência.

Vida de Rita Lee

  • Infância e juventude de Rita Lee

Rita Lee Jones de Carvalho nasceu no dia 31 de dezembro de 1947, na cidade de São Paulo (SP). É a filha mais nova de Romilda Padula e Charles Fenley Jones, descendentes de italianos e norte-americanos respectivamente. A cantora tem duas irmãs: Mary e Virgínia. Ambas também contam com o sobrenome Lee, que, embora não seja oficialmente do seu pai, foi adotado por ele para homenagear um general.

Na sua infância e adolescência, a família da artista era de classe média. Ela morou no bairro paulistano Vila Mariana, onde ela afirmou já ter vivido grandes momentos. A artista estudou em um dos tradicionais colégios paulistas, o Liceu Pasteur. Rita Lee é poliglota e fala fluentemente idiomas como inglês, italiano, espanhol e francês.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Quando era criança, Rita Lee teve aulas de piano, mas foi na adolescência que realmente passou a ter interesse na música. Também nessa época começou a compor suas primeiras canções. Assim como vários jovens da década de 1960, Rita Lee gostava de bandas de rock internacionais como The Beatles e Rolling Stones. Também admirava cantores brasileiros como Cauby Peixoto e João Gilberto, um dos criadores do estilo musical bossa nova.

A cantora chegou a ingressar no curso de Comunicação Social, na Universidade de São Paulo (USP), mas abandonou a instituição para se dedicar à música. Considerada uma das principais cantoras de rock brasileiro, Rita Lee foi conhecida pela imagem icônica dos seus cabelos lisos, com franja e pintados de vermelho.

  • Vida familiar de Rita Lee

Rita Lee jovem, com os cabelos loiros, sorrindo.
Desde a sua juventude, Rita Lee foi considerada uma revolucionária. [2]

O primeiro marido de Rita Lee foi Arnaldo Baptista, seu parceiro musical no grupo Os Mutantes. Eles se casaram em 1971 e se separam alguns anos depois. Em 1976, Rita Lee passou a morar com o guitarrista e futuro parceiro musical Roberto de Carvalho. Eles somente se casaram no civil em 1996 e seguiram juntos até a morte dela, em maio de 2023.

Rita Lee teve três filhos: João, Antônio e Beto. Este último também é guitarrista. A cantora também teve dois netos: Izabella e Arthur.

  • Vida pessoal de Rita Lee

A cantora era adepta do veganismo. Teve opiniões contundentes e costumava expressá-las bem nas suas entrevistas. Foi defensora dos animais e dos direitos das mulheres. Ela também gostava de se expressar por meio de suas redes sociais.

A artista resolveu aposentar-se dos palcos em 2012, anunciando que estava com problemas de saúde. Na época, a cantora chegou a afirmar em uma rede social: “me aposento dos shows, mas da música nunca”. Entretanto, um ano depois, chegou a participar de shows, como o que foi realizado em comemoração aos 459 anos da cidade de São Paulo.

Em 2021, a cantora revelou que estava com câncer de pulmão. Fez o tratamento e, no ano seguinte, anunciou estar curada. 

  • Morte de Rita Lee

Desde o início de 2023, a cantora sentia-se debilitada e chegou a ser internada no final de fevereiro. Saiu do hospital no início de março. Na noite do dia 8 de maio de 2023, Rita Lee morreu em sua casa, em São Paulo capital, ao lado de sua família. 

Saiba mais: Woodstock — festival de rock que foi um marco da contracultura na década de 1960

Obra de Rita Lee

  • Carreira musical de Rita Lee

Rita Lee destacou-se na música brasileira não somente por ser uma das maiores cantoras e compositoras, mas por também ter marcado presença ao ser uma das primeiras mulheres a tocar guitarra no palco. Suas irreverência, atitude e postura fizeram com que ela fosse conhecida como a rainha do rock brasileiro.

Participação no grupo Os Mutantes

Rita Lee sentada, tocando um instrumento de percussão e cantando com o grupo Os Mutantes.
Rita Lee foi musa do grupo Os Mutantes [3]

Rita Lee participou do grupo musical de rock psicodélico Os Mutantes entre os anos de 1966 e 1972. A banda iniciou suas atividades encaixando-se no movimento Tropicália, que tinha como líderes Caetano Veloso e Gilberto Gil.

Os Mutantes sofreram influência de grupos como The Beatles e do cantor e guitarrista Jimi Hendrix. Cantavam músicas em inglês, e, também, o grupo gostava de cantar em português e valorizar a cultura brasileira. Por isso, Os Mutantes são considerados uma banda pioneira no hibridismo musical. O grupo participou de vários programas de televisão nos anos 1960. Lançou o primeiro disco homônimo em 1968. Uma das principais músicas da banda chama-se Panis et Circenses.

Em 1970, Os Mutantes lançaram o disco A divina comédia ou Ando meio desligado, considerado definitivamente um álbum de rock progressivo. O último disco de Rita Lee no grupo foi o Mutantes e Seus Cometas no País dos Baurets, de 1972. Pesquisas apontam que Rita Lee, na verdade, foi convidada a sair da banda por causa de desentendimentos musicais. Conforme Arnaldo Baptista afirmou: “Mandei Rita embora d’Os Mutantes”.

Banda Tutti Frutti e carreira solo

Depois que saiu d’Os Mutantes, Rita Lee formou, em 1973, outra banda com amigos chamada Tutti Frutti. Nesse grupo, a artista cantava e tocava violão, piano, gaita e sintetizador. Foi na década de 1970 que Rita lançou diversos dos seus sucessos musicais, consolidando-se como a rainha do rock brasileiro.

Leia também: Chico Buarque — um dos principais nomes da Música Popular Brasileira

  • Principais músicas de Rita Lee

Rita Lee compôs e interpretou várias músicas dos gêneros do rock e da Música Popular Brasileira (MPB). Veja abaixo suas principais composições:

  • Lança perfume

  • Ovelha negra

  • Banho de espuma

  • Doce vampiro

  • Baila comigo

  • Desculpe o auê

  • Erva venenosa

  • Amor e sexo

  • Agora só falta você

  • Esse tal de roque enrow

  • Jardins da Babilônia

  • Mania de você

  • Chega mais

  • Vítima

Créditos das imagens

[1] Alexandre Cardoso/ Wikimedia Commons

[2] Arquivo Nacional/ Wikimedia Commons

[3] Arquivo Nacional/ Wikimedia Commons

 

Por Silvia Tancredi
Jornalista

Escritor do artigo
Escrito por: Silvia Tancredi Escritor oficial Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

TANCREDI, Silvia. "Rita Lee"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/biografia/rita-lee.htm. Acesso em 18 de maio de 2024.

De estudante para estudante