Topo
pesquisar

Cinco dicas para melhorar sua interpretação de texto

Redação

Ler e compreender nem sempre é tão simples quanto parece. Contudo, existem algumas dicas para melhorar a interpretação de texto que facilitarão seu dia a dia.
PUBLICIDADE

Infelizmente, ainda que o número de analfabetos no país tenha caído vertiginosamente nos últimos anos, precisamos lidar com um grave problema que afeta milhões de brasileiros: o analfabetismo funcional. Diz-se que um indivíduo é analfabeto funcional quando ele, mesmo sendo tecnicamente alfabetizado, isto é, conhece e decifra adequadamente o código, é incapaz de compreender aquilo que leu. É interessante observar que essa dificuldade não está relacionada com os anos de exposição ao conhecimento sistematizado, haja vista que atinge pessoas com todos os níveis de escolaridade, conforme pesquisa do Indicador de Analfabetismo Funcional, o Inaf.

Como boa parte dos leitores não consegue entender simples leituras, é normal que o desinteresse pelos livros aumente, afinal de contas, as palavras ficam esvaziadas de sentido e ler torna-se uma tarefa enfadonha, desvinculada de qualquer possibilidade de prazer. Contudo, essa realidade precisa ser mudada, por isso o Brasil Escola preparou para você cinco dicas para melhorar sua interpretação de texto. São dicas simples de leitura que certamente farão diferença no seu dia a dia na escola, na faculdade e no trabalho. Vamos lá? Boa leitura e bons estudos!

Ler devagar, fazer anotações e recorrer sempre ao dicionário estão entre as cinco dicas que vão melhorar a sua interpretação textual
Ler devagar, fazer anotações e recorrer sempre ao dicionário estão entre as cinco dicas que vão melhorar a sua interpretação textual

Cinco dicas para melhorar sua interpretação de texto

Dica 1 Procure um lugar agradável para ler: Sempre que possível, procure um local adequado para fazer sua leitura diária. Isso significa estar bem acomodado, longe de ruídos e influências externas que possam atrapalhar a sua concentração. Mesmo que você consiga ler e assistir à televisão ao mesmo tempo, evite esse tipo de comportamento: ajude seu cérebro a “digerir” uma informação de cada vez, ele precisa de tempo para assimilar novos conteúdos e conceitos;

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Dica 2 Não subestime a importância de um bom dicionário: Recorrer a um dicionário não é feio ou proibido: ele não é o “pai dos burros”, ele é o pai dos curiosos e estudiosos. Nossa língua portuguesa é composta por uma infinidade de vocábulos, você não precisa saber o significado de cada um deles. Surgiu uma dúvida? Consulte o dicionário e anote a palavra consultada no caderno, pois assim ela poderá fazer parte de seu vocabulário em construção;

Dica 3 Sempre que possível, leia no papel: Muitas pessoas perderam o hábito de adquirir livros físicos, isto é, impressos. Contentam-se com a leitura de documentos virtuais que nem sempre oferecem as mesmas possibilidades de leitura que o texto no papel, onde podemos fazer anotações, sublinhar, dobrar páginas e outros recursos que facilitam a interpretação textual. Ler no computador ou nos demais suportes tecnológicos pode ser mais cômodo e prático, mas nem sempre é a melhor opção para quem tem dificuldades de interpretação textual;

Dica 4 Faça paráfrases: Antes de apresentarmos essa dica, é importante que você saiba que a paráfrase nada mais é do que uma explicação livre e desenvolvida de um livro ou documento. Sendo assim, à medida que a leitura avançar, faça pausas e tente explicar com suas próprias palavras (isto é, sem transcrever o fragmento do documento) aquilo que você já leu. Essa técnica facilita a compreensão do texto;

Dica 5 Leia devagar: Nós sabemos que são muitas e urgentes as demandas diárias, mas, sempre que possível, reserve um tempo para ler com calma, leituras apressadas dificilmente são processadas pelo cérebro. Às vezes, o que falta para o leitor são condições adequadas de leitura, e não capacidade de compreensão textual. Fatores externos influenciam muito no sucesso ou no fracasso da leitura, portanto, nada de ler se não tiver tempo suficiente para refletir sobre aquilo que foi lido, certo?


Por Luana Castro
Graduada em Letras

Uma boa interpretação de texto depende de condições adequadas de leitura e dedicação às técnicas de compreensão textual
Uma boa interpretação de texto depende de condições adequadas de leitura e dedicação às técnicas de compreensão textual

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

PEREZ, Luana Castro Alves. "Cinco dicas para melhorar sua interpretação de texto"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/redacao/cinco-dicas-para-melhorar-sua-interpretacao-texto.htm. Acesso em 20 de novembro de 2019.

Lista de Exercícios
Questão 1

(Enem 2013)

Adolescentes: mais altos, gordos e preguiçosos

A oferta de produtos industrializados e a falta de tempo têm sua parcela de responsabilidade no aumento da silhueta dos jovens. “Os nossos hábitos alimentares, de modo geral, mudaram muito”, observa Vivian Ellinger, presidente da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM), no Rio de Janeiro. Pesquisas mostram que, aqui no Brasil, estamos exagerando no sal e no açúcar, além de tomar pouco leite e comer menos frutas e feijão.

Outro pecado, velho conhecido de quem exibe excesso de gordura por causa da gula, surge como marca da nova geração: a preguiça. “Cem por cento das meninas que participam do Programa não praticavam nenhum esporte”, revela a psicóloga Cristina Freire, que monitora o desenvolvimento emocional das voluntárias.

Você provavelmente já sabe quais são as consequências de uma rotina sedentária e cheia de gordura. “E não é novidade que os obesos têm uma sobrevida menor”, acredita Claudia Cozer, endocrinologista da Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica. Mas, se há cinco anos os estudos projetavam um futuro sombrio para os jovens, no cenário atual as doenças que viriam na velhice já são parte da rotina deles. “Os adolescentes já estão sofrendo com hipertensão e diabete”, exemplifica Claudia.

DESGUALDO, P. Revista Saúde. Disponível em: http://saude.abril.com.br. Acesso em: 28 jul. 2012 (adaptado).

Sobre a relação entre os hábitos da população adolescente e as suas condições de saúde, as informações apresentadas no texto indicam que

a) a falta de atividade física somada a uma alimentação nutricionalmente desequilibrada constituem fatores relacionados ao aparecimento de doenças crônicas entre os adolescentes.

b) a diminuição do consumo de alimentos fontes de carboidratos combinada com um maior consumo de alimentos ricos em proteínas contribuíram para o aumento da obesidade entre os adolescentes.

c) a maior participação dos alimentos industrializados e gordurosos na dieta da população adolescente tem tornado escasso o consumo de sais e açúcares, o que prejudica o equilíbrio metabólico.

d) a ocorrência de casos de hipertensão e diabetes entre os adolescentes advém das condições de alimentação, enquanto que na população adulta os fatores hereditários são preponderantes.

e) a prática regular de atividade física é um importante fator de controle da diabetes entre a população adolescente, por provocar um constante aumento da pressão arterial sistólica.

Questão 2

(Enem 2012)

Questão 106, Enem 2012. Disponível em: www.portaldapropaganda.com.br. Acesso em: 1 mar. 2012
Questão 106, Enem 2012. Disponível em: www.portaldapropaganda.com.br. Acesso em: 1 mar. 2012

A publicidade, de uma forma geral, alia elementos verbais e imagéticos na constituição de seus textos. Nessa peça publicitária, cujo tema é a sustentabilidade, o autor procura convencer o leitor a

a) assumir uma atitude reflexiva diante dos fenômenos naturais.

b) evitar o consumo excessivo de produtos reutilizáveis.

c) aderir à onda sustentável, evitando o consumo excessivo.

d) abraçar a campanha, desenvolvendo projetos sustentáveis.

e) consumir produtos de modo responsável e ecológico.

Mais Questões
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola