Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Charles III

Charles III é um monarca britânico que foi proclamado o rei do Reino Unido em setembro de 2022, logo após o falecimento de sua mãe, a rainha Elizabeth II.

Charles III segurando guarda-chuva.
Charles III foi proclamado rei do Reino Unido em setembro de 2022. [1]
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

Charles III é um monarca britânico que foi proclamado rei do Reino Unido em setembro de 2022, quando possuía 73 anos de idade. Charles III é o filho mais velho de Elizabeth II, que foi rainha do Reino Unido durante 70 anos. Ele é o monarca que assumiu o trono com a idade mais avançada em toda a história da monarquia britânica.

O rei Charles nasceu em 1948 no Palácio de Buckingham, sendo o primeiro monarca britânico a estudar em uma escola e o primeiro a graduar-se em uma universidade. Seguiu carreira militar por alguns anos e teve dois casamentos, sendo o primeiro com Diana, com quem teve seus dois filhos, e o segundo com Camilla.

Leia também: Como funciona a linha de sucessão do trono britânico?

Tópicos deste artigo

Resumo sobre Charles III

  • Charles III é um monarca britânico que foi proclamado rei do Reino Unido em 2022.

  • É o filho mais velho de Elizabeth II, nascido em 1948.

  • É o monarca que assumiu o trono britânico com a idade mais avançada.

  • Casou-se duas vezes: primeiramente com Diana e depois com Camilla.

  • O seu filho mais velho, William, é o atual herdeiro do trono.

Nascimento e juventude de Charles III

Registro após o batismo de Charles, que está no colo de sua mãe, então princesa Elizabeth, e rodeado dos avós.
Registro após o batismo de Charles, que está no colo de sua mãe, então princesa Elizabeth, e rodeado dos avós.

Charles Philip Arthur George nasceu no dia 14 de novembro de 1948. O nascimento dele aconteceu no Palácio de Buckingham, em Londres, Inglaterra. A mãe de Charles era Elizabeth II, que ainda não havia sido coroada rainha no ano de nascimento de seu filho, e o pai era Philip, conhecido posteriormente como rei consorte da Inglaterra.

Quando do nascimento de Charles, Elizabeth era a herdeira do trono, uma vez que o rei britânico era George VI. Ela tornou-se rainha apenas em 1952, por ocasião da morte de seu pai, avô de Charles. Como filho mais velho de Elizabeth, ele se tornaria o primeiro na linha de sucessão caso sua mãe fosse coroada, o que já vimos que aconteceu.

Charles tem também três irmãos mais novos: a princesa Anne, o príncipe Andrew e o príncipe Edward. Charles foi o primeiro monarca da família real britânica a estudar em uma escola convencional e não foi educado por tutores de maneira privada. Ele estudou em diferentes escolas na Inglaterra, Escócia e na Austrália.

Ele também foi o primeiro monarca a ingressar em uma universidade e, em 1967, foi admitido no Trinity College, parte da Universidade de Cambridge, onde estudou Arqueologia, Antropologia e História. Se graduou em 1970, obtendo o título de Bachelor of Arts. Durante o seu período universitário, foi investido como príncipe de Gales, com a cerimônia acontecendo em 1969.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Carreira militar de Charles III

Depois de graduar-se, Charles decidiu ingressar na carreira militar se alistando. Inicialmente, ele se alistou na Royal Air Force, a Força Aérea britânica, depois se alistou na Royal Navy, a Marinha Real britânica. Ele serviu na Força Aérea em março de 1971. Na Marinha Real, ingressou em setembro do mesmo ano.

Ele serviu no destróier HMS Norfolk e em duas fragatas chamadas HMS Minerva e HMS Júpiter. Isso aconteceu entre os anos de 1971 e 1974. A partir de 1974, ele se capacitou como piloto de helicóptero e aviões e, em 1976, foi designado para comandar uma embarcação chamada HMS Bronington. Ainda em 1976, Charles encerrou o seu serviço militar.

Leia também: 10 curiosidades sobre a rainha Elizabeth II

Casamento de Charles III com Diana

A juventude de príncipe Charles ficou marcada por uma quantidade razoável de relacionamentos amorosos. Um deles foi com uma mulher dos círculos reais britânicos, Elizabeth Sarah. Essa mulher manteve um relacionamento com Charles por volta de 1977, e foi por meio desse relacionamento que Charles conheceu aquela que seria sua primeira esposa, Diana.

Isso aconteceu porque Elizabeth Sarah era irmã de Diana. O então príncipe Charles conheceu a jovem Diana em 1977, durante um evento em que ela compareceu acompanhando sua irmã. A partir de 1980, Charles e Diana se aproximaram, transformando-se em amigos, e então surgiu um relacionamento.

 Lady Diana e o então príncipe Charles em 1985.
 Lady Diana e o então príncipe Charles em 1985.

Em 24 de fevereiro de 1981, a família real anunciou que o príncipe Charles e Diana estavam noivos. Naquele momento, Diana trabalhava como professora infantil, e o anúncio colocou ela sob os holofotes da mídia britânica. O casamento dos dois aconteceu em St. Paul’s Cathedral, localizada na cidade de Londres, em 29 de julho de 1981.

O casamento do príncipe Charles foi televisionado e transmitido para quase 1 bilhão de pessoas em todo o planeta. Entre os convidados estavam cerca de 2600 pessoas, e aquele foi considerado o “casamento do século”. Apesar do encanto causado pelo casamento, a relação de Charles e Diana esteve longe de ser uma relação feliz.

Charles ficou publicamente marcado por seus casos extraconjugais, em especial com Camilla Parker Bowles, uma antiga paixão de Charles e com quem ele já havia tido um relacionamento no começo dos anos 1970. Além disso, o casal também tinha muitos desentendimentos, o que causava enorme desgaste na relação.

No casamento, Charles e Diana tiveram dois filhos. O filho mais velho nasceu em 1982, sendo chamado de William. Na ocasião, ele era o segundo na linha de sucessão, mas atualmente é o primeiro, portanto poderá ser o rei do Reino Unido. O segundo filho nasceu em 1984, sendo nomeado Harry.

Selo impresso na Nova Zelândia mostra a princesa Diana e os príncipes Charles, William e Harry, em 1985. [2]
Selo impresso na Nova Zelândia mostra a princesa Diana e os príncipes Charles, William e Harry, em 1985. [2]

A separação de Charles e Diana foi anunciada em dezembro de 1992, mas o divórcio só se consolidou em 28 de agosto de 1996. Tragicamente, Diana faleceu em 31 de agosto de 1997, em um acidente de carro em Paris. Charles viajou para a capital francesa na ocasião para trazer o corpo de sua ex-esposa de volta para a Inglaterra e esteve presente no funeral e enterro dela.

Anos depois, Charles anunciou seu noivado com Camilla Parker Bowles, o pivô da crise do primeiro casamento dele. Esse anúncio aconteceu em fevereiro de 2005, sendo que a relação teve o consentimento da rainha Elizabeth II. Em 9 de abril de 2005, o casamento de Charles e Camilla foi realizado. Atualmente, ela é considerada rainha consorte do rei inglês, acompanhando-o em seus eventos oficiais.

Selo impresso em Jersey comemorando o casamento de Charles, então príncipe de Gales, e Camilla Parker Bowles, por volta de 2006. [3]
Selo impresso em Jersey comemorando o casamento de Charles, então príncipe de Gales, e Camilla Parker Bowles, por volta de 2006. [3]

Trabalho filantrópico de Charles III

Ao longo de sua vida, Charles também realizou uma série de trabalhos filantrópicos, demonstrando preocupação principalmente com questões ambientais. Atuou em projetos e fundações com o objetivo de chamar atenção para as mudanças climáticas, demandando ações para reverter os efeitos que aquelas podem causar.

São algumas causas defendidas por Charles III:

  • uso de carros elétricos como forma de reduzir a emissão de gases que aquecem o planeta;

  • agricultura orgânica;

  • defesa das florestas tropicais;

  • atuação contra o desmatamento;

  • suporte a projetos humanitários.

Proclamação do reinado de Charles III

Em 8 de setembro de 2022, a rainha Elizabeth II faleceu, encerrando um reinado de 70 anos de duração — o mais longevo da história da monarquia britânica. Com isso, o príncipe Charles foi proclamado rei, pois era o primeiro na linha de sucessão por ser o filho mais velho da rainha. Com essa proclamação, ele se tornou Charles III do Reino Unido.

Na ocasião da nomeação de Charles III, ele possuía 73 anos de idade, fazendo dele o monarca mais velho a ser proclamado rei na história da monarquia britânica. Esse evento encerrou uma longa espera dele pelo trono inglês.

→ Infográfico com a linha de sucessão do trono britânico

Infográfico com a linha de sucessão do trono britânico

Créditos da imagem:

[1] LINGTREN.COM / Shutterstock

[2] rook76 / Shutterstock

[3] neftali / Shutterstock

 

Por Daniel Neves Silva
Professor de História

Escritor do artigo
Escrito por: Daniel Neves Silva Formado em História pela Universidade Estadual de Goiás (UEG) e especialista em História e Narrativas Audiovisuais pela Universidade Federal de Goiás (UFG). Atua como professor de História desde 2010.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SILVA, Daniel Neves. "Charles III"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/biografia/charles-iii.htm. Acesso em 19 de junho de 2024.

De estudante para estudante