Topo
pesquisar

Intensidade, Timbre e Altura

Física

Intensidade, timbre e altura são as qualidades fisiológicas do som e estão relacionadas à nossa percepção das ondas sonoras.
Intensidade, altura e timbre são qualidades fisiológicas do som
Intensidade, altura e timbre são qualidades fisiológicas do som
PUBLICIDADE

O som é produzido por corpos quando colocados em vibração. Essa vibração transfere-se no ar de molécula a molécula até alcançar nossos ouvidos. As principais características do som são: intensidade, timbre e altura.

A intensidade é uma característica do som que está relacionada à energia de vibração da fonte que emite as ondas. Essa propriedade do som é provocada pela pressão que a onda exerce sobre o ouvido ou sobre algum instrumento medidor da intensidade sonora, como um decibelímetro ou um dosímetro. Quanto maior a pressão, maior será a intensidade medida por esse aparelho. A intensidade sonora é medida em bel, em homenagem ao cientista inglês Graham Bell. Contudo, utiliza-se com mais frequência um submúltiplo dessa unidade: 1 decibel = 1 dB = 0,1 bel.

A altura é uma característica do som que nos permite classificá-lo em grave ou agudo. Geralmente, os homens têm voz mais grave e as mulheres voz aguda, ou seja, voz grossa e fina, respectivamente. Essa propriedade do som é caracterizada pela frequência da onda sonora. Um som com baixa frequência é dito som grave e o som com altas frequências é dito som agudo. Dessa forma, podemos concluir que a voz masculina tem menor frequência que a voz feminina. Na linguagem técnica ou musical, dizemos que o som grave é baixo e o agudo é alto, assim sendo, concluímos que no cotidiano os termos alto e baixo, referentes à intensidade do som, são aplicados erroneamente e, por essa razão, devem ser evitados.

O timbre é a característica sonora que permite distinguir sons de mesma frequência e mesma intensidade, desde que as ondas sonoras correspondentes a esses sons sejam diferentes. Dois aparelhos musicais, violão e violino, por exemplo, podem emitir sons com a mesma frequência, mas com timbres diferentes, pois as ondas sonoras produzidas por eles possuem formas diferentes.

 

Por Marco Aurélio da Silva

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Marco Aurélio da Silva. "Intensidade, Timbre e Altura"; Brasil Escola. Disponível em <https://brasilescola.uol.com.br/fisica/intensidade-timbre-altura.htm>. Acesso em 21 de abril de 2018.

Assista às nossas videoaulas
Teste seus conhecimentos
Questão 1

(UniRV - GO) O som é entendido por seu comportamento ondulatório. Dessa forma, propriedades como frequência, intensidade, amplitude, etc., são fundamentais para o entendimento de tal ente físico. A exposição a sons com intensidade elevada pode provocar prejuízo à saúde, por esse motivo, órgãos fiscalizadores estabeleceram níveis sonoros que devem variar de acordo com o tipo de área urbana e o período. A seguir, uma tabela estabelecida de acordo com as normas da ABNT (nº 10.151).

Imagine que a fiscalização de um município foi convocada a comparecer em uma área residencial urbana, no período noturno, pois os vizinhos de um salão de festa queixavam-se do barulho provocado pela música. Chegando ao local, os fiscais perceberam que a intensidade sonora correspondia a 10–6 W/m2. Considerando que a intensidade de referência equivale a 10–12 W/m2, assinale a alternativa correta.

a) O salão de festa não será notificado, pois o nível sonoro aferido no local corresponde ao nível permitido a uma zona de hospitais.

b) O salão de festa não será notificado, pois o nível sonoro aferido no local corresponde ao nível permitido à zona residencial urbana.

c) O salão de festa será notificado, pois o nível sonoro aferido no local corresponde ao nível permitido ao centro da cidade.

d) O salão de festa será notificado, pois o nível sonoro aferido no local corresponde ao nível permitido, diurnamente, a uma área industrial.

 

Mais Questões
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA