Sinusite

Doenças e patologias

PUBLICIDADE

A sinusite é uma inflamação dos seios das face e pode ser classificada em aguda ou crônica. Atualmente, adota-se o termo rinossinusite, uma vez que a sinusite praticamente não ocorre sem a ocorrência de rinite.

Entre os sintomas da rinossinusite podemos citar: a dor de cabeça na região do seio da face que estiver mais comprometido e a presença de secreção nasal amarelada ou esverdeada. Febre, tosse e dor muscular também podem estar presentes.

Doenças virais, clima seco e tempo chuvoso são alguns fatores que podem provocar o desenvolvimento da rinossinusite. A doença possui tratamento, entretanto, ele dependerá do seu agente causador.

Leia mais: Doenças causadas por vírus – sintomas, tratamento e prevenção

O que é a sinusite?

A sinusite é uma doença que se caracteriza por uma inflamação da mucosa dos seios da face. Atualmente adota-se o nome de rinossinusite em substituição à sinusite, uma vez que a rinite acontece de maneira isolada, porém a ocorrência de sinusite sem a rinite é uma situação considerada rara. Assim sendo, na rinossinusite, temos uma inflamação da mucosa nasal bem como uma inflamação da mucosa dos seios da face.

Na rinossinusite, os seios da face apresentam a mucosa com inflamação bem como a mucosa nasal.
Na rinossinusite, os seios da face apresentam a mucosa com inflamação bem como a mucosa nasal.

Os seios da face, também chamados de seios paranasais, são espaços cheios de ar que se comunicam com a nossa cavidade nasal. Eles são revestidos por uma membrana mucosa que, quando sofre inflamação, causa a sinusite. Os seios da face são importantes por garantirem que o ar inspirado seja aquecido, darem ressonância à voz e permitirem a redução do peso do crânio.

Como os seios da face apresentam comunicação direta com o nariz, frequentemente são expostos a agentes que podem provocar inflamação, tais como bactérias e fungos.  Além disso, alterações anatômicas que impedem o fluxo constante de secreção mucosa dos seios podem favorecer o desenvolvimento de sinusite. Rinite alérgica, gripes e resfriados podem também dificultar o fluxo de secreção e provocar a doença.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Classificação da sinusite

A rinossinusite pode ser classificada em cinco grupos: aguda, subaguda, crônica, recorrente, e crônica com períodos de agudização. Essa classificação leva em consideração o tempo de evolução dos sintomas e a frequência do seu aparecimento.

  • Rinossinusite aguda: sintomas têm duração de, no máximo, quatro semanas.
  • Rinossinusite subaguda: sintomas persistem por mais de quatro semanas, porém não ultrapassam 12 semanas.
  • Rinossinusite crônica: sintomas têm uma duração maior que 12 semanas.
  • Rinossinusite recorrente: o paciente apresenta quatro ou mais casos de rinossinusite aguda em menos de um ano. Nesse caso, entre um episódio e outro, é observada a completa remissão dos sintomas.
  • Rinossinusite crônica com períodos de agudização: o paciente apresenta uma rinossinusite com sintomas por mais de 12 semanas, porém variando entre períodos com sintomas leves e intensificados.

Leia também: Diferença entre gripe e resfriado

Sintomas da sinusite

Na rinossinusite, o paciente sente dor na região da frente da cabeça e ao redor dos olhos.
Na rinossinusite, o paciente sente dor na região da frente da cabeça e ao redor dos olhos.

Os sintomas da rinossinusite são variados, mas podemos destacar alguns dos mais comuns:

  • Sensação de pressão na região da cabeça;
  • Dor na região da frente da cabeça ou ao redor dos olhos;
  • Secreção nasal amarelada ou esverdeada;
  • Obstrução nasal;
  • Tosse;
  • Cansaço;
  • Mau hálito;
  • Perda do paladar e olfato;
  • Febre.

Vale destacar que as rinossinusites podem levar a complicações, sendo mais comum a ocorrência delas em crianças do que adultos. As complicações podem ser orbitárias, intracranianas e ósseas.

Dentre as complicações orbitárias, podemos citar o abscesso orbitário, que provoca protrusão do globo ocular e dor ao movimentar o olho. Dentre as intracranianas, podemos citar a meningite, que é uma inflamação das meninges. Por fim, nas complicações ósseas, temos a osteomielite dos ossos  do crânio, que é uma infecção desses ossos.

Diagnóstico da sinusite

O diagnóstico da rinossinusite é feito por um médico otorrinolaringologista, o qual analisará os sintomas apresentados pelo paciente e as vias aéreas. Exames de imagem dos seios da face e a endoscopia nasal podem ser solicitados para a confirmação do diagnóstico, bem como a coleta de amostras da secreção nasal, a fim de identificar a presença de micro-organismos.

Veja também: O que é patógeno – organismo capaz de causar doença em um hospedeiro

Tratamento da sinusite

O tratamento da rinossinusite é feito a fim de garantir a cura da infecção e também melhorar os sintomas da doença. O uso de antibióticos é feito em caso de infecção desencadeada por bactérias. Outros medicamentos utilizados são os descongestionantes e analgésicos. Em alguns casos, a cirurgia é recomendada para drenar o seio da face e desobstruir canais respiratórios. A cirurgia é o principal tratamento em caso de sinusite crônica.

Além disso, para aliviarem-se os sintomas e evitar a sinusite, as seguintes medidas podem ser adotadas:

  • Mantenha-se sempre hidratado;
  • Utilize solução salina nas narinas para ajudar na eliminação de secreções;
  • Evite ar condicionado, pois ele resseca as mucosas, ajuda a espalhar agentes infecciosos e também dificulta a eliminação das secreções;
  • Mantenha o ambiente sempre limpo e livre de poeira.

 

Por Vanessa Sardinha dos Santos
Professora de Biologia

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "Sinusite"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/doencas/sinusite-1.htm. Acesso em 04 de julho de 2020.

No inverno, observa-se um aumento de doenças respiratórias, como gripes e resfriados.
Saúde na escola 5 doenças comuns no inverno
As moléculas de cheiro entram com o ar pelo nariz e são percebidas pelas células olfativas.
Cinco sentidos Olfato
Nem sempre a tosse é indício de doenças
Doenças e patologias Tosse
Desconforto nasal é um sintoma típico da rinite
Doenças e patologias Rinite
Os antibióticos devem ser utilizados apenas com prescrição médica
Saúde e Bem-estar Uso correto de antibióticos