Topo
pesquisar

5 doenças comuns no inverno

Saúde na escola

As doenças respiratórias são comuns no inverno e estão relacionadas, entre outros fatores, com a redução da umidade do ar e a permanência em ambientes fechados.
No inverno, observa-se um aumento de doenças respiratórias, como gripes e resfriados.
No inverno, observa-se um aumento de doenças respiratórias, como gripes e resfriados.
PUBLICIDADE

A chegada do inverno está muito relacionada com o aumento dos casos de doenças respiratórias. Isso se deve ao fato de que no inverno, além das alterações de temperatura, temos uma redução na umidade relativa do ar e aumento da poluição do ar.

Somado a esses fatores, nos dias frios, é comum a permanência das pessoas em ambientes fechados, o que acaba favorecendo a transmissão de doenças.

 

Entre as doenças comuns no inverno, podemos citar:
 

  1. Gripe

  2. Resfriado comum

  3. Bronquite aguda

  4. Rinite alérgica

  5. Sinusite

A seguir, vamos conhecer mais a respeito dessas doenças.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Leia também: Dicas de alimentação para o inverno

Gripe

A gripe é uma doença viral causada pelo vírus Influenza, o qual apresenta diferentes subtipos. Sua transmissão ocorre de uma pessoa para outra pelo ar, por meio de gotículas expelidas pelo doente ao tossir, falar ou espirrar. Pode ainda ser transmitida pelo contato com secreção do doente, sendo a mão um importante veículo, portanto, para a contaminação.

A gripe lembra muito um resfriado, entretanto, nos resfriados, a febre não é comum e o agente causador não é o vírus Influenza.
A gripe lembra muito um resfriado, entretanto, nos resfriados, a febre não é comum e o agente causador não é o vírus Influenza.

Entre os sintomas da gripe podemos citar a febre, tosse, espirros, dores de garganta, cabeça e no corpo, Além de calafrios. A febre costuma apresentar-se acima de 38º C e, geralmente, dura cerca de 3 dias.

Uma das principais formas de prevenção contra a gripe é a vacinação anual. A vacina da gripe protege contra os principais subtipos do vírus Influenza que estão em circulação. Além disso, outras medidas simples podem ser adotadas para se evitar essa doença, tais como: lavar bem as mãos, não compartilhar objetos de uso pessoal e evitar ambientes pouco arejados e aglomeração de pessoas.

A vacina contra a gripe deve ser tomada anualmente, sendo um dos motivos para essa recomendação a mutação que o vírus sofre.


Leia também: Como se prevenir de doenças virais

Resfriado comum

O resfriado é uma doença viral muito similar à gripe, sendo, muitas vezes, confundida. Uma das principais diferenças está em seu agente etiológico. Enquanto a gripe é causada pelo vírus Influenza, na maioria dos resfriados temos como agente etiológico os rinovírus.

Os principais sintomas do resfriado são: secreção nasal, congestão nasal, espirros e irritação na garganta. De uma maneira geral, os resfriados não causam febre e quando causam, essas são baixas. Vale destacar que não há vacinas para o resfriado, sendo fundamental para prevenção atitudes simples como lavar sempre a mão, não compartilhar objetos de uso pessoal e evitar contato com pessoas doentes.

Evite ficar em ambientes totalmente fechados. Um ambiente arejado ajuda a reduzir a transmissão de uma série de doenças.

Bronquite aguda

A bronquite pode ser definida com o uma infecção respiratória que se caracteriza pela inflamação dos brônquios, o que acaba prejudicando a respiração. A forma aguda da bronquite pode ser causada por vírus ou então bactérias, sendo esses últimos agentes menos comuns.

Uma pessoa com bronquite pode apresentar mal-estar, tosse e falta de ar.
Uma pessoa com bronquite pode apresentar mal-estar, tosse e falta de ar.

Entre os sintomas causados por esse problema estão a falta de ar, chiado, tosse, fadiga, dor no peito, mal-estar e febre. O tratamento, de uma maneira geral, apresenta como objetivo tratar os sintomas, como febre e dificuldade respiratória. O uso de antibiótico será recomendado quando a bronquite é causada por bactérias.

Hábitos de vida saudável, como uma boa alimentação e hidratação, são essenciais para prevenir doenças no inverno e também em outras estações do ano.


Leia também: Dicas de como prevenir doenças em crianças em idade escolar

Rinite alérgica

A rinite caracteriza-se por ser uma inflamação da mucosa nasal. Esse problema de saúde apresenta como sintomas o espirro, coceira no nariz, obstrução nasal e coriza, sintomas muito similares ao de um resfriado comum. Geralmente, a rinite apresenta causa alérgica ou infecciosa, sendo no primeiro caso classificada como perene ou sazonal e no segundo como aguda ou crônica.

No caso da rinite alérgica, os sintomas aparecem quando a pessoa entra em contato com o alérgeno (substância que induz a reação alérgica). Um dos fatos que podem propiciar o aumento da rinite no inverno é o uso de roupas e cobertores que ficaram guardados por muito tempo e são tirados dos armários apenas no período de frio, estando muitas vezes com poeira, fungos e ácaros.

No inverno, é comum retirar aquela roupa e aquele cobertor guardados desde o inverno anterior. Entretanto, é importante lavá-los e secá-los bem antes de usá-los, a fim de evitar problemas alérgicos.


Leia também: Cinco doenças transmitidas por contato

Sinusite

A sinusite é uma inflamação da mucosa dos seios da face. Os seios da face podem ser definidos como cavidades ósseas localizadas ao redor do nariz, das maçãs do rosto e dos olhos. A sinusite pode ser causada por bactérias, vírus, fungos ou processos alérgicos. Vale destacar que a rinite pode desencadear uma sinusite.

A sinusite é a inflamação dos seios da face.
A sinusite é a inflamação dos seios da face.

Entre os sintomas observados em caso de sinusite destacam-se dor de cabeça, sensação de cabeça pesada, obstrução nasal, secreção amarelada ou esverdada, dor nos olhos, mal-estar, fadiga e redução do apetite. A sinusite pode ser classificada como aguda ou crônica. Na sinusite aguda, os sintomas duram até quatro semanas, enquanto na crônica a duração dos sintomas é maior que 12 semanas.

Por Ma. Vanessa Sardinha dos Santos

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "5 doenças comuns no inverno"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/saude-na-escola/5-doencas-comuns-no-inverno.htm. Acesso em 24 de agosto de 2019.

Desconforto nasal é um sintoma típico da rinite
Doenças e patologias Rinite
Cigarro: o vilão da bronquite
Doenças e patologias Bronquite
A sinusite se caracteriza pela inflamação dos seios da face
Doenças e patologias Sinusite
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola