Topo
pesquisar

A Lei de Biot-Savart

Física

Jean Baptiste Biot e Félix Savart
Jean Baptiste Biot e Félix Savart
PUBLICIDADE

Através de fatos históricos, vimos que Oersted foi o primeiro a realizar experimentos que provaram a existência de uma relação entre os fenômenos elétricos e magnéticos, ou seja, ele mostrou que as correntes elétricas dão origem a campos magnéticos. Embora tenha afirmado tal existência, Oersted não deu explicações de como realizar os cálculos do campo. Essa explicação só veio tempos mais tarde, dada por cientistas franceses.

Após o experimento de Oersted ter sido divulgado no ano de 1820, dois cientistas, Jean-Baptiste Biot (1774-1862) e Félix Savart (1791-1841), fizeram os primeiros relatos de forma mais precisa sobre o fenômeno. Após passar por algumas alterações, as conclusões dos dois cientistas ficaram conhecidas como Lei de Biot-Savart.

Na figura acima temos uma carga q positiva que se move com uma velocidade v. Vamos agora considerar o plano determinado por v e P: através da regra da mão direita podemos determinar o campo magnético (B), produzido pela carga em um ponto P a uma distância r dela. Pela figura, podemos ver que o campo é perpendicular ao plano. Dessa forma, podemos achar o módulo do campo magnético (B) através da equação:

Onde km é a constante magnética cujo valor no SI é dado por km = 10-7.

Na figura acima temos um fio percorrido por uma corrente i. Para acharmos o valor do campo magnético produzido pela corrente em um ponto P, dividimos o fio em pequenos pedaços (ΔL). Então, o campo magnético (ΔB) produzido em cada pedaço é dado pela seguinte equação:

Por Domiciano Marques
Graduado em Física
Equipe Brasil Escola

Eletromagnetismo - Física - Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SILVA, Domiciano Correa Marques da. "A Lei de Biot-Savart"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/fisica/a-lei-biotsavart.htm>. Acesso em 24 de setembro de 2017.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA