Topo
pesquisar
Texto-A+A

O que é leucócito?

O que é Biologia?

Entender o que é leucócito e sua função ajuda-nos a compreender por que alterações nessas células podem desencadear graves problemas de saúde.
Os leucócitos são importantes células do sangue relacionadas com a defesa
Os leucócitos são importantes células do sangue relacionadas com a defesa
PUBLICIDADE

Leucócitos são células sanguíneas conhecidas por muitas pessoas como glóbulos brancos. Essas células podem ser classificadas em diversos tipos, entretanto, todos atuam em prol de um bem comum: a defesa do organismo.

Características gerais dos leucócitos

Os leucócitos são células grandes, incolores e que apresentam formato esférico. Além disso, diferentemente das hemácias, possuem núcleo, o qual varia em forma de um tipo para outro. Os leucócitos são os elementos figurados encontrados em menor quantidade no sangue. Normalmente, há cerca de 6.000 a 10.000 glóbulos brancos por milímetro cúbico de sangue.

Os leucócitos apresentam a incrível capacidade de sair dos vasos sanguíneos e migrar para o tecido adjacente (diapedese) para defender o organismo. Essas células sanguíneas defendem nosso corpo de diferentes formas, destacando-se a fagocitose e a produção de anticorpos. Na fagocitose (veja figura a seguir), as células conseguem projetar o seu citoplasma de modo a englobar partículas estranhas e, posteriormente, realizar a digestão, destruindo o invasor. Já os ansticorpos são glicoproteínas específicas produzidas pelos linfócitos B para atacar um determinado (organismo ou substância estranha).

Os leucócitos podem realizar o processo de fagocitose, no qual há a digestão de partículas invasoras
Os leucócitos podem realizar o processo de fagocitose, no qual há a digestão de partículas invasoras

Tipos de leucócitos

Os leucócitos podem ser classificados em dois tipos: granulócitos e agranulócitos. O primeiro grupo diz respeito às células com grânulos que podem ser observados no microscópio. Já os agranulócitos não possuem esses grânulos.

Observe os diferentes tipos de leucócitos existentes em nosso organismo
Observe os diferentes tipos de leucócitos existentes em nosso organismo

  • Agranulócitos

    Linfócitos: Tipo de leucócito esférico que apresenta o núcleo muito volumoso. Podem ser classificados em linfócitos B e linfócitos T. Os linfócitos B maduros (plasmócitos) são responsáveis pela produção de anticorpos. Já os linfócitos T apresentam vários tipos que atuam na estimulação dos linfócitos B, apressam o término da resposta imunológica, induzem células a entrar no processo de morte programada, entre outras ações.

    Monócitos: São leucócitos de grande tamanho e com núcleo de formato variável. Apresentam grande capacidade de fagocitose.

  • Granulócitos

    Neutrófilos: Tipo de leucócito encontrado em maior quantidade no nosso sangue. Seu núcleo contém de três a cinco lóbulos. Essa célula destaca-se por seu alto poder fagocitário.

    Eosinófilos: Células que também apresentam capacidade de realizar fagocitose, mas de forma mais lenta que os neutrófilos. Seu núcleo apresenta, de uma maneira geral, dois lóbulos. São comuns quando ocorrem alergia e representam de 2% a 4% do total de leucócitos do organismo.

    Basófilos: Tipo de leucócito volumoso e com núcleo com formato irregular. Caracteriza-se por produzir heparina e histamina, substâncias que possuem, respectivamente, ação anticoagulante e vasodilatadora.

Leucopenia e leucocitose

Algumas vezes, o número de leucócitos no sangue sobe ou cai de maneira considerável. Nos casos em que o organismo apresenta uma produção aumentada de glóbulos brancos, diz-se que se trata de um caso de leucocitose. Quando o número de leucócitos é inferior ao normal, diz-se que se trata de uma leucopenia. Essa última situação pode trazer riscos ao paciente, uma vez que ocorre uma baixa nas células responsáveis pela defesa.

Leucemia

A leucemia é um tipo de câncer, de origem muitas vezes desconhecida, que afeta os leucócitos. Nessa doença, observa-se que essas células começam a se multiplicar de maneira descontrolada, entretanto, não atingem seu estágio maduro. Assim sendo, ocorre o acúmulo de células jovens, que, aos poucos, tornam-se superiores às células normais.

Existem diferentes tipos de leucemia, mas é possível agrupá-las em dois tipos básicos levando-se em consideração a evolução da doença: leucemia aguda e crônica. A aguda agrava-se rapidamente, e a crônica tem evolução lenta.


Por Ma. Vanessa dos Santos

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha Dos. "O que é leucócito?"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/o-que-e/biologia/o-que-e-leucocito.htm>. Acesso em 23 de outubro de 2017.

As hemácias são células sanguíneas que garantem o transporte de oxigênio pelo corpo
O que é Biologia?
As plaquetas relacionam-se com a formação de coágulos
O que é Biologia?
Representação esquemática de três anticorpos
Biologia
As hemácias são os glóbulos mais representativos em nosso sangue
Biologia
Observe as características de cada tipo de leucócito
Biologia
As hemácias são células sanguíneas que apresentam formato bicôncavo
Biologia
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA