Topo
pesquisar

Acústica

Física

PUBLICIDADE

Fontes sonoras

Os instrumentos musicais e nosso aparelho fonador são exemplos de fontes sonoras. Estas produzem vibrações que são transmitidas as moléculas do meio, resultando assim em uma onda de pressão que se propaga.

Quando essa onda atinge o ouvido, o tímpano vibra e envia impulsos ao cérebro, produzindo a sensação sonora.

O diapasão, que é um instrumento utilizado para afinar instrumentos musicais, é um bom instrumento sonoro. Posto a vibrar por um golpe de martelo de borracha, suas hastes emitem determinada nota musical:

O meio mais comum de propagação do som é o ar, mas ele também se propaga em outros meios como o gás e sólidos e líquidos.

Velocidade de propagação do som

Com uma experiência simples pode-se medir a velocidade do som no ar. Posicione-se a uma distância de 100 m de um edifício e bata palmas. Ao encontrar o edifício a onda volta até você em forma de eco. A cada eco que ouvir, bata palma de novo, pedindo a uma pessoa que conte o tempo que você leva para bater palmas dez vezes: ela deverá obter 6 s, pois o som demora 0,6 s para percorrer 200 m (ida e volta).

A velocidade do som pode ser obtida da seguinte forma:

Como o som se propaga através de moléculas, sua velocidade depende do meio de propagação, havendo influência da temperatura que este apresenta. A propagação é mais rápida quanto maior for a temperatura do meio.

A mudança de temperatura provoca alteração na velocidade e desvio na direção de propagação das ondas sonoras.

É importante lembrar que o som não se propaga no vácuo, porque aí não há moléculas.

Qualidade do som

Uma música pode ser cantada em “duas vozes”, dependendo da altura das notas musicais emitidas pelos cantores.

Um som pode ser fraco ou forte, de acordo com sua intensidade, ou seu volume.

Altura

Esta qualidade depende da frequência f do som e indica se ele é grave ou agudo – quanto maior a frequência, mais agudo é o som, quanto menor a frequência mais grave é o som.

Intensidade ou volume

Qualidade que depende da amplitude do som e permite distingui-lo como forte ou fraco.

Por Domiciano Marques
Graduado em Física
Equipe Brasil Escola

Ondas - Física - Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SILVA, Domiciano Correa Marques Da. "Acústica"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/fisica/acustica.htm>. Acesso em 05 de maio de 2016.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA